Tag: França

28 de julho de 2021

É fake! Vídeo de parreirais com fogueiras não é de Bento Gonçalves


bento gonçalves

A Serra Gaúcha proporciona as mais belas imagens para os seus habitantes e turistas, mas um vídeo que estão compartilhando nas redes não tem relação com o Rio Grande do Sul

Um vídeo noturno de parreirais em uma região de montanhas com várias fogueiras em latões está viralizando nas redes sociais e aplicativos de mensagens. Quem posta alega ser de Bento Gonçalves, na serra Gaúcha. Não é.

Trata-se de um vídeo da região de Chablis, na França, com milhares de fogueiras para proteção dos vinhedos contra o frio do mês de abril por lá.

Como o assunto “frio” ganhou força com as temperaturas negativas previstas para a época no Rio Grande do Sul, o vídeo se espalhou rápido na redes com sendo de Bento Gonçalves, região com paisagens parecidas e também produtora de uvas e vinhos. A prática é bem comum na Europa para a proteção dos vinhedos em temperaturas extramas, combinada com irrigação. Alguns produtores praticam este tipo de proteção para pomares aqui no Brasil, claro. Mas o vídeo, desta vez, é Europeu.

chablis fogueiras

Em abril, as fogueiras de Chablis foram notícia no site da BBC. Confira neste link.

Um toque final: em um dos vários compartilhamentos (até mesmo em páginas de emissoras de rádio) o post declarava ser da noite passada em Bento. Um detalhe chamava a atenção, já que a lua do vídeo nem de perto é a mesma desta época.


4 de maio de 2021

Agricultor invade a França e expande o território da Bélgica


agricultor invade

Conflito internacional acabou sem feridos, mas ganhou as manchetes e gerou muitas piadas para os dois lados da fronteira

agricultor invadeUm agricultor invadiu a França e expandiu o território belga, sem querer. Tudo aconteceu quando o homem (que não foi identificado) resolveu tirar do seu caminho uma pedra de 150 kg que estava atrapalhando a lida com o trator. Mas não era qualquer pedra e sim um marco de fronteira colocado ali no ano de 1819.

A façanha só foi descoberta por um grupo de historiadores que passeava pelo local. Por alguns dias, a Bélgica (na cidadezinha de Erquelinnes) entrou cerca de 3 metros para dentro da França, em Bousignies-sur-Roc.

O prefeito de Erquelinnes, David Lavaux, postou no Facebook: “Com uma equipe de tf1 na fronteira entre Bousignies e Montignies. Movimentamos o limite de 1819, Bélgica e nosso município estão ampliados; os franceses não concordam, obviamente. Vamos ter que colocar as coisas no lugar.

A pedra foi colocada lá depois que Napoleão perdeu a guerra, sendo a fronteira definida pelo Tratado de Kortrijk. Tudo foi resolvido sem sangue, mas o produtor foi notificado para que retorne o marco ao seu lugar original.

 

 

 


1 de março de 2021

Trator a gás da New Holland entrará será vendido ainda em 2021


trator a gás

trator a gás

Trator a gás da New Holland vai virar realidade

Depois de aparecer na Agritechnica em 2019, o trator T6 movido a gás metano da New Holland entrará definitivamente no mercado ainda este ano, conforme notícia no site da empresa, repercutida em sites especializados.

Clientes selecionados vão receber o trator na Alemanha, França, Itália, Reino Unido e Benelux, mercados onde a cultura da produção do biogás está avançada. A New Holland desenvolveu um modelo de propriedade com independência quando o assunto é energia, capaz de produzir o próprio combustível em ciclo fechado, ficando neutra em emissões de carbono ou até mesmo negativa.

Acima: vídeo do T6 movido a gás metano.

O controle de emissões está no centro das atenções no agro europeu e ainda vai gerar muitos debates (e tratores nas ruas das capitais), não pela viabilidade de algumas máquinas mas pela obrigatoriedade da conta do carbono emitido nas propriedades rurais “fechar” com as metas criadas na União Europeia. Futuramente, quem sair da linha poderá até mesmo perder alguns subsídios.

