Tag: Texas

21 de fevereiro de 2021

Texas: empresas que adotaram empilhadeiras elétricas ficaram na mão


empilhadeiras elétricas

empilhadeiras elétricas

A tempestade que levou temperaturas extremas para os Estados Unidos e México fez um estrago enorme no Texas para diversos setores da economia, mas quem resolveu adotar empilhadeiras elétricas (sem um plano B) foi ainda mais prejudicado. Com os apagões de vários dias, produtos ficaram nos armazéns, sem condições de serem carregados nos caminhões e seguir caminho nas estradas ainda abertas.

A tecnologia é boa, tem suas vantagens quanto às emissões e ruídos, especialmente em ambientes especiais. Mas sem um plano de contingência com geradores usando o bom e velho combustível fóssil, o resultado é máquina parada até que “volte a luz”.

O presidente da Associação Internacional de Produtores do Texas disse para o site especializado Freight Waves que as baixas temperaturas vão afetar toda a indústria da região do Vale Rio Grande que que os apagões foram um grande problema, já que muitas empilhadeiras agora são elétricas e não tem como carregar nesta situação. A energia começou a voltar na última quarta-feira na região.

Citricultores sofreram com a tempestade

Cerca de 55% da produção de cítricos do Texas já estava colhida quando a tempestade chegou, ocasionando a perda total no restante. Via Growing Produce.


19 de fevereiro de 2021

Ford F-150 é usada como gerador pelas vítimas da tempestade no Texas


Ford F-150

Ford F-150 salvando o dia (e a noite) no Texas.

Parece um elaborado golpe de marketing no meio de uma tragédia, mas não é. Proprietários da Ford F-15o estão postando nas redes sociais e fóruns de fordistas da internet imagens e histórias sobre como o veículo está salvando a vida das famílias durante os blecautes no estado (Leia Deep Freeze – o inferno gelado que tomou conta do Texas).

pro power onboard

A Ford F-150 tem um opcional parrudo para a geração de energia chamado Pro Power Onboard, com versões capazes de gerar até 7200 Watts de energia através de tomadas instaladas na caçamba (disponível nos modelos com motor 3.5L EcoBoostV6). Os usuários estão aproveitando as tomadas para ligar geladeiras, pequenos eletrodomésticos, aquecedores e iluminação nas residências, já que muitas cidades estão sem energia por um longo período. O recurso tem uma potência superior a de muitos geradores domésticos a gasolina, além de operar quase no silêncio.

O usuário Randy Jones, aposentado de 66 anos, postou imagens do quebra-galho com cafeteira e geladeira devidamente alimentadas pela camionete.

cafeteira geladeira pro power

O aposentado que mora na cidade de Katy, no Texas, disse para o site Detroit Free Press que comprou a versão da camionete com gerador pensando nos furacões que frequentemente atacam a região. O Deep Freeze repentino acabou mostrando a utilidade do opcional muito mais cedo. O arranjo com a extensão e os eletrodomésticos ficou ligado por três dias. De quebra, além de ter café e alimentos conservados, o homem ainda carrega os celulares da vizinhança.

Pro Power

Acima: o Pro Power tem um aplicativo para celular que mostra a carga utilizada pelo sistema em cada tomada.

Executivo da Ford, alegre com o marketing gratuito proporcionado pelos proprietários da Ford F-150 durante a tempestade em sua conta no Twitter.

Para quem está curioso, a Ford F-150 é vendida em várias versões nos EUA, com preços que começam em US$ 28,940. No Brasil, nem é bom pensar.

Veja também


18 de fevereiro de 2021

Deep Freeze – o inferno gelado que tomou conta do Texas


deep freeze

Deep Freeze – a Tempestade Invernal Uri vem atacando severamente os Estados Unidos e o México, causando uma onda de frio sem precedentes para algumas regiões e de forma muito rápida. O Texas está um caos, com temperaturas na casa dos -26C (sim, menos 26 graus Celsius). A tempestade atingiu os EUA com mais força entre 12 e 16 de fevereiro.

deep freeze

A foto acima ilustra muito bem a situação: na localidade de Goodnight, no Texas, uma vaca de 700kg está de pé na água congelada de um bebedouro. Os créditos são da ouvinte Jerell Key, da KTXS.

