SomaDetect

Sensor desenvolvido no Canadá para ser usado em exames médicos virou um aliado dos produtores de leite no país   O SomaDetect é um aparelho que, uma vez acoplado na ordenhadeira, mede a qualidade do leite em tempo real, sem partes móveis e sem o uso de reagentes ou qualquer tipo de consumível. O líquido passa no aparelho e é “lido” por um feixe de luz que incide na tubulação. Conforme o reflexo que retorna para o sensor, assinaturas são lidas e um sistema de…Continue a ler “SomaDetect – luz que monitora a qualidade do leite em tempo real”

Atlis

Atlis Motor Vehicles é o nome da empresa lá do estado do Arizona, nos EUA, que planeja juntar um milhão de dólares para desenvolver o protótipo de sua picape elétrica   A Atlis XT Pickup Truck promete ser uma alternativa (dentro de um mercado já alternativo) de veículo elétrico, oferecendo todas as características comuns em uma picape convencional, mas com a “pegada” dos motores elétricos. A empresa vai concorrer com outros projetos, incluindo o da Tesla, que já passou dos veículos de passeio para os…Continue a ler “Atlis, uma picape totalmente elétrica”

Fazenda Indoor

Uma fazenda indoor é a aposta da startup Iron Ox, empresa baseada na Califórnia que pretende produzir folhosas em um ambiente totalmente controlado e operado por computadores, sem qualquer interação humana.  Por trás da ideia, uma equipe liderada por Brandon Alexander, ex-empregado do Google em um laboratório de pesquisas com passagem também pela prestigiada incubadora de negócios especializada em robótica Willow Garage.   Fazenda indoor, mas pode chamar de estufa A fazenda indoor nada mais é do que uma mega estufa com bandejas cultivando vegetais com…Continue a ler “Fazenda indoor controlada por robôs é inaugurada na Califórnia”

Pastejo rotacionado

Startup americana promete sistema de piquetes virtuais, com cercas eletrônicas.   A startup californiana Vence, baseada na cidade de San Diego, recebeu um aporte de US$ 2,7 milhões de dólares para desenvolver o seu produto: um sistema de “piquetes virtuais” capaz de controlar o rebanho no pasto sem cercas, físicas ou elétricas. O animal recebe um brinco especial, com GPS e comunicação sem fio, capaz de se comunicar com os servidores da empresa e controlar o posicionamento, emitindo sons ou dando pequenos choques quando ele se…Continue a ler “Pastejo rotacionado sem cercas, controlado por celular”

Tecnologia promete até 20 vezes menos gastos com herbicidas nas lavouras.   Um robô (ou vários deles) trabalhando por horas sem parar na caça de plantas indesejadas nas lavouras, arrancando ou aplicando herbicida de forma cirúrgica, onde necessário. Esta é a proposta em estudo por diversas startups que já estão recebendo muito dinheiro de investidores, para avançar no mercado e colocar em prática estas tecnologias. Aplicar produtos “só onde precisa” não é novidade para os agricultores por conta das já quase velhas tecnologias de GPS…Continue a ler “Robôs darão prejuízo para as empresas de herbicidas”

Leite artificial

Startup americana está desenvolvendo leite em laboratório, sem usar uma única vaca. A startup americana Perfect Day quer revolucionar o mercado mundial de laticínios, ao pé da letra. A empresa pretende destruir tudo e começar do zero, fazendo as coisas de outra forma: produzindo leite artificial, sem usar uma única vaca. Não se trata de “leite de soja” e outros produtos que adotam esta nomenclatura, mas um leite sintético que será fabricado por fermentação, em um processo muito parecido com o adotado nas cervejarias, onde fermento e…Continue a ler “Leite artificial quer acabar com a pecuária leiteira mundial”

GUSS, o turbo pulverizador robô já está em ação nos pomares da Califórnia.   GUSS é a sigla para Unmanned Spray System, ou sistema de pulverização autônomo, em uma tradução livre. Foi desenvolvido pela CFS LP, afiliada da Crinklaw Farm Services, uma empresa que está desde os anos 80 na lida com serviços em pomares da Califórnia. O veículo tem uma câmera que mapeia todo o caminho através dos corredores dos pomares, sensores com laser para detecção de obstáculos e presença de pessoas e também um sistema…Continue a ler “Conheçam GUSS, o pulverizador sem operador”

A empresa Moocall segue firme com o serviço especializado de monitoramento de rebanhos na Irlanda. Nós já falamos da Moocal em 2016, logo no início das atividades do Blog do Farmfor. É bom saber que a empresa continua na ativa e seus clientes estão satisfeitos, postando nas redes sociais como é o dia a dia na propriedade, com o uso do dispositivo. O sensor da Moocall fica preso no rabo da vaca e monitora diversos sinais do animal como temperatura e atividade em geral. Quando o comportamento…Continue a ler “A vaca vai parir? Uma mensagem via celular avisa quando chegou a hora”

compartilhamento de vacas

Iniciativa americana permite a compra conjunta de animais para posterior venda em peças.   O Crowd Cow é um serviço de vaquinha para a compra de vacas (ok, esta ficou horrível). A startup americana permite que usuários comprem animais e sejam donos das peças de carne que esta cabeça irá gerar, após passar pelo frigorífico. O funcionamento é simples: pequenos pecuaristas que trabalham com raças especiais assinam um acordo com o site, disponibilizando um certo número de animais para a venda individual. As cabeças são…Continue a ler “Startup lança serviço de compartilhamento de vacas”

Empresa da Califórnia é mais uma aposta da John Deere em alta tecnologia. Nós já falamos da Blue River Technology aqui no blog, em setembro de 2016. No post de título “Parece uma plantadeira, mas não é”, mostramos uma das máquinas da empresa, que era capaz de detectar, por análise de imagem, a localização exata das plantas para a aplicação de herbicida com precisão milimétrica. A Blue River foi comprada pela John Deere pela módica quantia de US$ 305 milhões de dólares, quase 1 bilhão de…Continue a ler “John Deere compra empresa americana por 1 bilhão de reais. Veja o que ela faz.”