Veja também: Agricultores cercam Berlim e colocam 5000 tratores nas ruas da capital.

trator a gás

Metano: o tanque de gás vai engatado na frente do trator.

trator a gás

Acima: vídeo do canal Agrimoto, mostrando o T6 mais de perto, por dentro e por fora.

O trator T6 a gás da New Holland promete a mesma potência, torque e durabilidade, 30% de redução nos custos operacionais e 80% de redução na emissão de poluentes. O motor é FPT, 180 cv.

Quanto custa gerar metano na propriedade?

Na realidade da Europa, um exemplo – que vai além da simples geração do gás –  pode ser visto nesta boa reportagem do site Farmers Weekly, onde um produtor pioneiro chamado Stephen Temple mostra o seu sistema (e como ele aproveita e gerencia a produção) que custou a bacatela de 900 mil libras.


23 de julho de 2020

Conheça a tradição da secagem de milho em paredões na França


secagem de milho

 

Espigas de milho são colocadas em gaiolas de tela que formam enormes paredões nos campos franceses, para a secagem da produção

Na França, alguns agricultores ainda adotam uma técnica bem antiga para a secagem de milho em espiga. O produto é colocado em gaiolas ou paredões de tela feitos com madeira e o arranjo chega a ter dezenas de metros de comprimento.

secagem de milho
Paredão de milho: Via Cartes France.
Foto: Henk Binnendijk.
secagem de milho
Foto: Henk Binnendijk.
Foto: Cartes France.

Tudo é instalado ali mesmo na lavoura. O efeito visual lembra uma enorme cerca dividindo os campos. Ao que parece, o roubo de milho não é um problema nestes locais.

Para quem está curioso, o volume médio de chuva anual na região das fotos (La Tour Saint Gelin) é de 696mm (em 112 dias).

É claro que em diversos países do mundo onde o milho é cultivado, alternativas de secagem em pequenas propriedades incluem a armazenagem ao ar livre em estruturas similares. Na França, pelo tamanho dos secadores e o aspecto visual nos campos, torna-se algo único.

Veja também

Os espigueiros (também conhecidos como canastro ou caniceiro) armazenam milho em Portugal e são uma obra de arte. Confira no Blogue do Minho.


8 de abril de 2020

Claas fabrica 25 tratores por dia na França


claas fabrica

Apesar de algumas paradas nas fábricas da Claas por conta do coronavírus, a produção e entrega de máquinas está no ritmo normal

Aos poucos, as fábricas de máquinas agrícolas estão voltando ao ritmo normal. Pelo menos na Europa.

A Claas emitiu uma nota sobre a situação da empresa nesta época de pandemia e coronavírus. A produção na fábrica de Le Mans, na França, está entregando 25 tratores por dia. Encomendas também saem de Metz e da cidade de Harsewinkel, na Alemanha, outras duas unidades fabris da Class.

Houve este ano (vejam só) um aumento considerável de encomendas da China, especialmente de ensiladeiras autopropelidas Jaguar.

A única unidade da empresa que continua parada por conta da pandemia está localizada na Rússia, em Krasnodar. Por lá, os empregados estão em férias coletivas.

Claas fabrica também na Índia

claas fabrica

Da Índia, a Claas tem outra boa notícia. A marca simbólica de 10 mil colheitadeiras de arroz modelo Crop Tiger fabricadas na planta de Morinda, foi alcançada. A colheitadeira é fabricada desde o ano de 1992.

Leia todos os posts sobre a marca Claas no Blog do Farmfor.


3 de fevereiro de 2020

Agricultores jogam toneladas de esterco em praça durante protesto na França


esterco em praça

Por trás dos protestos, uma nova lei que limita a área de plantio nas propriedades agrícolas francesas, em vigor desde primeiro de janeiro

Os agricultores franceses mostraram toda a raiva contra o governo nesta segunda, 3 de fevereiro. Um grupo pilotando mais de 120 veículos agrícolas, principalmene tratores e carretas, se dirigiu até a Praça Foch na localidade de Saint-Omer (perto de Calais) e despejou toneladas de esterco no chão.