O frio provocou diversos problemas na rede de distribuição de energia elétrica do Texas, causando um blecaute que durou várias horas ou dias, deixando a população em casa sem aquecimento, os canos dágua congelados e as estradas com acesso dificultado. Os hospitais estão recebendo muitos pacientes intoxicados por monóxido de carbono e hipotermia. Pelo país, mais de 20 mortes causadas pelo frio já foram confirmadas.

Gambiarra pela sobrevivência: morador usa o aquecimento do carro para levar ar quente até a residência.

O Deep Freeze e o debate sobre as energias limpas no Texas

A tempestade (e seus problemas) dispararam todo tipo de debate nos EUA, da qualidade do gerenciamento do sistema de energia até os possíveis erros do Electric Reliability Council of Texas (ERCOT), uma espécie de operador que gerencia todo o fluxo entre geradores de energia e consumidores residenciais ou industriais.

Janeiro é o mês mais frio do ano no Texas e costuma ter temperaturas mais altas entre 11C e 21C e as mais baixas entre -5C e 11C. O volume de chuvas no mês fica entre 25 e 50 mm. Fevereiro já é mais ameno – no geral entre -3C e 24C – com ocorrência de neve apenas nas montanhas.

E esta normalidade foi quebrada pelas temperaturas congelantes da Uri. Na realidade, ninguém está acostumado a situações como esta na região, seja no vestuário, preparação, cultura ou toda a infraestrutura.

Ventilador de teto congelado em residência. Foto: Thomas Black no Twitter.

Com o frio, a demanda por energia elétrica aumentou muito, forçando os operadores a adotarem blecautes em forma de rodízio. O gelo congelou as turbinas eólicas, comprometendo cerca de 50% da sua capacidade (que por si só responde por 25% de todas as opções energéticas do estado nesta época do ano).

Os sistemas de geração a gás também foram comprometidos por falta de investimento em equipamentos de proteção para baixas temperaturas. Sem trocadilho, foi a tempestade perfeita. Pra piorar, alguns especialistas apontam que o Texas não consegue receber energia de outros estados por ter uma rede de distribuição muito isolada. Um resumo da guerra midiática entre esquerda e direita pode ser visto no site Carbon Brief.

O Agro também sofre

A situação está prejudicando a logística para qualquer coisa, mas os embarques de grãos pelo Golfo do México estão sofrendo com os atrasos. Os produtores de cítricos estão observando congelamento interno dos frutos no pé e os pecuaristas estão sem água, alimentação e aquecimento para os animais. Uma tragédia.

Saiba mais

Coletânea de fotos da crise no Texas no site The Straits Times.

Why the Deep Freeze Caused Texas to Lose Power (Scientific American).

 

 


17 de fevereiro de 2021

Touro chifrudo Cowboy Tuff Chex é campeão na categoria


touro chifrudo

touro chifrudo

A postagem sobre o Boi Mais Chifrudo do Mundo sempre fez muito sucesso aqui no blog. Para fazer justiça, precisamos deixar registrado também quem é o Touro mais chifrudo do mundo.

Cowboy Tuff Chex, um touro da raça Texas Longhorn, entrou para o Livro dos Recordes na edição de 2020 como o possuidor dos chifres mais longos do mundo, medindo nada mais nada menos que 262,5 cm. Tanto chifre e fama vem com um custo: o animal foi avaliado em US$ 500 mil dólares. Em dinheiro de hoje, algo em torno de R$ 2,7 milhões. O dose de sêmen do Chex é vendida por US$ 300,00.

boi chifrudo

O touro nasceu na cidade de Overbrook, no estado do Alabama e se mudou para o Texas no ano de 2017. Depois de muitas exibições nos circuitos dos criadores da raça, veio o merecido reconhecimento.

