Tag: Agricultura de Precisão

20 de janeiro de 2021

Empresa russa promete agricultura de precisão sem GPS


sem gps




sem gps

Sem GPS: A empresa russa Cognitive Technologies vem desenvolvendo um sistema capaz de orientar com precisão uma colheitadeira sem precisar de GPS, fazendo uso de câmeras de vídeo e um software de inteligência artificial. Nós já comentamos sobre a tecnologia em 2018, no texto Depois do trator sem motorista, a colheitadeira sem operador.

 

 

Sem uso de GPS, as câmeras “entendem” o que está ao redor e o sistema toma as decisões não só sobre a colheita, mas todos os ajustes da máquina, para melhor rendimento. O operador nem precisa ficar na cabine, de acordo com a tarefa a ser executada e a tecnologia já existente no modelo de colheitadeira em uso.

 

 

A tecnologia já foi testada em 350 colheitadeiras em em 30 regiões da Rússia e tem parceiros nos Estados Unidos, China, Brasil e Argentina.

O sistema de deep learning e redes neurais fica o tempo inteiro monitorando o vídeo das câmeras e classifica qualquer obstáculo pela frente, de um simples animal até um poste. É o mesmo sistema usado em carros autônomos, mas adaptado para o mundo agrícola.

O custo do sistema instalado fica em torno de US$10 mil.

 

Na frente de toda esta tecnologia está a CEO Olga Uskova, que comanda a Cognitive Technologies. A empresa ainda atua em sistemas similares para direcionamento de trens e veículos urbanos de transporte leve, além de sistemas de radar.

 


12 de janeiro de 2021

John Deere processa a Kinze por quebra de patente em plantadeiras


john deere processa a kinze




john deere processa a kinze

John Deere processa a Kinze

A John Deere abriu um processo nos EUA contra a Kinze alegando que os seus sistemas True Speed / SureSpeed são cópias de tecnologias da empresa. A Kinze já emitiu nota no início de dezembro de 2020 alegando que este tipo de disputa não é incomum no mercado de máquinas agrícolas e continua firme vendendo seus equipamentos.

Veja também: Ex-funcionário da John Deere reforça: Precision Planting copiou a empresa.

Sistema True Speed em vídeo.

John Deere processa a Kinze – A história é antiga

A Kinze tem uma longa história de brigas com a John Deere e já documentou fartamente em seu site estes problemas. São pelo menos 5 textos contando passo a passo o conflito. Confira a primeira parte em John Deere V. Kinze Part One: the Meeting of Two Fools, de março de 2016. Até mesmo um livro foi escrito e está disponível na Amazon.

 

 


19 de dezembro de 2020

Capella-2 não pode ver através das paredes, apesar das fakenews


capella-2

Vários veículos de imprensa pelo mundo divulgaram que o satélite Capella-2, da empresa Capella Space, poderia “ver através das paredes” das edificações e que seria o fim da privacidade. Trata-se de fakenews.

Farmfor Capella-2

A tecnologia SAR – Synthetic-aperture Radar (Radar de Abertura Sintética) não é nova, está em uso pela NASA desde os anos 70. O sistema “ilumina” uma área com ondas de rádio e, ao receber o reflexo das ondas, gera imagens com altíssima resolução. O efeito “fantasma” característico da SAR talvez tenha despertado o lado criativo de alguns jornalistas. A empresa chegou a escrever em seu site sobre o efeito, esclarecendo os boatos.

As capacidades do Capella-2

O satélite foi lançado em agosto de 2020 pelo foguete Electron Photon-LEO da empresa Rocket Lab, da estação Onenui, na Nova Zelândia. Seus sensores geram imagens de alto contraste, baixo ruído e alta resolução (50 cm de precisão). O satélite se destaca por ter uma antena de 3,5 de diâmetro no formato de tela. Está previsto o lançamento de outros satélites da série Capella nos próximos anos, sendo que em 2021 o Capella-3 e o Capella-4 irão para o espaço usando o foguete Falcon-9.

 

satélite farmfor

 

Capella Space na Agricultura

A empresa também tem aplicações agrícolas para as suas imagens de satélite. Segundo o site:

Da volatilidade dos preços às forças de trabalho sazonais e, é claro, ao clima, o desafio de alimentar o mundo é cercado por todos os lados pela imprevisibilidade. Hoje, os produtores podem acessar as informações da Capella criadas especificamente para suas necessidades para avaliar a viabilidade e o rendimento de suas próprias colheitas, bem como medir e rastrear os suprimentos globais – da semente à distribuição. Como nossos dados são baseados em radar, podemos medir a umidade do solo e a inundação, detectar onde as safras foram danificadas e fornecer uma fonte confiável e atualizada para sinistros de seguro. Nossos caminhos de constelação significam que podemos monitorar de forma confiável muitos milhares de acres e, como processamos dados brutos em informações, você os obtém na forma que complementa sua infraestrutura de sensores terrestres.

Saiba mais:

Site da Capella Space.

Radar de abertura sintética (Wikipedia).