A praça da cidade, já cheirosa durante o protesto.

Os protestos foram motivados por uma nova lei federal que institui a chamada “Zona de Não Tratamento”, uma área ao redor das residências onde fica proibida a aplicação de defensivos agrícolas. Em alguns casos, a área chega a ser de 10% da propriedade.

As fotos dão de MARC DEMEURE – VDNPQR via La Voix Du Nord.

Os agricultores querem revisões na lei, compensação financeira pelas perdas e moratória para dívidas.

Muitos alegam que foram pegos de surpresa pela nova regulamentação e estão com dívidas nos bancos e impostos para pagar, tudo baseado é claro na área total da propriedade para cultivo.

Esterco na Praça – Saiba mais:

Saint-Omer: des agriculteurs en colère ont recouvert la place Foch de terre.

Veja também

Agricultores realizam protesto gigante na França.


24 de julho de 2019

Pai é suspeito de envenenar o rebanho do próprio filho na França


envenenar o rebanho

Briga de família teria resultado em diversos problemas para casal que tentou inovar na propriedade localizada no interior da França

Brigas de família envolvendo algum tipo de sucessão rural não são raras, mas esta superou todos os limites. Um pai é o principal suspeito do envenenamento do rebanho do próprio filho, matando cerca de 140 animais.

A polícia francesa está investigando a morte dos animais e outros eventos “misteriosos” ocorridos na propriedade que fica na cidadezinha de Pageas, de apenas 603 habitantes.

Tudo começou em 2009, quando Pascal Chazelas (o filho) assumiu a propriedade da família, recém saído da escola agrícola e cheio de ideias mais modermas para aplicar na produção. O pai, Jean-Louis, era contrário a qualquer novidade.

Antes da morte dos animais, vários eventos “misteriosos” aconteceram no local: pneu do trator cortado, cano de irrigação quebrado da noite para o dia e o galpão dos animais aberto no meio da madrugada.

Depois que os dois gatos da famíllia morreram “do nada”, o próprio Pascal começou a ficar doente. No hospital, foi diagnosticada a ingestão quase mortal de um metal pesado. Logo após este episódio, foi descoberto que o pai de Pascal comprou uma apólice de seguro onde ele seria o único beneficiário da morte do próprio filho, com um prêmio de 150 mil euros.

O casal e uma sobrevivente.

Já as 140 vacas mortas por envenenamento foram para o laboratório e por lá identificaram uma altíssima quantidade de nitritos e nitratos nas carcaças.

A perda do rebanho ocasionou prejuízos para toda a comunidade, já que a propriedade mantinha negócios com diversas pessoas da pequena localidade. Mesmo com a questão do seguro e todo o histórico das brigas familiares, o pai ainda não passa de um suspeito, de acordo com a polícia. Faltam provas.

O casal está organizando uma “vaquinha” pela internet, para tentar dar a volta por cima e cobrir os prejuízos, neste endereço.

Saiba mais: Mysterious ‘poisoning’ of 140 cows as French farmer feuds with his father.

Leia também: Restos de poda levam bovinos à morte na Inglaterra.


12 de junho de 2019

Youtuber francês divulga imagens da suposta nova Claas Lexion 800


Claas Lexion 800

O canal Loagri divulgou imagens exclusivas do modelo que poderá ser da nova colheitadeira Claas Lexion 800

O canal francês Loagri é especializado em vídeos agrícolas e divulgou recentemente um vídeo com trechos de um passeio de uma colheitadeira da Claas, sem identificação de modelo, que poderá ser a nova série Lexion 800, a ser lançada em 2020.

Sem detalhes sobre capacidade, motorização ou qualquer informação últil, só imagens de poucos segundos de um passeio por uma estrada rural foram divulgadas.

Claas Lexion – Imagens

Fiquem ligados. Quando disponibilizarem mais dados, publicaremos aqui no Blog do Farmfor. Acompanhem a nossa tag Claas, onde publicamos tudo sobre a marca.


