Tag: AGCO

26 de maio de 2021

Sueca Väderstad compra empresa americana da AGCO


Väderstad

Väderstad

A Väderstad é lider em equipamentos para plantio e anunciou a compra da empresa americana AGCO-AMITY JV LLC

A Väderstad é uma empresa da Suécia, conhecida por fabricar plantadeiras que permitem (entre outras coisas) um plantio em alta velocidade, inclusive com o registro de recordes como já falamos aqui no blog em Plantio em alta velocidade com a Vaderstad Tempo L.

will-rich

Agora, a Väderstad emitiu nota anunciando 100% da compra da empresa americana AGCO-AMITY JV LLC. Com sede em Wahpeton, Dakota do Norte, AAJV, também conhecida pelo nome de Wil-Rich, será totalmente integrada ao grupo global de empresas Väderstad sob o nome da empresa Vaderstad Inc, diz a nota.

A Wil-Rich foi fundada nos anos 60 no estado americano da Dakota do Norte e produzia peças para caminhões antes de se tornar conhecida no ramo de implementos agrícolas. Depois de algumas idas e vindas no negócio, com sucessivas vendas, formou uma parceria com a AGCO em 2011, criando a atual AGCO-Amity JV, detentora das marcas Concord, Wil-Rich e Wishek.

 

 


5 de outubro de 2020

Colheitadeira Ideal em chamas: agricultor canadense grava tudo


Colheitadeira Ideal em chamas

Mike Mitchell, agricultor da província de Saskatchewan, postou um vídeo com o “durante e depois” do sinistro ocorrido durante a noite

Uma colheitadeira Ideal em chamas, no meio da noite em uma região sem cobertura de celular. Este é o cenário da tragédia gravada por Mike Mitchel, agricultor e youtuber nas horas vagas lá do Canadá. Ninguém ficou ferido no incêndio, ocorrido cerca de três semanas atrás em uma lavoura de grão-de-bico.

Colheitadeira Ideal em chamas

Tudo começou quando o operador notou algo “azul” no retrovisor, gritou “fogo!” no rádio para chamar a equipe e pulou da colheitadeira. Em segundos, a máquina já estava completamente tomada pelas chamas.

Como estavam trabalhando em comboio, os outros operadores imediatamente começaram a combater minimamente o fogo, protegendo o perímetro, até a chegada de um trator para circular o incêndio e salvar o resto da lavoura. Na correria, explosões dos pneus, o diesel queimando e muito vento.

O vídeo de Mike Mitchell tem 42 minutos e foi gravado em momentos diferentes, durante e depois do sinistro.

Depois de algum tempo, os bombeiros da cidade chegam ao local e prestam o devido socorro.

Colheitadeira Ideal em Chamas – Algumas semanas depois

Só sobrou sucata torrada. Vai direto para a reciclagem.

Aos 25 minutos do vídeo, o Mike volta para o local do sinistro (algumas semanas depois) e mostra a colheitadeira “torrada”, em detalhes. Muito metal retorcido e praticamente só a ponta da plataforma Honey Bee sem marcas do fogo.

A causa do incêndio

De acordo com o Mike, o incêndio foi causado por aquecimento em uma das caixas de engrenagens do rotor (direito), após vazamento de óleo.

A combinação de aquecimento das engrenagens, óleo na palha e proximidade do tanque de combustível de plástico foram determinantes no sinistro.

A colheitadeira estava trabalhando com o rotor em baixa rotação (300 rpm) colhendo grão-de-bico. Um último detalhe: o próprio agricultor conferiu no dia seguinte todos os rolamentos da máquina e nenhum apresentava defeito. O cara é detalhista. Agora é aguardar uma Ideal novinha, totalmente paga pelo seguro.

Veja também

Nova colheitadeira AGCO Massey Ferguson Ideal


5 de setembro de 2020

Trator futurista da Steyr ganha prêmio de design


Steyr Konzept

O projeto Steyr Konzept ganhou prêmio na categoria “Design Conceitual” na edição 2020 do Muse Design Awards

A austríaca Steyr (marca da AGCO) ganhou o prêmio de melhor conceito em design na categoria industrial com o seu Steyr Konzept, um projeto futurista de trator híbrido apresentado recentemente na Agritechnica 2019.

Cerca de 3000 projetos participaram desta edição do prêmio, tradicional reconhecedor de projetos inovadores no design mundial.

