Tag: Trator

2 de junho de 2021

LeTourneau C Tournapull, o “trator” do Teixeirinha


teixeirinha

teixeirinha

O cantor gaúcho Teixeirinha, antes da fama, trabalhou com máquinas pesadas no DAER, pilotando um scrapper LeTourneau C Tournapull

Vítor Mateus Teixeira, o Teixeirinha, foi um dos maiores artistas gaúchos de todos os tempos, cantor  e compositor de sucesso, radialista e cineasta, falecido em 1985. Para os gaúchos que acessam nosso site, é claro, esta introdução nem seria necessária.

Teixeirinha teve uma fase curiosa na vida antes da fama: trabalhou como operador de trator no DAER – Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem – entre os anos 1949 e 1955, de onde foi demitido “por engano” (saiba mais sobre a vida do artista neste trabalho). O desligamento da empresa seria mais tarde um impulso para o início da vida artística.

E no acervo das exposições sobre o artista, uma foto onde ele opera um trator no primeiro ano de trabalho no DAER chama a atenção. Trata-se de um scraper  LeTourneau C Tournapull, máquina para trabalho em estradas que é puxada por um trator.

Segundo a revista neozelandesa Classic Machines: reza a lenda que a ideia do raspador de motor Tournapull veio a RG LeTourneau enquanto ele estava no hospital se recuperando de um grave acidente de carro.

Desde o início dos anos 1930, LeTourneau tem sido um dos maiores fornecedores da Caterpillar de lâminas de buldôzer, raspadores rebocados, rippers de controle de cabo e uma série de outros equipamentos auxiliares. RG LeTourneau abordou a gerência da Caterpillar com sua ideia de um raspador motorizado, mas foi informado que a ideia não era viável. Destemido, ele começou a fabricar as máquinas em suas próprias instalações e, não muito depois disso, LeTourneau e a Caterpillar seguiram caminhos separados.

O Modelo C Tournapull foi o segundo da linha Tournapull de RG LeTourneau a aparecer (o primeiro foi o Modelo A). Sua fábrica recém-construída em Peoria, Illinois, produziu o primeiro Modelo C em abril de 1940. Parecia muito diferente de tudo que tinha sido visto antes e, apesar de uma hesitação inicial por parte da indústria de contratação conservadora, esta máquina poderia deslocar a sujeira mais rápido por mais tempo distâncias do que qualquer coisa que estava disponível anteriormente, e certamente a um custo consideravelmente menor do que um trator de esteira e um equipamento de raspagem (scraper).

Esses primeiros Modelos C foram movidos com um modelo Caterpillar D468, diesel de quatro cilindros avaliado em 90 cavalos de potência com uma transmissão manual Fuller de quatro velocidades para caminhão.
O raspador padrão era um LeTourneau tipo ‘LS’ avaliado em 8,2 jardas cúbicas atingidas e 11 jardas cúbicas empilhadas.
À medida que a aceitação das máquinas começou a crescer, a necessidade de mais capacidade de carga tornou-se óbvia. Foi neste ponto que o mais famoso de todos os Tournapulls, o ‘Super C’ surgiu.

Exteriormente, o Super C Tournapull se parecia com o modelo C existente, mas na verdade era uma besta bem diferente. Lançado oficialmente em 1941, o Super C tinha uma escolha de quatro motores diesel que podiam ser instalados dependendo da preferência do cliente – 150 cavalos de potência Buda 6DH-691, 140 cavalos de potência Hercules DRXC, 150 cavalos de potência Cummins HBID-600 ou 152 cavalos de potência General Motors 6-71.
Embora o raspador Modelo LS pudesse ser usado com a unidade de trator Super C Tournapull, o raspador mais comum usado de longe foi o tipo empilhado de 15 jardas cúbicas ‘LP’.

O Super C Tournapull foi vendido aos milhares, tanto para contratos militares quanto para empreiteiros privados. Foi um caso clássico da máquina certa na hora certa. C e Super C Tournapulls viram serviço em todo o mundo e o tipo foi fabricado até 1949, quando foi substituído por máquinas mais modernas.

letorneau

Mais sobre a Letourneau, via site da Komatsu

Em 2011, a LeTourneau Technologies, Inc. com sede no Texas foi adquirida da Rowan Companies. Com essa aquisição, adquirimos a principal fabricante do mundo de carregadeiras de rodas grandes para mineração de superfície, com os maiores tamanhos de modelo e capacidades de carga útil do setor. Além disso, a LeTourneau é uma importante fabricante de produtos de aço especiais.

A LeTourneau é líder na indústria de equipamentos de terraplenagem desde a década de 20. Robert LeTourneau fundou uma empresa de terraplenagem em 1920, mas rapidamente tomou outros rumos, se transformando em 1929 em R.G. LeTourneau, Inc. – fabricante de equipamentos de terraplenagem. Da planta inicial em Peoria, Illinois, a empresa continuou a crescer e a mudar de local várias vezes; a planta final foi construída em Longview, no Texas, em 1945.

O nome LeTourneau se tornou sinônimo de terraplenagem, incorporando uma tecnologia que com frequência esteve anos, ou até mesmo décadas, à frente de seu tempo. Robert LeTourneau obteve centenas de patentes relacionadas a equipamentos de terraplenagem e o uso pela empresa de pneus de borracha de baixa pressão para trabalhos pesados e de tração eletrônica era exclusivo no setor. A qualidade dos produtos era considerada tão alta que as fábricas da LeTourneau forneceram 70% dos equipamentos pesados de terraplenagem usados pelas forças aliadas durante a segunda guerra mundial.

Robert LeTourneau realmente acreditada na instrução prática combinada com aulas em sala de aula. Em 1946, ele adquiriu um hospital militar não utilizado em Longview, no Texas, e fundou o LeTourneau Technical Institute, que fornecia treinamento técnico e mecânico. O instituto técnico passou a ter status de universidade em 1961, e se tornou a LeTourneau University, oferecendo formação em engenharia, ciências aeronáuticas e artes liberais.