Veja também:

A seca na América do Sul em 2019 e 2020, segundo satélite da NASA


1 de setembro de 2020

Trator Valtra Série G é lançado no mercado europeu


Valtra Série G

Nova série G se destaca pelas tecnologias digitais, agricultura de precisão e uma cabine espaçosa e com maior visibilidade

A Valtra lançou no dia 28 de agosto a nova série G de tratores com motores na faixa de 105 a 135 hp, ocupando a faixa entre os modelos das séries A e N.

A série G se destaca pela integração com ferramentas digitais, agricultura de precisão, o descanso de braço com SmartTouch e ampla gabine com 5,7 m2 quadrados de vidro.

Trator Valtra Série G

A compra do trator da série G é feita pela internet e clientes da Finlândia, Reino Unido e Alemanha já podem fazer a encomenda pelo site. Após o pagamento de uma taxa de reserva, os detalhes, acessórios e o uso de modelos usados como parte do pagamento são discutidos online.

O trator já tem até mod para o Farming Simulator 19, aqui.

Os dados completos da nova série G podem ser baixados no panfleto digital em PDF através deste link.


26 de setembro de 2019

DJI lança novo drone especial para agricultura


novo drone

Com 6 câmeras, novo P4 Multispectral dispensa o uso de sensores de terceiros nos mapeamentos NDVI e ainda vem com RTK

O novo Phantom da DJI (chamado agora só de P4) é muito parecido fisicamente com o modelo RTK lançado recentemente, mas com uma grande diferença técnica: vem com 6 câmeras. Conforme especificações do fabricante, são uma câmera RGB e uma sistema multiespectral com um arranjo de 5 câmeras, incluindo as faixas de cores azul, verde, vermelho, borda vermelha e infravermelho próximo, através de imagens em 2 MP obtidas por um obturador global em um estabilizador triaxial.

As câmeras do P4 Multispectral: dois iPhones XI Pro voando na lavoura 🙂

O drone é capaz de exibir na tela de controle a análise NDVI em tempo real durante o voo na lavoura, com um tempo máximo de 27 minutos e até 7km de alcance (o que pode variar muito, na prática).

Imagem RGB normal e NDVI, lado a lado.

O preço não foi divulgado e a DJI apenas disponibilizou alguns dados técnicos e um formulário de contato para os interessados, ao final deste link.

Novo drone não bate o Phantom RTK em qualidade de imagem

O P4 Multispectral não enterra de vez o Phantom 4 RTK, os dois são posicionados em mercados diferentes, já que a câmera RGB do novo drone tem sensor CMOS de 1/2.9” (com pixels efetivos de 2,08 MP). O Phantom RTK tem sensor de 1 polegada e 20MB de pixels efetivos (entre outras features superiores na câmera), dando um banho em qualidade de imagem.


1 de março de 2019

Isaria, o sensor que usa luz para medir a saúde das lavouras


Isaria

Fabricado pela empresa Fritzmeier, da Alemanha, sistema permite o rápido diagnóstico da lavoura para a correta aplicação de diversos produtos

O Isaria é um sensor que emite luz infravermelha através de LEDs e mede a resposta das plantas (o quanto desta luz é refletida), dando diagnósticos em tempo real da situação daquele ponto específico da lavoura. Montado na frente do trator, fornece dados para o computador que vai decidir o quanto de produto deverá ser aplicado através do implemento que vai logo atrás.

O Isaria foi adotado pela Claas e também é fornecido com a marca e cores da empresa, através da parceria com a fabricante Fritzmeier, da Alemanha, uma empresa com um longo histórico na área agrícola. A versão original usa bluetooth e a vendida pela Claas tem ISOBUS, única diferença entre os modelos.

Os sensores na frente do trator, em posição de transporte.
O Isaria na posição de trabalho.
Aqui instalado em um distribuidor de esterco líquido.
O Isaria em um pulverizador.

Entre os usos em destaque para o Isaria estão análise para aplicação de nitrogênio, reguladores de crescimento, dessecantes e fertilização em geral.

Outras marcas possuem sensores similares, como o N-Sensor da Yara. Outras soluções adotam abordagens diferentes, como o uso de drones para mapear a lavora com o mesmo tipo de sensor e posterior envio dos mapas com as medias para o GPS.

O blog Por Dentro do Agro, da Stryder, tem um belo texto explicando como funciona o uso da luz na análise das plantas, vale a pena acessar Espectro Eletromagnético, Luz Visível E Infravermelho: O Que Isso Tem A Ver Com NDVI?

Veja também: Drone para agricultura – Parrot Disco-Pro AG.


7 de setembro de 2018

Desenho em lavoura de 40 hectares é exibido nos EUA


desenho em lavoura

A palavra foi literalmente plantada por uma equipe da Ohio State University usando GPS e técnicas de plantio inteligente

 

O pessoal do departamento de engenharia agronômica, alimentos e biologia da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, vem “brincando” com desenhos em lavouras nos últimos anos e nesta safra resolveram ir além, usando uma plantadeira com duas variedades de soja de diferentes maturações para desenhar um enorme Script Ohio em uma área de 40 hectares.