1 de fevereiro de 2019

França vai aumentar preço da Nutella para proteger agricultores


Nutella

Intervencionismo francês quer modificar a forma como as redes de supermercados distribuem a margem de lucro entre os produtos vendidos

Segundo os burocratas franceses, o aumento obrigatório do preço de determinados produtos pode significar uma margem de lucro garantida para os agricultores.

A mão pesada do governo por lá já proíbe as redes de venderem itens abaixo do preço de custo em promoções e agora quer aumentar o valor de venda de produtos como Nutella, Nescafé e Coca-cola, com um argumento questionável: os estabelecimentos estariam baixando o preço destes produtos para atrair mais clientes e descontando o prejuízo pagando menos aos agricultores nos setores de hortifrutigranjeiros e laticínios, por exemplo.

Para o bem de todos, a ordem é aumentar o preço da Nutella!

A medida obviamente desagrada os supermercados e é vista com desconfiança até mesmo pelas entidades que defendem os agricultores no país. A posição oficial do SRP, o sindicato que representa os produtores franceses é a de que a entidade faz parte de um sistema que defende uma melhor distribuição do valor e não a elevação de preços, melhores preços para os agricultores sem tirar proveito dos consumidores.

Este é o governo francês: fazendo algo que os supermercados, agricultores e consumidores não querem, pelo bem de todos.

Via Euronews.


15 de novembro de 2018

Scutigerella immaculata, uma nova praga no Brasil?


Scutigerella immaculata

Postagem circula no WhatsApp com fotos e vídeo de praga que devasta lavouras em Paraíso do Tocantins, TO.

Uma postagem encaminhada em diversos grupos de agricultores do WhatsApp está causando apreensão em produtores de todo o país (pelo menos nos que possuem a ferramenta). Algumas fotos e um vídeo mostrando o ataque de uma pequena “centopeia” transparente que se move rapidamente no solo leva junto o nome do suspeito: seria o sínfilo (Symphyla), mais especificamente o Scutigerella immaculata. O nome vem no texto que acompanha a postagem, pois não existe nas fotos ou no áudio do vídeo qualquer informação sobre o ocorrido.

Vídeo que acompanha a postagem no WhatsApp

Scutigerella immaculata

O sínfilo não é um total desconhecido dos brasileiros e existem casos registrados na literatura em diversos países. Na França, foi forte motivo de preocupação em 2010, com ataques devastadores a lavouras de milho, especialmente após a proibição do uso de alguns produtos no tratamento de sementes (Imidacloprid e Fipronil), além do banimento dos organofosforados.

 

Ampliação de uma das imagens divulgadas no WhatsApp

 

A praga está muito presente em solos cultivados cuja textura permite o aparecimento de rachaduras, microcavidades e galerias de minhocas favoráveis ​​ao seu movimento. Assim, a Scutigerella immaculata faz migrações verticais entre a superfície e uma profundidade do solo que pode chegar até 1 metro. O miriápode se alimenta de algas, cogumelos, musgo e também de sementes e raízes, daí o resultado danoso em vastas áreas das lavouras atacadas.

Dica de leitura: BIOLOGIA E CONTROLE DE ARTRÓPODES DE IMPORTÂNCIA FITOSSANITÁRIA
(DIPLOPODA, SYMPHYLA, ISOPODA), POUCO CONHECIDOS NO BRASIL. – Divulgação Técnica do Centro de Ciências Agro-ambientais e de Alimentos, Universidade do Oeste de Santa Catarina, por F.R.M. Garcia e J.V. Campos.

Symphyla

Existem apenas 160 espécies de sínfílos descritas, habitando o solo ou o folhiço. Estes animais são artrópodes esbranquiçados e delgados, encontrados na maior parte do mundo (SCHELLER, 1982). O comprimento varia entre 2 a 10 mm e lembram centopéias superficialmente. Possuem 12 segmentos no tronco, onde encontram-se as pernas. O último (13º) segmento apresenta um par de fiandeiras ou cercos e um par de longos pêlos sensoriais, denominados tricobótrios. O tronco termina em um pequeno telson oval (BORROR & DELONG, 1969; BARNES, 1984).