As carregadeiras de rodas LeTourneau são as únicas carregadeiras de rodas elétricas na indústria com potência instalada superior a 2.000 cavalos de potência bruta e capaz de carregar caminhões basculantes de 400 toneladas. A linha de produtos de carregadeiras de rodas é um complemento quase perfeito para a linha de produtos de escavadeira elétrica acionada por corrente da P&H. Hoje, essas carregadeiras de rodas são comercializadas com a marca P&H.

As carregadeiras de rodas LeTourneau são especialmente conhecidas na indústria por sua tecnologia de acionamento regenerativo, que é muito mais eficiente do que os sistemas de acionamento mecânico e fornece economias significativas de custos operacionais.

teixeirinha

Portanto, se você já viu por aí a foto do cantor gaúcho pilotando um trator e ficou curioso sobre a marca e o modelo, aí está a resposta.

Veja também

História da Tratores do Brasil, representante da marca.

Os revolucionários motoscrapers (Revista MT)

 

 

 


15 de maio de 2021

Dia do Trator é tradição em escola nos Estados Unidos


Dia do Trator

Dia do Trator

Em algumas escolas de “ensino médio” dos Estados Unidos, cultua-se a tradição do “Tractor Day”, ou Dia do Trator. O único dia do ano onde adolescentes podem ir para a escola pilotando o trator da família.

A data varia de região para região, sendo o dia celebrado – obviamente – em localidades rurais do país.

No último dia 14 de maio, a WKBN (New Middletown, Ohio) noticiou o Dia do Trator na Springfield High School. O evento paralisa a cidade (no bom sentido, com dezenas de tratores nas ruas) e os jovens não perdem a oportunidade para exibir as máquinas, novas ou restauradas, no estacionamento da escola. Muitas praticamente parte da família que passaram de geração para geração.

Tratores em escola na cidade  de St. Louis. Foto: NPR / Ryan Delaney/St. Louis Public Radio.

dia do trator

Foley Tractor Day. Foto: Minnesota’s New Country.

Algumas regiões realizam o Tractor Day ao final da National Future Farmers of America Week que ocorre em fevereiro.

Aí está uma tradição que poderia ser cultivada também no Brasil, com tratores nas ruas não apenas em dias de protesto mas também em datas comemorativas, integrando os jovens rurais e as comunidades. Sabemos que aqui e ali algumas cidades promovem desfiles, mas seria ótimo em uma data nacional do agro, com grande movimentação.

 


10 de maio de 2021

Trator Valtra articulado – sim, ele existe


trator valtra articulado

trator valtra articulado

O Trator Valtra Articulado foi relançado durante alguns anos, com séries de modelos configurados pelo Unlimited Studio

Tem gente que desconhece a existência, mas a Valtra tem (teve) uma série de tratores articulados, feitos a partir de modelos modificados pelo Valtra Unlimited Studio, uma divisão da empresa criada em 2013 que faz tratores especiais. De lá saem máquinas com cabines diferenciadas, tratores para uso militar, pinturas de edições limitadas, tratores para remoção de neve e muitos outros.

valtra articulado

O estúdio criou opções de articulados entre os anos de 2014 e 2017 para tratores da série N, mais especificamente o N123, N143 e N163, seguindo modelos do passado como os Terra, Série X / XM e a linha F. Para acomodar a direção articulada, os modelos ficavam com 300 kg a mais no peso e 6o cm mais longos. Foram parceiras da Valtra na customização as empresas Afcon Oy e LH Lift Oy.

Articulado em imagens

 

Acima: vídeo de um Valtra N163X articulado, na lida.

As opções para o uso da direção articulada eram várias, combinando ou não o direcionamento convencional das rodas com o chassi do trator. Em alguns casos, a economia de combustível poderia chegar a 40%. O raio de giro ficava em torno de 6,20 metros.

Veja também – Trator Articulado Valtra

VALTRA UNLIMITED STUDIO INTRODUCES NEW OPTION: ARTICULATED STEERING ON N SERIES DIRECT MODELS

Articulated Valtra – A tractor that follows its own tracks.

Valtra Articulated Pivot Steer Tractors

TRATOR ARTICULADO VALTRA N163 NX UNLIMITED

 


16 de abril de 2021

Trator TET-1000, o soviético com rodas e esteiras ao mesmo tempo


Trator TET-1000

Trator TET-1000

O Trator TET-1000 era capaz de se transformar em um trator de esteira e levar suas rodas “penduradas” na estrutura. Único e bizarro para a sua época

Os soviéticos desenvolveram o trator TET-1000 nos anos 80 com a finalidade de proteger as estradas do interior e ao mesmo tempo ter o desempenho de uma máquina com esteiras para as terras soviéticas. A questão da largura das estradas também era um fator, estreitas demais para grandes tratores de esteira.

O trator – pra resumir – tinha uma aparência normal, com cabine, motor frontal e rodas. A grande diferença ficava na presença de esteiras na parte frontal e traseira, que eram erguidas pelo sistema hidráulico para que o trator fosse usado com as rodas, ou rebaixadas a ponto de erguer toda a máquina para o uso de esteiras. Neste caso, o trator passava a andar de lado.

Como não tinha cabine giratória, o operador era obrigado a lidar com dois volantes e só girar o assento. O modelo tinha 32 toneladas, motor de 700 hp e um sistema de transmissão elétrica. Os soviéticos planejavam construir unidades, mas apenas uma saiu do papel, fabricado no Instituto Soviético de Pesquisas com Tratores e testado nos campos do Cazaquistão.