Steyr Konzept
Steyr Konzept
Steyr Konzept
Steyr Konzept

O Steyr Konzept tem um sistema híbrido: um motor diesel gera energia para quatro motores elétricos. Além de todas as modernidades na cabine, ainda leva um drone de parceiro.

Saiba mais sobre o projeto no site da Steyr e sobre o prêmio MUSE, neste link.


1 de setembro de 2020

Trator Valtra Série G é lançado no mercado europeu


Valtra Série G

Nova série G se destaca pelas tecnologias digitais, agricultura de precisão e uma cabine espaçosa e com maior visibilidade

A Valtra lançou no dia 28 de agosto a nova série G de tratores com motores na faixa de 105 a 135 hp, ocupando a faixa entre os modelos das séries A e N.

A série G se destaca pela integração com ferramentas digitais, agricultura de precisão, o descanso de braço com SmartTouch e ampla gabine com 5,7 m2 quadrados de vidro.

Trator Valtra Série G

A compra do trator da série G é feita pela internet e clientes da Finlândia, Reino Unido e Alemanha já podem fazer a encomenda pelo site. Após o pagamento de uma taxa de reserva, os detalhes, acessórios e o uso de modelos usados como parte do pagamento são discutidos online.

O trator já tem até mod para o Farming Simulator 19, aqui.

Os dados completos da nova série G podem ser baixados no panfleto digital em PDF através deste link.


26 de julho de 2020

Em tempos de pandemia, marcas investem em lives na internet


lives na internet

Máquinas agrícolas são exibidas em detalhes através das redes sociais, em uma época de diversos cancelamentos de feiras do setor

As principais marcas do mundo agrícola estão aprimorando o uso da internet para a promoção de produtos e lançamentos. Recentemente, a Massey Ferguson mostrou o novo trator 8S em um evento ao vivo, com grande divulgação nas redes sociais.

Fendt Ideal Live.

A turma da AGCO repetiu a fórmula com eventos online para as marcas Fendt e Gleaner. Foram realizados updates sobre como andam as colheitadeiras Ideal e também o lançamento de uma nova série da Gleaner, a S9. Estes dois esforços foram chamados de “Live From Hesston”. É a era dos Eventos Virtuais na agricultura.

lives na internet
Destaque para a live da Gleaner, mostrando detalhes das máquinas.

Muitas feiras que estão sendo canceladas pelo mundo também estão adotando eventos online. A britânica Cereals foi toda para a internet, com o impedimento da edição de 2020, assim como a americana Farm Progress Show.

Esta súbita ampliação na quantidade de material disponível online (afinal, as lives ficam gravadas nos canais das marcas) é benéfica para os agricultores, mas ainda é um problema para quem luta para ter internet de qualidade na propriedade. Estes vão ficar sem feira e sem live.

Lives na internet, mas em inglês

Outro ponto a ser observado é a riqueza de detalhes em vídeos como os da Fendt Ideal, com técnicos explicando vários pontos sobre a máquina. Ainda que a maioria do público brasileiro esteja fora da parcela que compra este tipo de colheitadeira, seria interessante se as filiais brasileiras dublassem este material em português, para ser consumido por aqui também.


18 de julho de 2020

Trator Massey Ferguson será lançado em evento online


trator massey

O evento Massey Ferguson Landing on Earth está marcado para o dia 24 de julho, com transmissão simultânea para diversos países

A Massey Fergunson vai lançar um trator (ou tratores) através de um evento online no próximo dia 24, às 9 da manhã (horário de Brasília). O Massey Ferguson Landing on Earth será transmitido pela internet, através de um site dedicado.

O trator vem da Lua para o lançamento, no vídeo promocional.

Os interessados devem acessar o site e fazer a inscrição, fornecendo alguns dados como e-mail e telefone. Uma senha é criada para que seja possível participar do evento e concorrer a alguns brindes.

Diz o site:

Convidamos você a participar conosco de algo muito especial, ao vivo na internet: O primeiro Lançamento Digital do mundo em nossa indústria.

Junto com nossos convidados do mundo todo, você poderá ver que ‘Landing on Earth’ é mais do que apenas uma máquina: é uma experiência de usuário aprimorada para os agricultores que alimentam o mundo.

Entre os prêmios sorteados, uma locação de seis meses de um trator Massey Ferguson (avaliada em US$ 22500,00), uma viagem VIP para duas pessoas a Paris de 4 dias com visita a fábrica de Beauvais e uma das 60 miniaturas de tratores.