Um epistômio e um labro bem desenvolvidos se projetam em frente das antenas localizadas lateralmente. Cada mandíbula possui um lobo gnatal denteado, independentemente móvel e encontram-se debaixo do epistômio e do labro (BARNES, 1984).

A maioria das espécies desses animais podem correr velozmente e podem girar, dobrar e enrolar o corpo quando rastejam em fendas dentro do húmus, devido a estrutura do tronco, especialmente a presença de placas tergais adicionais que aumentam a flexibilidade dorsoventral. Tal habilidade é provavelmente uma adaptação para escapar de predadores (BARNES, 1984; GARCIA, 2002).

O sistema respiratório é traqueal. Há um único par de espiráculos que se abre lateralmente à cabeça. Debaixo da base de cada perna encontra-se um saco coxal eversível e um pequeno apêndice denominado de estilo. A função dos sacos coxais é absorver umidade, e a função do estilo é provavelmente sensorial.

Os olhos são inexistentes nos sínfilos (BARNES, 1984). As aberturas genitais encontram-se dispostas lateralmente ao quarto segmento do tronco da região ventral, como ocorre nos diplópodes e paurópodes. O comportamento de Scutigerella (Scutigerellidae) é conhecido. O macho deposita de 150 a 450 espermatóforos, cada um na extremidade de um pedúnculo. Ao encontrar o espermatóforo a fêmea ingere-o armazenando-os em bolsas bucais. Depois ela remove os ovos, com a boca, do único gonóporo, fixaos ao substrato e então manipula-os com a boca. No último processo, a fêmea unta cada ovo com espermatozóides e o fecunda. Os ovos são postos em grupos de 8 a 12 e são fixados às paredes de fendas ou em musgos e liquens.

A partenogênese é comum. Não se conhece o papel dos órgãos tecedores na reprodução. O desenvolvimento é anamórfico; ao eclodir o jovem tem seis ou sete pernas. S. immaculata Newport, 1845 vive até 4 anos e sofre ecdises durante toda a vida (BARNES, 1984). No Brasil LOUREIRO & GALVÃO (1970) observaram pela primeira vez os sínfilos Hanseniella sp. (Scutigerellidae ) como pragas de culturas, atacando coleóptilos e radículas de arroz em Minas Gerais.

 

Fica sempre a dica: em caso de incidência destas pragas, consulte seu agrônomo de confiança, diretamente ou através da sua cooperativa ou associação.

Se você é o autor das imagens e vídeo que estão circulando no WhatsApp ou sabe da incidência da Scutigerella immaculata na sua região, entre em contato pelo e-mail blogdofarmfor@gmail.com que divulgaremos a sua história.

 

Veja também (em inglês)

Garden Symphylan as a Pest of Field Crops .

A Chaos of Delight.

 


7 de outubro de 2018

Colheitadeira Fendt Ideal 8T em testes na França


Colheitadeira Fendt Ideal

As demonstrações da linha IDEAL, em suas diversas versões, continuam pelo mundo. Desta vez, uma colheitadeira Fendt Ideal 8T mostra o que pode fazer em uma propriedade na Alsácia.

Neste vídeo do canal Agri 68 no Youtube, podemos conferir a colheitadeira Fendt Ideal 8T em uma lavoura de milho. A propriedade fica na Alsácia, uma região da França perto da Suíça e da Alemanha.

 

Fendt Ideal 8T

 

O vídeo conta com belas imagens geradas com drones. Confira mais posts sobre colheitadeiras no Blog do Farmfor, neste link.


9 de fevereiro de 2018

Agricultores realizam protesto gigante na França


Agricultores realizam protesto

Estradas trancadas, pneus queimados e despejo de esterco nas ruas para defender a manutenção dos subsídios aos agricultores franceses

 

Na última quarta, 8 de fevereiro, centenas de agricultores franceses foram para as ruas “tocar o terror” contra o governo do país, trancando estradas, linhas de trem, queimando pneus e despejando cargas de esterco ou feno em locais estratégicos.