 

Veja também

TET-1000 – um monstro quase esquecido (em russo)

Na antiga União Soviética, bebês eram batizados com nome de trator

 


4 de março de 2021

John Deere lança novos modelos de tratores na Série 9


John Deere Lança novos

John Deere Lança novos

De tempos em tempos, a John Deere lança novos tratores e este ano tudo está diferente, com pandemia, ausência da presença física em feiras agrícolas e muito investimento online. O início do mês de março trouxe novidades para a Série 9, com destaque para os modelos 9R 640 e 9RX 640. Os tratores ficaram mais fortes, eficientes e inteligentes, segundo o marketing da empresa.

novo motor john deere

Destaque: novo motor PowerTech 13.6 litros de 640 hp nos modelos principais (entre 390 e 590 no resto da série 9). Quando necessário, o sistema hidráulico inteligente do trator entrega ainda mais 50 hp, útil nas subidas e em pontos complicados do terreno.

Uma cabine mais espaçosa e confortável também é novidade. Todos os modelos por padrão possuem o sistema JDLink e receptor StarFire 6000, além do  display CommandCenter de quarta geração.

É claro que é uma série de tratores para poucos, dedicada a trabalhos em grandes propriedades, muitas vezes com uma janela de trabalho bem apertada. Mas nada impede que qualquer amante de máquinas agrícolas dê um passeio pelos vídeos da John Deere, observando cada detalhe. Abaixo, os vídeos do canal no Youtube publicados por ocasião do lançamento da nova série (em inglês, mas o Youtube pode traduzir).

Acima: novidades da Série 9, novo motor e cabine.

Veja também

Arquivos John Deere – Blog do Farmfor


1 de março de 2021

Quais foram os dez melhores tratores de todos os tempos?


dez melhores tratores

Dez Melhores Tratores (segundo um site americano)

dez melhores tratores

O mesmo finado site que compilou a lista com os dez piores tratores já fabricados no mundo também listou os dez melhores tratores de todos os tempos. Outra vez, reforçamos que o levantamento não possui valor científico e foi baseado em comentários de usuários americanos na Internet e dentro dos critérios popularidade, influência e inovação.

Vamos aos escolhidos, em ordem decrescente!

10. Trator Ford 9N

ford 9n farmfor

O Ford 9N foi fabricado entre 1939 e 1942, com motor de 16 hp. Também conhecido como Ford-Ferguson, foi o primeiro trator de linha com engate hidráulico de três pontos, com projeto de Harry Ferguson.

9. Trator Massey Ferguson 135

massey ferguson 135

O MF 135 foi fabricado entre 1964 e 1975, com motor de 45 hp. Foi o trator Massey Ferguson mais popular nos EUA, figurando entre todas as marcas como um dos melhores em sua época. Uma combinação ideal de durabilidade, simplicidade e preço baixo.

8. Trator John Deere 4440

john deere 4440

Fabricado entre os anos 1978 e 1982, o John Deere 4440 tinha motor de 112 hp e 130 hp no PTO. Foi o trator John Deere mais popular da série Iron Horse. Bom de potência para o peso total em relação a outros modelos, motor confiável e ótima transmissão completavam o pacote.

7. Trator Oliver 70

oliver 70

O Oliver 70 foi fabricado entre 1935 e 1948 com um motor de 28 hp. Líder em vendas após a Grande Depressão nos EUA, era durável, tinha potência e um design inovador.

6. Trator Farmall M

Farmall M

Fabricado entre 1939 e 1952, tinha 33 hp de potência. Um dos mais populares tratores Farmall da série “com letras”, com mais 290 mil unidades produzidas.

5. Trator Ford 8N

Ford 8N

O Ford 8N foi fabricado entre 1947 e 1953. Tinha motor de 21 hp e é considerado o trator americano mais popular de todos os tempos, com mais de 524 mil unidades produzidas. Foi um “upgrade” potência e design do seu antecessor, o Ford 9N. Era barato e confiável e ainda dizem que foi o trator que mais substituiu cavalos na história.

4. Trator Ferguson TE-20

Ferguson TE-20

Produzido entre 1946 e 1956, tinha 20 hp de potência. Popularizou o sistema hidráulico de três pontos de Harry Ferguson no mundo inteiro. Foi fabricado primeiro na Inglaterra e posteriormente nos EUA com o nome TO-20. Mais de 516 mil unidades foram fabricadas e exportadas para todo o Império Britânico, sendo um dos pioneiros na mecanização agrícola mundial. Nós já falamos aqui de um parente dele, o Ferguson TO-30.

3. Trator Fordson Model F

Este senhor de respeito foi fabricado entre 1917 e 1928. Com seus 12 hp, é considerado por muitos como o trator mais importante já fabricado. Foi o primeiro trator acessível para os agricultores por conta dos métodos de fabricação com as técnicas de produção em massa da Ford. Mais de 755 mil unidades foram fabricadas e exportadas para o mundo inteiro.

Fordson Model F na Rússia em 1929.

2. Trator Farmall Regular

Farmall RegularFabricado entre 1924 e 1932, tinha um motorzinho de 13 hp e um design revolucionário para a época que foi copiado por diversas marcas por décadas. Mais de 134 mil unidades foram fabricadas. Um grande influenciador da indústria.

1. Trator John Deere 4020

john deere 4020

O campeão da lista foi fabricado entre 1963 e 1972, com motor de 83 hp. Foi o modelo mais popular da série “New Generation” e que projetou a John Deere, dando o primeiro passo para o avanço da marca no design dos seus tratores, servindo de modelo de potência e projeto para o futuro. 

Menções honrosas da lista, fora dos TOP 10:

O site também considera os modelos Farmall H, Deutz F1M414, Allis-Chalmers D19, John Deere A e o  IH Farmall 1206 tratores que merecem uma lembrança.

A Lista dos TOP 10, em vídeo:


1 de março de 2021

Trator a gás da New Holland entrará será vendido ainda em 2021


trator a gás

trator a gás

Trator a gás da New Holland vai virar realidade

Depois de aparecer na Agritechnica em 2019, o trator T6 movido a gás metano da New Holland entrará definitivamente no mercado ainda este ano, conforme notícia no site da empresa, repercutida em sites especializados.