Mas, e o trator Massey Ferguson?

O evento é divulgado com um vídeo que mostra o trator conceito da Massey Ferguson chamado NEXT, exibido na Agritechnica 2019. O design da máquina é futurista, cheio de sensores, câmeras e capacidade de operação autônoma, além da cabine com joysticks no lugar da direção e uma enorme tela LCD.

Se os novos modelos serão minimamente inspirados no protótipo, saberemos no evento.


4 de maio de 2020

A moto Laverda é parente da colheitadeira? Saiba aqui!


moto laverda

A marca de moto Laverda foi muito famosa e prestigiada na Itália, mas qual é a relação com a colheitadeira que leva o mesmo nome?

A colheitadeira Laverda, para muitos, é sinônimo de máquina para colheita em morro, com suas lendárias máquinas hillside. A empresa foi fundada em 1873 na cidade de Breganze, na Itália. O primeiro modelo de colheitadeira (M 60) foi lançado em 1956, enquanto a M100 AL (de 1971) foi reconhecida como a primeira colheitadeira no mundo com nivelamento automático.

Modelo M100 AL em lavoura.
Modelo mais recente da Laverda: herança do passado.

Em 2011, a Laverda passou a ser uma marca da AGCO. O parque fabril da cidade de Breganze é um centro de excelência e berço das novas colheitadeiras IDEAL.

A moto Laverda

Sim, são “parentes”. A Moto Laverda S.A.S. – Dottore Francesco Laverda e fratelli foi fundada em 1949 pelo neto do fundador da Laverda das máquinas agrícolas, o Francesco que coloca o nome na empresa, com o nobre objetivo de melhorar a economia da região de Breganze no período pós-guerra. O início foi humilde: trabalho depois do expediente na fábrica de máquinas agrícolas e peças feitas até mesmo na cozinha da casa do próprio Francesco.

Laverda 750 SF. Créditos

A primeira moto de 75cc veio ao mundo no mesmo ano de fundação, com modelos futuros ganhando reputação também no mundo da corridas da Itália, com boas colocações em diversas competições.

Depois de um reinado nos anos 70 e de ser reconhecida por fabricar a moto de série mais rápida do mundo (Laverda Jota), a marca teve idas e vindas, enfrentou a crise e a concorrência com as japonesas e, finalmente, foi comprada pela Piaggio em 2004 (quando já pertencia a Aprilia).

Laverda 1000 Jota. Não esqueça de ligar o som!!!

Saiba mais

Whatever happened to Laverda? – Motorcycle News.

Laverda – Models & Brand History. Autoevolution.


28 de julho de 2019

Valtra traz o novo BH224 HiTech para a Feacoop 2019


Feacoop

Evolução do consagrado BH 194 HiTech, um dos preferidos dos produtores de cana, lançamento chegará ao mercado juntamente com o BH214 HiTech.

Bebedouro (SP), 26 de julho de 2019 – Valorizando seu fiel público do setor sucroalcooleiro, a Valtra, referência global em fabricação de máquinas agrícolas, vai realizar o pré-lançamento de um dos novos tratores da marca, o BH224 HiTech, na Feacoop 2019. Junto com o BH214 HiTech, o lançamento complementa o portfólio da consagrada Linha BH HiTech Geração 4. Com 210 cv e 220 cv, e motor de 6 cilindros, as novas máquinas combinam mais potência e tecnologia, com a transmissão Powershift, e atende diferentes perfis de agricultores. A Feacoop acontece em Bebedouro (SP), de 29 de julho a 1 de agosto.

Feacoop
Juntamente com o BH214, BH224 complementa consagrada série HiTech e será exibido na Feacoop 2019

“A Linha BH é reconhecida no mercado pela liderança no segmento, com alto rendimento na melhor relação peso/potência da categoria. Em 2018 lançamos a Linha HiTech, também da Geração 4 dessa família, com cinco opções de motorização. Agora, com o BH214 HiTech e BH224 HiTech, entregamos ainda mais potência ao agricultor combinada com a transmissão HiTech3 (HiTech “three”) PowerShift que proporciona troca automática dentro dos grupos, com 18 velocidades para frente e 18 para trás”, afirma Winston Quintas, supervisor de marketing de tratores da AGCO.