As atividades são em protesto contra medidas do governo que pretendem diminuir os subsídios agrícolas, fazendo com que o faturamento de alguns produtores perca até 7000 euros por ano.

Os protestos acontecem principalmente na região de Occitânia, no sudeste da França.

Saiba mais sobre as manifestações pelo Twitter, acompanhando as hashtags #agriculteurs mais recentes ou pela #ManifestationsAgricoles.

Mais informações também pelo Farmers Weekly. As imagens são de propriedade de Fred Scheiber/Sipa/ Rex/Shutterstock.


31 de janeiro de 2018

Governo da França quer que os agricultores controlem os preços nos supermercados


Governo da França

Projeto do Ministério da Agricultura quer modificar totalmente a relação entre produtores e supermercadistas

 

Os supermercados na França são proibidos de jogar comida no lixo. Uma legislação já definiu que os gerentes que desobedecerem a regra estarão sujeitos a multa e até cadeia. As redes precisam doar os alimentos ou enviar para compostagem, fabricação de ração animal ou bioenergia.

Mais um passo para o controle governamental no segmento está para acontecer: um conjunto de medidas proposto pelo ministro da agricultura Stéphane Travert determina que produtores rurais terão controle nos preços praticados nos supermercados. Vejam alguns itens do “pacotaço” francês:

Promoções “compre um, leve dois” estão proibidas. Vendas do tipo “compre dois, leve três” estão liberadas.
Desconto máximo de 25% no preço de venda das mercadorias.
Obrigação da venda de produtos pelo menos 10% acima do preço de compra. Outras leis na França já proíbem a venda a preço de custo ou abaixo deste.
Criação de um sistema de preços mínimos baseados no custo de produção + margem de lucro para os agricultores. Na prática, os agricultores passam a determinar os preços.
Uso de pelo menos 20% de produtos orgânicos nos restaurantes.

Os supermercados franceses estão nas manchetes dos jornais deste o final de janeiro de 2018, quando centenas de pessoas entraram em guerra para comprar potes de Nutella com descontos de até 70% em algumas redes.

Saiba mais sobre Nutella Wars e o controle de preços francês.


21 de junho de 2017

Agricultor solta abelhas em oficial de justiça e vai parar na cadeia na França


Agricultor solta

A defesa inusitada poderá render até 7 anos de cadeia

 

Falido, um agricultor francês da cidade de Nieul (que não teve o nome identificado) já esperava a visita de um oficial de justiça e o início dos procedimentos de penhora da propriedade. Quando o homem chegou, foi atacado por uma arma inusitada.

Ao perceber a chegada do oficial, o agricultor tratou de abrir uma caixa de abelhas do lado de fora da casa e se trancou na parte interna. O funcionário público foi parar no hospital com múltiplas picadas e uma reação alérgica.

Depois de muita negociação, já com a presença da polícia, o agricultor se entregou. Está preso e deve enfrentar um processo por “violência armada”, além de pagar uma multa bem gorda.

As informações são do Express.


30 de maio de 2017

Pulverizadores franceses da Tecnoma


tecnoma

A marca possui diversos tipos e modelos de pulverizadores, com uma linha especial para vinhedos

A francesa Tecnoma nasceu em 1952 e é especializada em pulverizadores, sendo pioneira em diversas tecnologias de fabricação e no uso de tanques plásticos. Além dos equipamentos para aplicação, possui linha de tratores elétricos específicos para o trabalho em vinhedos.

Uma curiosidade: antes de fundar a Tecnoma, o proprietário Vincent Ballu ganhou um concurso promovido pela Moet et Chandon, em 1946, para mecanização dos vinhedos. 

Os pulverizadores autopropelidos da série laser possuem até 44 metros de barra e tanques com capacidade de até 5200 litros.

Equipamentos Tecnoma em fotos e vídeos




Publicidade