Clientes selecionados vão receber o trator na Alemanha, França, Itália, Reino Unido e Benelux, mercados onde a cultura da produção do biogás está avançada. A New Holland desenvolveu um modelo de propriedade com independência quando o assunto é energia, capaz de produzir o próprio combustível em ciclo fechado, ficando neutra em emissões de carbono ou até mesmo negativa.

Acima: vídeo do T6 movido a gás metano.

O controle de emissões está no centro das atenções no agro europeu e ainda vai gerar muitos debates (e tratores nas ruas das capitais), não pela viabilidade de algumas máquinas mas pela obrigatoriedade da conta do carbono emitido nas propriedades rurais “fechar” com as metas criadas na União Europeia. Futuramente, quem sair da linha poderá até mesmo perder alguns subsídios.

Veja também: Agricultores cercam Berlim e colocam 5000 tratores nas ruas da capital.

trator a gás

Metano: o tanque de gás vai engatado na frente do trator.

trator a gás

Acima: vídeo do canal Agrimoto, mostrando o T6 mais de perto, por dentro e por fora.

O trator T6 a gás da New Holland promete a mesma potência, torque e durabilidade, 30% de redução nos custos operacionais e 80% de redução na emissão de poluentes. O motor é FPT, 180 cv.

Quanto custa gerar metano na propriedade?

Na realidade da Europa, um exemplo – que vai além da simples geração do gás –  pode ser visto nesta boa reportagem do site Farmers Weekly, onde um produtor pioneiro chamado Stephen Temple mostra o seu sistema (e como ele aproveita e gerencia a produção) que custou a bacatela de 900 mil libras.


27 de fevereiro de 2021

Quais foram os dez piores tratores já fabricados no mundo?


dez piores tratores

dez piores tratores

Os dez piores tratores já fabricados

O site Brush Country Farm (que já não está entre nós) compilou uma lista com os dez piores tratores já fabricados, baseada em depoimentos de usuários e comunidade agrícola em geral publicados em fóruns da internet e redes sociais. Os dados foram coletados em 2018 e um vídeo ainda publicado no Youtube deixou o listão eternizado para quem quiser conferir.

Vamos reproduzir aqui a lista, em ordem decrescente. No final, a pior bucha já fabricada pela indústria de máquinas agrícolas. É bom saber que o listão não tem respaldo científico e não queremos ofender as marcas (existentes ou já falecidas), trata-se apenas de curiosidade levantada pelo site.

10. Allis Chalmers 190XT

allis chalmersFabricado entre 1964 e 1971, motor de 79 hp. Conhecido por estourar os anéis de vedação e ser péssimo para conduzir. Foto: Mecum Auctions.

9. Case 1070

Fabricado entre 1970 e 1978. Motor de 91 hp. Péssima transmissão.

8. Oliver 1250

Motor a gasolina (mesmo do Cockschutt 1250). Fabricado entre 1963 e 1965. 35 hp no PTO. O ódio? construído com peças que sobraram da Segunda Guerra Mundial que não eram muito boas.

7. Massey Ferguson 1805

Fabricado entre 1974 e 1077, motor de 162 hp. Conhecido por ser muito barulhento e estourar as juntas do motor.

6. International Harvester 3588

Fabricado entre 1978 e 1981, 126 hp. Segundo o site, uma grande ideia com uma péssima execução.

5. John Deere MT

Fabricado entre 1949 e 1952, 18 hp. Fraco de motor.

4. Oliver 1450 (igual ao Cockschutt 1450)

Oliver 1450

Fabricado entre 1967 e 1969, 55 hp no PTO. Juntas que vazavam, difícil reparo e poucas peças disponíveis no mercado.

3. Farmall 560

Fabricado entre 1958 e 1963, 53 hp. Ruim de transmissão e conhecido como “o trator que matou a IH”.

2. John Deere 2010

Fabricado entre 1960 e 1965, 39 hp. Problemas hidráulicos e motor fraco.

O Número 1: Ford 6000, o pior trator de todos os tempos!

pior trator do mundo

Fabricado entre 1961 e 1964, 59 hp. Tinha uma transmissão chamada Select-O-Speed que falhava o tempo inteiro.

Este foi o listão compilado em 2018. Abaixo, a versão em vídeo para quem quiser conferir:

Chegou até aqui? Não esqueça de participar do nosso canal no Telegram: basta acessar o link https://t.me/blogdofarmfor para entrar.


22 de fevereiro de 2021

Site diz que John Deere mentiu durante anos para os agricultores


john deere mentiu

john deere repair motherboard

A John Deere mentiu para os clientes sobre a facilitação do acesso aos tratores para manutenção. A constatação é fruto de uma investigação do site Motherboard que supostamente revelou as promessas da gigante das máquinas agrícolas em 2018 (leiam A briga entre agricultores e a John Deere virou documentário), no auge dos conflitos do movimento Right to Repair.

A John Deere teria prometido, através de representantes dela e de outras marcas, que deixaria mais acessível o uso de ferramentas de software para reparo e diagnóstico, começando em janeiro de 2021. Tudo está documentado aqui (em inglês) em uma espécie de carta de princípios.

Resumidamente (em uma tradução simples), a carta diz:

Na medida em que ainda não estiverem disponíveis, as informações de manutenção, diagnóstico e reparo listadas abaixo serão disponibilizadas aos usuários finais por meio de revendedores agrícolas autorizados em termos justos e razoáveis, começando com tratores e colheitadeiras colocadas em serviço em ou após 1º de janeiro de 2021.

Os usuários finais também poderão comprar ou alugar ferramentas de diagnóstico por meio de revendedores agrícolas autorizados. Certas informações e ferramentas poderão estar disponíveis mais cedo. Os revendedores agrícolas estão empenhados em fornecer acesso a:

• Manuais (Operador, Peças, Serviço);
• Guias de produtos;
• Demonstrações de serviço do produto, Treinamento, Seminários ou Clínicas;
• Informações de gerenciamento de frota;
• Diagnóstico On-Board via porta de diagnóstico ou wireless interface;
• Serviço de Diagnóstico Eletrônico de Ferramentas de Campo e treinamento sobre como usa-las;
• Outras publicações com informações sobre serviço, peças, operação e segurança.