Outro destaque é o reversor eletro-hidráulico Power Shuttle, que permite que as direções de condução sejam alteradas usando uma alavanca, sem necessidade de acionamento da embreagem. Isso permite que a transição seja feita sempre de forma suave, rápida e com proteção, na qual somente abaixo de 2 km/h o sistema reverte o sentido da máquina.

A linha BH HiTech é composta pelos modelos BH144 HiTech (145 cv), BH154 HiTech (159 cv) e BH184 HiTech (180 cv), com motores de 4 cilindros, e pelos modelos BH174 HiTech (179 cv), BH194 HiTech (195 cv) – e agora o BH214 HiTech e o BH224 HiTech (224 cv) -, com motores de 6 cilindros.

Toda a linha conta ainda com os recursos Auto1 e Auto2, que permitem a troca de marchas de forma automática. O Auto1 faz a troca de acordo com a carga exercida durante a operação e o Auto2 efetua a troca de acordo com parâmetros de rotação do motor, pré-determinados pelo operador. Desta forma, a operação da máquina fica mais segura, com maior desempenho.

Trator A73F

Outro destaque da Valtra na Feacoop é o lançamento do trator A73F, da Série de tratores estreitos A3F. Ideal para lavouras de frutas e de café, a série A3F tem Cabine de fábrica com design brasileiro e base global, excelente visibilidade e ergonomia, fluxo aprimorado do ar condicionado, mais conforto para longas jornadas, porta-objetos, porta-copos e entrada USB. Todos estes tratores contam com motor AGCO Power Eletrônico, homologado de acordo com lei de controle de emissões (MAR-1). Além disso, eles possuem coluna de direção regulável com ajustes de altura, o que proporciona ainda mais conforto e melhor ergonomia ao operador.

O sistema de acionamento hidráulico da embreagem da TDP oferece aos agricultores suavidade na liberação, evitando trancos e, consequentemente, aumentando a vida útil do disco da embreagem. As quatro opções de transmissão, três opções de velocidade de TDP e as duas opções de vazão de bombas fazem do A73F o trator o mais versátil do mercado. Seu novo painel de instrumentos indica informações instantâneas para o operador, como consumo de combustível, área trabalhada, distância percorrida e diagnóstico do motor. Um dos pontos que trazem ainda mais agilidade nas operações é o novo raio de giro, ainda menor que a versão anterior, permite que durante as manobras em pomares, ao sair de uma rua, seja possível entrar na próxima, reduzindo o tempo da máquina no campo.

Pulverizador BS3330H

Sucesso nas grandes feiras de 2019, o novo pulverizador BS3330H também poderá ser visto de perto nesta edição da Feacoop. Ele faz parte do segmento de 3.000 litros e conta com a melhor barra de pulverização do mercado, com opções de 24 e 30 metros. Trata-se de uma máquina econômica, graças ao motor AGCO Power e à nova barra de pulverização, que evita o desperdício de defensivos. Máquina mais usada dentro dos ciclos de cultivo, também precisa ser robusta. Por isso, o BS3330H tem novos itens, como o desarme multidirecional da ponteira da barra, que favorecem a sua durabilidade.

É o único equipamento do mercado homologado para trabalhar em meia barra, na opção de 24 metros, favorecendo cultivos com menor espaço de trânsito. A máquina chega ao mercado com versões específicas para cana e para grãos. Outra das principais novidades é o exclusivo quadro com sistema pendular por roletes. Trata-se de um cilindro de dupla ação, que atua no pêndulo do quadro e faz com que a barra se mantenha estável, garantindo uma altura uniforme entre o leque de pulverização e o alvo a receber a aplicação.

A suspensão horizontal transfere a carga entre as barras e melhora a estabilidade da máquina e o desarme multidirecional de 3 metros impede, que possíveis impactos durante os trabalhos danifiquem a barra. Para evitar desperdícios, o BS3330H dispõe de válvulas pneumáticas ProStop, de ativação instantânea, com tempo de resposta de 0,08 segundos. A máquina possui chassi flexível e baixo peso operacional, o que beneficia o trabalho em diversas condições de solo e topografia, e motor AGCO Power de 200 cv, que proporciona uma economia de até 50% no consumo de combustível em relação aos demais concorrentes da categoria.

Produtos para cana e soluções de plantio e colheita da Valtra na Feacoop

Além dos lançamentos, o estande da Valtra vai mostrar aos visitantes da Feacoop algumas das principais soluções de plantio e colheita da marca, bem como para o cultivo de cana e destaques do seu portfólio de tratores. A famosa família de tratores

A4 e A4s estará disponível, juntamente com o potente T230 (230 cv), que a exemplo do novo BH224 HiTech, é ideal para o cultivo de cana.