 

Cowboy Tuff Chex, a Texas Longhorn bull has achieved the longest horn spread on a bull living with horns measuring at a length of 8.6 feet or 262.5 centimeters! That is larger than a large-sized Christmas tree! Literally HOLY COW!

Ranchers Richard and Jeanne Filip acquired Cowboy Tuff Chex from an auction at Hudson Valentine Longhorn Auctions in Fort Worth, Texas, USA, and they even had to purchase the widest legal cattle trailer to ensure a secure and protected transportation of their prized bull.

Cowboy Tuff Chex currently happily resides on the Filip’s ranch, Bentwood Ranch, in Fayetteville, Texas relaxing in nearby ponds and spending his days in lush green pastures.

Get ready to see more outstanding record-breaking titles just Cowboy Tuff Chex by joining in the celebrations for Guinness World Records (GWR) Day on 18 November 2020!

 

Touro Chifrudo – Saiba mais

 

COWBOY TUFF CHEX (Site Oficial)


19 de outubro de 2019

Conheçam o boi mais chifrudo do mundo


boi mais chifrudo

boi mais chifrudo

O animal entrou para o Livro dos Recordes de forma ainda extra-oficial, mas deverá constar na edição de 2020 como o boi com maior envergadura de chifre

É da cidade de Rocksprings, no Texas, o boi mais chifrudo do mundo. O americano Bucklehead, da raça Texas Longhorn tem 6 anos de idade e foi prêmio de um sorteio em feira agrícola, para Marceala Gonzalez, uma menina de (hoje) 14 anos.

A classificação do recorde no Guinness é de mair envergadura (distância entre as pontas dos chifres) para um boi. O Bucklehead tem incríveis 3,4 metros de distância entre as pontas. O recorde anterior era do boi Poncho Via, do estado do Alabama, com 3,2 metros. Vitória apertada.

Uma curiosidade: quando o boi é transportado em meio a pessoas, os tratadores costumam colocar uma bola de tênis em cada ponta de chifre, para evitar possíveis acidentes. A raça Texas Longhorn é conhecida, como o próprio nome diz, pelo tamanho diferenciado dos chifres.

O Bucklehead é uma espécie de celebridade no meio da pecuária americana. O boi artista participa de 15 feiras agrícolas por ano no país. Com o título oficial no livro dos recordes, agora o céu é o limite para este guampudo orgulhoso.

 


6 de março de 2019

Moringa stenopetala: o chá é sucesso nos EUA e fonte de renda para agricultores da Etiópia


Moringa

O chá ficou famoso nos Estados Unidos e sua importação para o país está contribuindo para a economia da Etiópia

A Moringa é uma árvore abundante na África e na Ásia, base do sustento de comunidades inteiras que beneficiam folhas, óleo e outros derivados da planta e também tradicionalmente a consomem como parte de suas culturas. Conhecida também como “árvore da vida”, a planta tem incríveis propriedades nutricionais e medicinais.

Recentemente, o mundo ocidental da boa forma descobriu a Moringa e o consumo fez aquecer o mercado, gerando parcerias de empresas americanas com cooperativas de pequenos agricultores e empresas da Etiópia. A Green Path Food é uma elas, reconhecida por fechar um acordo com a importadora americana Rakkasan Tea Company.

A folha da African Moringa
A árvore da Moringa stenopetala na Etiópia. Fonte: Wikipedia.

Entre as muitas propriedades da Moringa (Moringa stenopetala) estão a riqueza de nutrientes (ela ganhou o apelido de super alimento), a ausência de cafeína, altos níveis de potássio, vitaminas, cálcio e ferro. Uma latinha que rende 20 doses do chá é vendida por cerca de US$ 20,00 nos EUA.


1 de janeiro de 2016

Blog do Farmfor


Blog do Farmfor

Curiosidades sobre o mundo agrícola: máquinas, notícias, humor e muito mais.



Publicidade