Usando essas informações e essas ferramentas, que estarão disponíveis para compra, aluguel ou assinatura de revendedores, os agricultores serão capazes de identificar e reparar vários problemas que possam encontrar em seus equipamentos. FWEDA e CFBF suportam a capacidade dos usuários de equipamentos de manter, diagnosticar e reparar suas máquinas. No entanto, a capacidade de diagnosticar e reparar não significa o direito de modificar. Por segurança, durabilidade, motivos ambientais e de responsabilidade, informações e ferramentas de diagnóstico e reparo não permitirão que os consumidores façam o seguinte:

• Reinicialize um sistema imobilizador ou eletrônicos relacionados à segurança módulos;
• Reprogramar qualquer eletrônico unidades de processamento ou controle do motor unidades;
• Mudar qualquer equipamento ou configurações do motor afetando negativamente emissões ou conformidade de segurança;
• Baixe ou acesse a fonte código de qualquer proprietário incorporado software ou código.

Em função do conflito entre agricultores e a John Deere na época – muitos recorriam a softwares piratas para quebrar o código do trator e realizar manutenção – alguns estados americanos chegaram a planejar a criação de leis que obrigassem a John Deere a abandonar a ideia de bloquear eletronicamente a manutenção dos tratores, mas o comprometimento da empresa e a promessa da carta acalmaram os ânimos.

john deere mentiuJohn Deere mentiu?

Três anos depois, as coisas continuaram da mesma maneira. Para comprovar, o site Motherboard se fez passar por cliente e ligou para diversas revendas John Deere nos EUA, tentando comprar as ferramentas de software para liberação dos tratores., todas negaram a venda de imediato, deram uma enrolada ou disseram que só as autorizadas poderiam ter acesso a estes sistemas. O mesmo procedimento foi realizado também por um defensor do movimento Right To Repair, Kevin O’Reilly, mas com 11 revendas. Um relatório sobre esta pesquisa está disponível em inglês neste link.

Este novo capítulo da briga entre a John Deere o seus usuários deverá agitar o mercado. Talvez as partes fiquem no meio do caminho entre a liberdade para dar manutenção no próprio trator sem precisar ligar para a revenda, ficar dias inteiros parado e gastar milhares de dólares e a proteção da propriedade intelectual da empresa que investiu tempo e recursos no desenvolvimento dos produtos.

 

Veja também

Why American Farmers Are Hacking Their Tractors With Ukrainian Firmware

John Deere Lied For Years About Making Its Tractors Easier To Service

 


17 de fevereiro de 2021

Trator – a coleção completa do Blog do Farmfor sobre o assunto


trator

Trator é no Blog do Farmfor!

Uma super seleção de postagens do Blog do Farmfor com o tema Trator, publicadas desde o início do site. Encontre aqui o seu trator dos sonhos

 

Trator Zetor, by Pininfarina. Uma super máquina!

O Pininfarina é um escritório de design, famoso pelo desenvolvimento de diversos modelos para a Ferrari. O que começou como uma pequena fábrica de carrocerias nos anos 30, evoluiu para uma marca mundial de design que foi muito além do setor de veículos, com trabalhos também em arquitetura, embalagens e marcas para empresas.

Trator Schlüter Profi Trac 5000 TVL

A Anton Schlüter München (ou apenas Schlüter) foi fundada na Alemanha em 1898, para a produção de motores diversos. Em 1937, a empresa passou a fabricar também tratores e atravessou a Segunda Guerra Mundial desenvolvendo modelos de pequeno porte movidos por gás de madeira (por conta da falta de combustíveis no período).

Trator Case IH Magnum 315 pega fogo no meio da lavoura

Trator ficou completamente destruído em incêndio que deixou um rastro de fumaça visível a quilômetros de distância. Ninguém se feriu.

John Deere: novidades nos modelos 8R e 9R para 2019

Em 2019, os tratores John Deere modelos 8R e 8RT serão equipados de série com a cabine CommandView III Premium, equipadas com o sistema de suspensão AirCushion. O tanque de combustível ganha 6% a mais de volume e passa a receber 803 litros e o tanque de ARLA (DEF) passa para 28,7 litros. A suspenção dianteira também vai ganhar um reforço.

Trator International Harvester 7488, uma obra de arte

A história da International Harvester daria um livro de tão complexa e aqui vamos mostrar o 7488, modelo de trator desenvolvido bem na época da fusão das marcas JICase e IH, que formaram a Case IH que conhecemos até hoje (ainda que tenha passado por muitas mãos). Aliás, a fusão e venda para a Tenneco foi o motivo do sepultamento da produção da então chamada “Série Super 70 2+2” da International, resultando em apenas 19 modelos 7288 e 16 7488 fabricados.

Trator Valtra T174 tunado é exibido na LAMMA 2019

A LAMMA é a maior feira agrícola do Reino Unido (a sigla significa
Lincolnshire Agricultural Machinery Manufacturers Association, ou Associação dos Fabricantes de Máquinas Agrícolas de Lincolnshire) e edição 2019 acontece agora, na cidade de Birmingham. É também a primeira edição da feira em um centro de eventos totalmente coberto.

Valtra traz o novo BH224 HiTech para a Feacoop 2019

Bebedouro (SP), 26 de julho de 2019 – Valorizando seu fiel público do setor sucroalcooleiro, a Valtra, referência global em fabricação de máquinas agrícolas, vai realizar o pré-lançamento de um dos novos tratores da marca, o BH224 HiTech, na Feacoop 2019. Junto com o BH214 HiTech, o lançamento complementa o portfólio da consagrada Linha BH HiTech Geração 4. Com 210 cv e 220 cv, e motor de 6 cilindros, as novas máquinas combinam mais potência e tecnologia, com a transmissão Powershift, e atende diferentes perfis de agricultores. A Feacoop acontece em Bebedouro (SP), de 29 de julho a 1 de agosto.