Complementando as ofertas para o segmento, a Valtra levará a colhedora de cana BE1035e, versão mudas, o transbordo Santa Izabel e a enfardadora CH2270. Dessa maneira, o público da Feacoop poderá conferir de perto soluções fim-a-fim para o mercado sucroalcooleiro. A colheitadeira de grãos BC6800 também estará presente, bem como todo o portfólio das plantadoras Compact, Frontier e HiTech.


25 de julho de 2019

AGCO vai dar uma moto Harley Davidson para o melhor operador de pulverizador


agco

Competição nos EUA vai dar prêmios para os melhores operadores, nomeados por agricultores. É o “Operator of the Year”.

A AGCO americana vai dar prêmios para o melhor operador de pulverizador do país (e partes do Canadá). Os concorrentes são indicados por produtores rurais (o período de indicações já está aberto) e serão avaliados por uma comissão julgadora entre 12 e 20 de outubro.

Os 4 finalistas do Operator of the Year vão receber como prêmio uma viagem para duas pessoas com tudo pago até Nova Orleans no dia 3 de dezembro, para participar da Agricultural Retailers Association Conference & Expo (ARA Conference 2019).

Durante a feira, serão julgados os 4 finalistas baseados em entrevistas (não, não vai rolar competição de campo no Rogator) onse serão avaliados qualidade do serviço através do tempo, impacto nos clientes onde o operador trabalha, capacidade de trabalho em grupo, liderança e até mesmo serviços para a comunidade local.

Jerry Born, vencedor da edição 2018 do prêmio Operator of the Year. Bem faceiro.

O grande vencedor levará pra casa uma moto Harley Davidson no valor de US$ 27.000,00, ou o mesmo valor em um cheque, se não quiser o veículo.

Bela ideia para as empresas que atuam no Brasil, não é mesmo?


8 de maio de 2019

Colheitadeira Ideal, uma história que começou no Rio Grande do Sul


Colheitadeira Ideal

A marca de colheitadeiras Ideal começou no sul do Brasil nos anos 70 e ganhou vida nova ao batizar um dos maiores projetos de máquinas agrícolas do mundo, pelas mãos da AGCO

A AGCO lançou o projeto IDEAL em 2017 como uma das maiores iniciativas já realizadas no mundo das máquinas agrícolas. Foram mais de 5 anos de desenvolvimento, ao custo de 400 milhões de euros.

A importância e ineditismo da colheitadeira ideal geraram até certa confusão no mercado consumidor, com muitas teorias e boatos criando corpo na internet desde o lançamento.

Colheitadeiras Ideal: as trigêmeas.

As dúvidas até possuem certa explicação: uma grande empresa detentora de várias marcas, fruto de sucessivas aquisições do passado lança um novo modelo de colheitadeira partindo do zero, criando três versões da mesma máquina através da Fendt, Massey Ferguson e Challenger. Para dar um toque final, decide batizar a colheitadeira com o nome de outra fabricada no Rio Grande do Sul nos anos 1970. Esta última confusão é tipicamente brasileira, com razão.

Colheitadeira Ideal

O nome Ideal começou a ser usado nos anos 60 pela Moinhos Santa Rosa Ltda em suas trilhadeiras. Com a popularização do plantio da soja no estado, as coisas evoluíram e a a empresa passou a se chamar Indústria de Máquinas Agrícolas Ideal Ltda (1963). Então vieram as colheitadeiras rebocadas e, posteriormente, automotrizes.

Colheitadeira Ideal

Apś crises no negócio, a Máquinas Agrícolas Ideal acabou fazendo uma parceria com a International Harvester e o Grupo Iochpe. Em 1984 a IH saiu do negócio e em 1986 o Iochpe assume a Massey no Brasil e a Perkins, nascendo aí a Maxion. Para encurtar a história (que você lê completa no site Lexicar), tudo vira AGCO em 1994.

A marca IDEAL então ficou no papel como patrimônio da AGCO até voltar na forma das grandes colheitadeiras do grupo. Uma visita ao INPI mostra parte da passagem “de mão em mão” do nome ao longo dos anos:

Colheitadeira Ideal
Colheitadeira Ideal – o nome vem do Rio Grande do Sul para ganhar o mundo.