 

 

O Script Ohio é uma tradição em eventos esportivos da universidade, sendo a palavra formada nos gramados por sua banda marcial na abertura dos jogos. O vídeo abaixo mostra bem como é feito o sincronismo dos músicos, com vista ao nível do gramado e também superior:

 

 

A equipe usa plantadeira CASE IH para a realização dos experimentos artísticos:

 

 

O desenho, planejado no GPS e plantado na área, ficou com curvas precisas e um bom contraste entre as duas variedades escolhidas. A ação já ganhou o título de “Maior Script Ohio do Mundo”.

 

desenho em lavoura

 

Desenho em lavoura é maior que o feito no Brasil para Bolsonaro

Para se ter uma ideia, o desenho brasileiro com a frase “Bolsonaro 2018” que causou furor na imprensa (com direito a comentários sem pé nem cabeça na Revista Época) tinha apenas 3 hectares e foi feito de maneira diferente, sem o plantio no espaço das letras.

 

Visite o site do Department of Food, Agricultural and Biological Engineering da Universidade de Ohio.

 

Mais sobre novidades no mundo da agricultura, lá fora.

 

 


14 de setembro de 2017

ALTI Transition, um drone diferente


ALTI Transition

Equipamento une o melhor de dois mundos (asa fixa e multirotor) para uma melhor performance

 

ALTI Transition foi desenvolvido na África do Sul e apresenta 4 motores dispostos na formação tradicional de uma aeronave multirotor, mas também tem uma destacada asa fixa e um quinto motor traseiro. Ele pode fazer a decolagem vertical e ter o comportamento da asa fixa durante o trabalho.

Com envergadura de 3 metros, payload de 1,5 kg e duração de voo de até 10 horas, o Transition é o “irmão menor” em escada do modelo Reach, que tem o dobro do tamanho e payload de 8kg.

 

 

 

 

O drone é todo desmontável e cabe em um baú, típico destes equipamentos. Sobre preços e demais dados, contacte o fabricante.


30 de maio de 2017

Drone para agricultura – Parrot Disco-Pro AG


Drone para agricultura de asa fixa promete a cobertura de vários hectares em cada voo

 

A empresa francesa Parrot é pioneira no mercado de drones. O modelo AR.Drone foi o primeiro drone para recreação de uso popular nos idos de 2010, trazendo o tradicional controle por celular e câmera. Desde então, vários fabricantes entraram no mercado, com a DJI, mais tarde, virando uma forte concorrente no segmento recreativo e semi-pro

Parrot AR.Drone 2.0, de 2012.

 

Um drone profissional da Parrot

Hoje a empresa tem uma ampla linha de drones e sensores para captura de imagens. a linha de modelos com asa fixa tem um exemplar dedicado ao trabalho agrícola, o Parrot Disco-Pro AG. Vendido em um kit com diversos acessórios, tem o preço básico de US$ 4499,00 nos EUA.

 

 

O drone é simples de usar, mas decola manualmente, como a maioria dos drones de asa fixa. Com uma carga completa da bateria, pode cobrir uma área de 80 hectares voando a 120 metros de altura. Quem compra o Disco-Pro AG ainda recebe um ano de assinatura do sistema Airinov, para análise de dados das imagens. Com este fluxo de trabalho, em poucas horas a lavoura pode ser analisada e já seguir para a aplicação de produto, conforme a análise NDVI.

Visite o site da Parrot.


3 de junho de 2016

Arrow 200 RTK GNSS, o GPS com precisão de 1cm para o seu iPhone ou Android


Arrow 200 RTK

GPS externo com precisão de 1cm (assinando serviço de correção) para usar em qualquer aplicativo iOS ou Android. Do tamanho de um maço de cigarros

 

Liberdade total para usar qualquer aplicativo para agricultura disponível no mercado, para iOS ou Android (ou para os que ainda serão desenvolvidos). O Arrow 200 é o top de linha de uma série de 3 dispositivos da EOS que, ligados via bluetooth ao celular, passam as coordenadas para os programas.

Como sabemos, a precisão do GPS no smartphone não é confiável. Dispositivos externos não são novidade no mercado e existem desde os primórdios do uso popular do GPS em telefones, mas todos estão melhorando muito na precisão, velocidade (leva tempo para chegar na precisão do modelo) e duração da bateria. Estas “caixinhas” podem virar o único hardware, além do celular, necessário para a geolocalização, mantendo as possibilidades infinitas do mobile, em novos modelos e aplicativos.

O modelo ainda é caro: cerca de US$ 7000,00 nos EUA, contra US$ 3000,00 do modelo “inferior”, com precisão de 60cm.

O site do aplicativo Fulcrum tem um belo post que faz um comparativo de preço entre várias marcas e modelos de módulos GPSs externos, acesse aqui.

Você é desenvolvedor e pensa nas possibilidades de aplicativos para agricultura usando smartphones? Veja também a Lazy Bone, uma chave controlada por wi-fi, aqui.



Publicidade