Trator Case IH Quadtrac volta para a fábrica e vira peça de museu

Case IH Quadtrac
Um trator Case IH Steiger Quadtrac 9370 fabricado em 1996 foi comprado de volta pela fabricante para virar peça de museu na fábrica da cidade de Fargo, Dakota do Norte, nos Estados Unidos.

Trator International Harvester Acremaster, o gigante australiano

Fundada em 1975 na cidade de Merredin por Laurie Philips, a empresa construiu e vendeu modelos próprios com a marca Philips-Merredin ou apenas Philips. Em 1984, foi vendida para Don Zanetic e mais tarde para a Horwood Bagshaw. No final, o fundador foi trabalhar com o fabricante de tratores articulados Phoenix. Os dados são do Tractor Fandom.

Trator CASE IH Steiger Quadtrac 620: Um dos maiores tratores do mundo

Quem tem US$600 mil para gastar em um trator, não se importa em colocar alguns acessórios na máquina, como cabine de luxo, luzes especiais e um sistema de navegação dos mais precisos do mercado. No site da CASE IH, escolher estes opcionais para o Steiger Quadtrac 620 não custa nada. Você pode vasculhar estes e outros itens e atingir o preço máximo. Nós paramos em US$ 641,828.00, mas dá para ir mais adiante na brincadeira.

Trator Valtra T234 é o trator mais rápido do mundo

Imaginem um trator de 7 toneladas correndo muito, na neve. Assim foi medida a velocidade deste Valtra.

Kirovets, o Histórico Trator Russo

Fabricado deste os anos 60, o trator Kirovets é um símbolo nacional, remodelado nos anos 90 e vendido em diversos países.

Quando um não é suficiente – Tratores duplos, triplos e outras gambiarras

Quando postamos curiosidades sobre máquinas agrícolas e entre elas estão alguns modelos de tratores duplos (literalmente dois tratores do mesmo modelo unidos em um único veículo), logo algum leitor comenta no Facebook que se trata de montagem. Não é.

Desde 1893, a fábrica é parte da história da Polônia e já foi estatizada, destruída, passou por guerras e hoje resiste, produzindo máquinas e implementos agrícolas.

 

5000 milhas em tratores New Holland, pela caridade

 

Dois apaixonados por tratores vão cruzar a Inglaterra e a Irlanda durante 51 dias, promovendo a marca e angariando fundos para instituições de caridade.

 

As gurias que comandam tratores Massey e outros vídeos de Stuart Dubois

O artista produz diversos vídeos com a temática agrícola em seu canal do Youtube

Participe do canal do Farmfor no Telegram. Acesse https://t.me/blogdofarmfor


21 de janeiro de 2021

Marcas de tratores mais vendidas na Espanha em 2020


marcas de tratores mais vendidas




marcas de tratores mais vendidas

 

O site espanhol Mas Que Maquina compilou uma lista com as marcas de tratores mais vendidas no país em 2020. São elas:

  1. John Deere – 2429 (24,2%)
  2. New Holland – 1403 (14%)
  3. Kubota – 736 (7,3%)
  4. Case IH – 683 (6,8%)
  5. Deutz Fahr – 776 (7,7%)
  6. Fendt – 744 (7,4%)
  7. Massey Ferguson – 496 (4,9%)
  8. Landini – 479 (4,8%)
  9. Same – 298 (3%)
  10. Claas – 287 (2,9%)
  11. Valtra – 322 (3,2%)
  12. McCormick – 262 (2,6%)
  13. Lamborghini – 196 (2%)
  14. Outros – 933 (9,3%)

Marcas de tratores mais vendidas na Espanha

Foram vendidos na Espanha em 2020 10044 tratores contra 12029 em 2019 por conta da crise em geral e a pandemia de coronavírus. A potência média do trator vendido na Espanha é de 116,6 hp (contra 113,3 em 2019) e o preço por hp aumentou: foi de 459 euros para 505.

Os dados são do ROMA – Registros Oficiales de Maquinaria Agrícola.


19 de janeiro de 2021

Limited Redition – trator da Valtra para comemorar 70 anos da marca


Limited Redition




limited redition

 

Limited Redition

A Valtra criou uma edição especial e limitada dos tratores T174e e T254 para comemorar os 70 anos da marca. Serão apenas 70 tratores disponíveis para venda no mundo todo e as reservas podem ser realizadas pelo site (nos países participantes).

Os tratores serão chamados de Limited Redition (pois vermelho é a cor original da Valtra).

Segundo o site promocional do lançamento, os tratores terão pintura metálica, marcas especiais com o emblema dos 70 anos em diversas partes, vidros fumê, assentos de couro e direção forrada, interior preto soft, aros na cor preta e tapeçaria especial. Apenas uma foto foi liberada do modelo na internet.

Quando mais dados aparecerem nos canais oficiais, este post será atualizado.

Desde 1951

O primeiro Valmet saiu da fábrica em 1951, na cidade de Tourula, na Finlândia. Pouco tempo depois, em 1960, começou a produção no Brasil.


14 de janeiro de 2021

Trator elétrico para portos da alemã MAFI


trator eletrico




 

trator eletricoO tratorzinho T230 da empresa alemã MAFI ganhou uma versão elétrica (T230e) que será lançada na primavera (européia) de 2021. Com uma quinta roda elevada, o o tratorzinho lida com containers nos portos e centros de distribuição, agora com um motor elétrico e uma bateria de 177 kilowatts/hora.

Acima: o irmão mais velho T230 em operação nos portos.

O fabricante promete que a versão elétrica terá a mesma capacidade de trabalho da que roda com motor diesel, além do pequeno raio de giro, cabine espaçosa e sistema hidráulico. No marketing, também é destacado o apelo ambiental.