Sendo assim, A Fendt não “copiou a Massey Ferguson” e vice-versa. A colheitadeira Ideal foi desenvolvida do zero e uma planta inteira da AGCO foi adaptada na cidade italiana de Breganze, na fábrica da Laverda, para montar as primeiras unidades.

O Rio Grande do Sul também receberá uma unidade fabril na cidade de Santa Rosa, para fabricar as máquinas no mercado Brasileiro, com a marca Fendt. Segundo o site irlandês Farmland (em 2017), o plano da AGCO era lançar a colheitadeira Ideal na Europa com a versão Fendt e Massey Ferguson, nos Estados Unidos como Challenger e na América do Sul como Valtra. A ambição também é alta: vender 2500 unidades no primeiro ano de fabricação, em todo o mundo.

Por último, o preço: a colheitadeira Ideal (no Reino Unido) fica entre 482 mil libras (modelo 7) e 648 mil libras (modelo 9 com esteiras). Uma colheitadeira de 3,3 milhões de reais é para poucos.


2 de janeiro de 2019

AGCO fechará fábrica de tratores e motores na Argentina


AGCO

Alto custo financeiro, impostos e queda da demanda foram apontados como causa para o fechamento

Segundo o site argentino LaNoticia1, a AGCO vai fechar duas plantas no país vizinho: uma fábrica de motores localizada na cidade de Haedo e uma unidade que fabrica tratores em General Rodríguez. As empresas empregam 70 e 120 trabalhadores, respectivamente.

Ainda segundo o site, a informação teria sido confirmada pelo Sindicato de Mecánicos y Afines del Transporte Automotor (Smata).

Recentemente, a AGCO declarou que não fecharia a fábrica de General Rodríguez, deixando no ar a possibilidade do encerramento das atividades em Haedo.


14 de outubro de 2018

Tribine contrata executivo da AGCO para o cargo de gerente geral


Tribine

Tribine, fabricante americana da colheitadeira de mesmo nome, contrata novo executivo para posição abaixo apenas do fundador da empresa, Ben Dillion

 

A Tribine é uma das maiores colheitadeiras do mundo e já foi assunto aqui no blog em diversos textos. Você pode conferir este conteúdo acessando a tag Tribine.

Últimas notícias sobre a Tribine em um vídeo da No-Till Farmer.

 

 

Ampliando o seu quadro de executivos, a empresa contratou James Shurts, profissional que iniciou carreira na Caterpillar, Claas (onde fez parte do lançamento das colheitadeiras Claas na América do Norte), CNH e AGCO.

Além de executivo, Shurts também é agricultor e toca uma propriedade com o pai e o irmão no estado do Kansas.

 

Com informações do site Mechaman.

 

 

 


2 de agosto de 2018

Massey Ferguson Ideal recebe prêmio Red Dot


Massey Ferguson Ideal

A colheitadeira dividiu o Red Dot Design Award: Product Design 2018 com um veículo da Ferrari e outro da McLaren, na categoria “Melhor dos Melhores”.

A Massey Ferguson foi premiada com o Red Dot 2018 por conta do projeto da colheitadeira Ideal, depois de disputar a honraria com 6300 produtos de 59 países. Um juri internacional composto por 39 profissionais do design colocou a Massey Ferguson Ideal no mesmo patamar da Ferrari Portofino e da McLaren 720S.

 

Ferrari Portofino

Ferrari Portofino

 

McLaren 720S

McLaren 720S

 

Entre os motivos para a distinção estão o design sofisticado, alta performance e a ergonomia e visibilidade do operador na cabine.

Veja a Ideal no site do prêmio Red Dot 2018.

 

Veja diversos vídeos da Massey Ferguson Ideal aqui no Blog do Farmfor.


26 de julho de 2018

Colheitadeira Fendt IDEAL 9T em novo vídeo do Canal AgrarBlick


Fendt IDEAL 9T

Colheitadeira Fendt Ideal 9T aparece em demonstrações na Alemanha, trabalhando com trigo. A produção é do Canal AgrarBlick no Youtube.

 

Um vídeo mostrando a lida completa da colheitadeira Fendt Ideal 9T, do galpão até a lavoura, passando pela lavagem e abastecimento. No caminho, chega a encontrar uma New Holland.

 

 

Algumas cenas do vídeo (que você assiste ao final deste post)

 

 

 

Enfim, o vídeo. Ligue o som!