A retirada de uma exaustão de gases em um veículo assim, ainda segundo o fabricante, favorece o seu uso na indústria alimentícia e em locais que necessitam de pouco ruído, seja pelas características operacionais ou pela proximidade de áreas residenciais.

Trator Elétrico

Apesar da aparência de um pequeno caminhão, o veículo é chamado de “trator de terminal” no mercado.

Saiba mais sobre veículos elétricos aqui no Blog do Farmfor.


9 de janeiro de 2021

Marcas de tratores: Tomo Vinković, da antiga Iugoslávia


Tomo Vinković

Tomo Vinković

Tomo Vinković

A fabricante de tratores Tomo Vinković foi fundada no ano de 1953 na cidade de Bjelovar, na Iugoslávia (hoje Croácia). Fabricante de tratores e implementos agrícolas, era especializada em modelos de pequeno porte, importantes para o desenvolvimento das pequenas propriedades da região, fazendo com que os tratores caíssem no gosto dos agricultores de outros países como Portugal, Polônia e Tchecoslováquia.

Até hoje os modelos fazem sucesso nos sites que vendem máquinas agrícolas usadas, como o Njuskalo.

Tomo Vinković

 

Acima: modelo de trator Tomo Vinković e a capa de um boletim de teste do Instituto de Mecanização Agrícola da República Socialista da Croácia, emitido em 1977 para o modelo TV-418. O documento pode ser acessado neste link. E mais: vídeo mostrando vários modelos da marca e seu histórico (ninguém vai entender, é em croata) e o segundo de um modelo ainda hoje em atividade.

Veja também

O antigo orgulho da produção é hoje mais popular em Njuškalo do que os carros usados!


21 de dezembro de 2020

Mercenários russos explodem trator John Deere na Ucrânia


mercenários russos




Um tratorista da Ucrânia passa bem (com ferimentos leves) depois de um susto daqueles nesta segunda, 21 de dezembro: seu trator foi atingido por um lança-granadas enquanto voltava da lavoura com um arado. Os autores da façanha foram os russos. A região de Kamyanka está em conflito e grupos dos dois lados andam se estranhando. A notícia é do site 112 International.

O Lançador de granadas SPG-9 que abateu o John Deere. Foto meramente ilustrativa.

Acima: tweet sobre o trator abatido por mercenários russos.

Região do ataque. Fonte: Twitter de Michael MacKay.

Saiba mais

A Guerra Civil no Leste da Ucrânia, igualmente referida como Guerra na Ucrânia, Rebelião pró-russa na Ucrânia ou Guerra em Donbass, é um conflito armado em andamento na região de Donbass na Ucrânia. Desde o início de março de 2014, manifestações de grupos pró-russos e antigoverno ocorreram nos oblasts de Donetsk e Luhansk, que integram a região da Bacia do Rio Donets, na sequência da Revolução Ucraniana de 2014 e do movimento Euromaidan. Wikipedia.


13 de dezembro de 2020

Monarch, mais um trator elétrico entrará no mercado


monarch




Lançado no início de dezembro nos EUA, o Monarch é um trator elétrico, inteligente e com capacidades autônomas, para encarar os desafios dos agricultores do país como as questões ambientais e a falta de trabalhadores no campo.

 

monarch farmfor

O Monarch vem equipado com motor de 40 hp (30 kW) com potência de pico de 70 hp e será vendido pelo preço inicial de US$ 50 mil. A empresa está aceitando reservas mediante um depósito de sinal no valor de US$500,00. A previsão de entrega é para o outono americano de 2021.

farmfor monarch trator eletrico

O trator recebeu o prêmio “Trator do Ano de 2020” do AgTech Breakthrough Awards, nomeado um dos dez melhores produtos da World AG Expo e teve o reconhecimento da Revista Fast Company como uma das “Melhores Ideias para Mudar o Mundo”, na categoria Estados Unidos – Energia e Alimentação.

A Monarch foi fundada em 2018 por Praveen Penmetsa, Carlo Mondavi, Mark Schwager e Zachary Omohundro e está sediada na cidade de Livermore, na Califórnia. Para mais informações, acesse o site.

 


15 de novembro de 2020

Na antiga União Soviética, bebês eram batizados com nome de trator


União Soviética




União Soviética

Os nomes mais populares nos bebês russos do ano de 2020 foram Alexandre para os meninos e Sofia para as meninas, seguidos por Maria, Anna, Victoria, Alice, Polina, Mikhail, Maxim e Artem. Nos anos 60, as escolhas eram um pouco diferentes.

Antes do comunismo na então União Soviética, os pais escolhiam nomes tradicionais, de personagens históricos e santos. A tradição do nome Ivan (Ivã) é curiosa: Pais escolhiam o nome do “santo do dia” no calendário da Igreja Ortodoxa para batizar os filhos. Acontece que existem nada mais nada menos do que 170 dias do ano dedicados a algum “Santo Ivan”.

Com a revolução, nomes históricos (de antes) e especialmente os religiosos não eram bem vistos pelo regime. Os pais então passaram a usar nomes de heróis soviéticos (o cosmonauta Yuri Gagarin inspirou milhões), siglas e “destaques tecnológicos” como o trator.

Entre os nomes estranhos estão, além de Trator, Diesel,  Hipotenusa (Gipotenuza), Tanque (Tank), Eletrificação (Elektrifikatsia), Mels – as primeiras letras dos nomes de Marx, Engels, Lenin e Stalin, Ninel (Lenin ao contrário) e a mistura de palavras que resulta em Dazdraperma, ou “Vida Longa ao Primeiro de Maio”.

Em meados dos anos 80, os nomes dos bebês começaram a voltar ao normal e o fenômeno foi tema de pelo menos duas reportagens no jornal americano The New York Times (aqui e aqui). Sai o trator e voltam Yekaterinas e Aleksandrs.

Ainda bem que a moda da União Soviética não pegou no Brasil, ou teríamos milhares de Cebetes andando por aí hoje em dia.