 

 

Para quem entende alemão e inglês, a descrição do vídeo no Canal do Youtube:

 

Zwei neue Großmähdrescher Fendt IDEAL werden im Video auf einem landwirtschaftlichen Betrieb vorgestellt. Die neuen Mähdrescher wurde gleich zwei Mals „Maschine des Jahres 2018“ in der Kategorie „Mähdrescher“ und im Publikumspreis. AGCO hat den Großmähdrescher Ideal in drei Varianten mit 450, 540 und 650 PS entwickelt. Im Video sind zwei Mähdrescher vom Typ IDEAL 9T mit der MAN Motorvariante zu sehen. Gemäht wird im Video Weizen. Mit dabei: Fendt 824 Vario vor dem Schneidwerkwagen von Ziegler. Fendt 936 Vario mit einem Horsch Titan 34 UW Überladewagen sowie MAN LKW mit Schmitz-Auflieger vom Betrieb Kreipe – Landwirtschaft und Agrarservice.

Der Korntank des Ideal 9T hat ein Fassungsvermögen von 17.100 l. Als Kommandozentrale dient die Vision Kabine. Mit AutoDock , eine automatische Schneidwerksverbindung, wird das Schneidwerk an den Mähdrescher angekoppelt. Das neue PowerFlow-Schneidwerk hat eine Arbeitsbreite von 12,20 m. Für den europäischen Markt wird es die Maschine ausschließlich in schwarz und in MF-oder Fendt-Branding geben. Die Mähdrescher vom Landmaschinenkonzern AGCO werden ab 2018 im einheitlichen grau für die Marken Fendt, Massey Ferguson und Challenger erhältlich sein. INTRODUCING THE ALL-NEW FENDT IDEAL COMBINE. Two new Fendt IDEAL large combines are featured in the video on a farm.

The new combine harvester was awarded “Machine of the Year 2018” two times in the “Combine Harvester” category and in the Audience Award. AGCO has developed the Ideal Combine Ideal in three variants with 451, 538 and 647 hp. The video shows two combines of the type IDEAL 9T with the MAN engine variant. Andere Mähdrescher-Hersteller z.B. Fendt, New Holland, Claas Lexion, Massey Ferguson, Deutz Fahr, Fortschritt, Case, Laverda, Gleaner, Rostselmasch, Sampo Rosenlew. Transformers der Landwirtschaft Ein Jahr ist schon wieder vorbei – die Getreideernte 2018 hat mit dem Mähen der Gerste begonnen. Auch das Dreschen von Raps, Weizen, Triticale, Roggen beginnt wieder für die Erntemaschinen in der Landwirtschaft.

Transformers der Landwirtschaft. rape culture. Vielleicht auch für Modder als Mod-Vorlage für den Landwirtschaftssimulator ( Farming Simulator) LS 19 geeignet 联合收割机, комбайн Джон Дир, Monster machine! biggest combine harvester Mit Copter DJI Phantom 3 Professional, Camcorder Panasonic HC-VX989 und GoPro HERO5 Black und Hero6 in 4K gefilmt. Allgemeinerlaubnis zum Aufstieg (allgemeine Aufstiegsgenehmigung) von unbemannten Luftfahrtsystemen in Niedersachsen, Sachsen-Anhalt und Genehmigung liegt vor. Created with MAGIX Video Pro X Faszination Landwirtschaft.

 

Saiba mais sobre a Fendt Ideal 9T, aqui.


5 de julho de 2018

Ex-funcionário da John Deere reforça: Precision Planting copiou a empresa


Ex-funcionário da John Deere

Ex-funcionário da John Deere escreveu um texto para o site Farm Equipment, dando a sua versão da história.

 

Todo o mundo agrícola ficou sabendo no início de junho que a John Deere estava processando a Precision Planting e a AGCO por suposta quebra de patentes em dosadores de sementes e outras partes na área de plantadeiras. Em virtude do acontecido, vários sites noticiaram a briga entre rivais e alguns emitiram conteúdo opinativo, como o americano Farm Equipment (que dava um viés monopolista para a ação em um artigo). Em resposta ao texto The Precision Planting Paradox, Chad Braden – ex-funcionário da John Deere – escreveu uma espécie de réplica que foi respeitosamente publicada pelo editor.