Veja também

Popular Russian Names

Outra lista de nomes russos ou soviéticos, aqui.


8 de novembro de 2020

Trator da New Holland tem hidrogênio na cabeça


trator da new holland




O trator conceito T5.140 Auto Command H2 Dual Fuel é fruto de uma parceria da New Holland com a empresa Jos Scholman, com um diferencial interessante: leva cilindros de hidrogênio em um compartimento acima da cabine. O gás é misturado ao diesel e pode diminuir as emissões em até 40%, sem perder o desempenho.

 

trator new holland hidrogênio

O compartimento leva 5 cilindros metálicos com 470 kg do gás no total, em uma pressão de 350 bar, que é liberado para o motor através de uma válvula a 8 bar. O trator pode continuar trabalhando normalmente quando acaba o gás, só com o diesel. Os fabricantes recomendam ainda que trabalhos mais pesados sejam realizados apenas com o diesel.

A carga dos cilindros é suficiente para oito horas de trabalho.

O trator da New Holland base para o projeto é um T5.140 CVT com 140 hp. A novidade foi apresentada em uma live da empresa no início de outubro.

O kit de conversão (por enquanto só para este T5) custará módicos 70 mil euros e uma atualização de software no trator. Mais detalhes no site Farmer.pl.

Veja também

Dois amigos atravessam a Holanda de trator New Holland T9. Jasper Lentz e Chris Vlaanderen, editores da Revista holandesa Landbouwmechanisatie, equiparam um trator New Holland T9.565 com uma espécie de barraca e partiram em uma viagem cruzando diversas regiões no norte da Holanda, entre as cidades de Friesland e Groningen.

 


18 de outubro de 2020

Trator com controle remoto dá show em rodeio americano


trator com controle remoto

Inventor transformou um velho Farmall H retirando o motor original e adicionando várias adaptações para controlar a gambiarra por rádio

O agricultor e inventor Chris Floerkey, lá do Alabama, está famoso na internet com a sua principal criação: um trator com controle remoto.

Altamente modificado, o Farmall H com quase 80 anos de idade ganhou um motor Predator 212 de 6,5 hp, forte o suficiente para tocar os 1360 kg da (agora) carcaça do trator. Este tipo de motor estacionário a gasolina é bem comum nos EUA, usado até em karts e que sai por menos de US$ 200 no Walmart, por exemplo.

O motor acabou dando o nome ao projeto e a gambiarra passou a ser chamada de “Predator 212 Tractor”.

A construção foi muito bem documentada em vídeo (em inglês). Acompanhem:

 

 

Parte 1: Primeiro contato com a “sucata” do trator e ligação do motor à transmissão.

A parte 2, parte 3 e parte 4 você acessa diretamente no Youtube.

O Show no Rodeio

O trator participou de um show de comédia no “Day of Cowboy”, um rodeio organizado pela No Fences Cowboy Church , uma Igreja (como o próprio nome diz) dedicada aos cowboys.

 

O canal do Chris no Youtube vale a assinatura. Além do trator, outros inventos são exibidos por lá. No mais, gravações sobre o dia a dia na propriedade.

Veja também

Todas as postagens sobre Gambiarras aqui no Blog do Farmfor.

 


6 de setembro de 2020

Farmtrac 25G – o trator elétrico indiano que faz sucesso na Europa


Farmtrac 25G

O trator Farmtrac 25G já apareceu até mesmo em um programa da TV britânica BBC e foi homologado em diversos países

O Farmtrac 25G é um trator compacto totalmente elétrico que encontrou um bom mercado nas pequenas propriedades da Europa. Vendido por cerca de 22 mil euros, ele tem motor elétrico de 15 kW e uma bateria de Li-ion de 72 volts / 300 Ah com autonomia de 5 horas.

Veja também: Kubota compra parte da indiana Escorts Agri Machinery.

O tratorzinho consegue levantar 500 kg (750 kg com um engate MITA 3) e tem velocidade máxima de 17 km/h.

Vídeo da Farmtrac Noruega mostrando detalhes do trator.
O canal Fully Charged, com o apresentador Robert Llewellyn fez uma longa review do Farmtrac 25G apresentando o modelo na propriedade de Adam Henson, apresentador e fazendeiro britânico famoso por seus programas de TV.

Mesmo limitado no porte, o trator encontrou apaixonados nas pequenas propriedades da Europa, com vídeos pipocando no Youtube de usuários mostrando a aquisição no Reino Unido, Noruega, Espanha e também fora do velho mundo. De forma espontânea ou com uma ajudinha do marketing da empresa Escorts Group (dona da marca), o trator elétrico segue o seu curso e deverá abrir caminho para modelos mais fortes no futuro.

É importante lembrar que existe uma pressão política na Europa para que agricultores diminuam a “pegada de carbono” em suas propriedades. O uso de maquinário elétrico pode ser uma ajuda para fechar as contas das emissões.

A Farmtrac

A Farmtrac é uma marca que pertence ao Grupo Escorts, um dos maiores grupos indianos de maquinaria agrícola, construção, equipamentos de movimentação de cargas, equipamentos de caminhos de ferro e componentes para automóveis.

A Escorts Agri Machinery está no TOP 10 dos produtores de tratores a nível mundial com 1.5 Milhões de tratores vendidos desde 1961, galardoada com inúmeros prémios.

A Farmtrac está no mercado Europeu há 18 anos, tendo uma importante base na Polónia que garante o fornecimento de peças de reposição
em toda a Europa.

Com três gamas distintas: compactos, especializados e convencionais, os tratores Farmtrac são económicos, fiáveis e perfeitos para todo o tipo de tarefas, com potências que vão dos 20 CV aos 130 CV em 2WD e 4WD, o grande destaque vai para o Farmtrac 25G, um dos primeiros tratores 100% elétricos disponíveis em Portugal. Via Entreposto Máquinas – Portugal.

Veja também

Fully Charged Checks Out The Farmtrac 25G Electric Tractor.



Publicidade