Em Another Perspective on the Deere vs. AGCO Suit, Chad destacou que acompanhou por muitos anos a evolução do desenvolvimento na área de plantadeiras na John Deere e fez importantes considerações sobre a época de algumas invenções e o aparecimento das “versões” concorrentes.

Segundo ele, um conjunto de disco liso e eliminador duplo no dosador a vácuo foi criado já em 1984 na linha 7200/7300 de plantadeiras e o kit só não foi promovido na época pela falta de capacidade dos sistemas hidráulicos dos tratores 4430 e 4630. Com o disco liso, as plantadeiras seriam limitadas a 12 linhas, enquanto a estratégia da empresa era trabalhar com 16 ou 24.

 

John Deere 4630

Trator John Deere 4630, topzão da época. Via PurpleWave.

Chad diz ainda que a equipe de desenvolvimento da John Deere conversou muitas vezes com funcionários da Precision Planting antes de 2002 e que o Eset Meter (produto da Precision Planting) nem mesmo foi registrado pela empresa por ser, na realidade, cria da John Deere (inspirado no sistema patenteado ExactEmerge). Tudo possibilitado pelo fim da limitação de potência dos tratores mais modernos na época da suposta cópia.

 

ExactEmerge em vídeo de 2014.

 

Em suma: todo o trabalho desenvolvido durante anos por pequenas equipes de pesquisa dentro da John Deere (especialmente nas novas tecnologias como sistemas elétricos e sensores) teria sido copiado total ou parcialmente pela Precision Planting. E não seria interesse da empresa processar a Precision Planting quando era propriedade da Monsanto, uma grande cliente da John Deere. Com a Precision Planting nas mãos da AGCO desde 2017, a coisa muda de figura.

 

O processo

O processo número 18-cv-00828-UNA iniciado em primeiro de junho pela John Deere contra a Precision Planting na justiça do estado de Delaware tem 125 páginas e acusa a “PP” de infringir 12 patentes. Você pode conferir o processo em PDF (em inglês) neste link

 

Saiba mais

 

A Precision Planting foi fundada em 1993 na cidade de Tremont, IL e tem uma linha avançada de sistemas para plantio. Acesse a versão brasileira de seu site em www.precisionplanting.com.br.

Entre 2012 e 2013, a empresa foi comprada pela Monsanto e operou através da subsidiária The Climate Corporation.

Em 2015 , uma negociação de venda da Precision Planting para a John Deere foi iniciada e “se arrastou” até 2017, quando o negócio foi impedido pela justiça americana.

No dia 5 de setembro de 2017, a AGCO comprou a Precision Planting.

 

 

 

 


14 de junho de 2018

Uma seleção de vídeos das novas colheitadeiras MF IDEAL


colheitadeiras MF IDEAL

Novas colheitadeiras da AGCO são apresentadas, aos poucos, em diversas marcas e versões.

 

Neste mês*, o mundo da agricultura recebeu com surpresa as novidades da AGCO, com uma linha de colheitadeiras batizada de IDEAL e disponível nas marcas Massey Ferguson, Fendt e Challenger, uma para cada mercado específico.

Dizem até que o teste da IDEAL durou 6 anos em campo, com 45 modelos diferentes. E pelo menos um item habilita os modelos maiores para o título de “Maior Colheitadeira do Mundo”: o incrível tanque graneleiro de 17000 litros. Mas é claro que as máquinas vão muito além do tanque.

Se você quiser conferir os dados do lançamento, dos modelos e versões em detalhes, uma boa pedida é o site da AGCO, neste endereço, ou aqui na versão da Fendt e aqui pela Massey Ferguson.

 

Vídeos com colheitadeiras IDEAL

 

 

 

Siga acompanhando nossa página no facebook: https://www.facebook.com/farmfor e nosso blog.

 

*Este post foi originalmente publicado em setembro de 2017.


14 de junho de 2018

Nova colheitadeira AGCO Massey Ferguson Ideal


Nova colheitadeira AGCO

Lançada em Breganze, na Itália, a nova geração de colheitadeiras da Massey Ferguson.

 

Entre as novidades anunciadas pela AGCO no Centro de Excelência para Colheita, na Itália, estão:

Três novos modelos de colheitadeira: MF Ideal 7 (451 hp), MF Ideal 8 (538 hp) e a MF Ideal 9 plus (674 hp com sistema ParaLevel). Os motores são AGCO Power 9.8, MAN 12.4 e MAN 15.2, respectivamente.

Rotor Dual Helix de 4,84 metros (nos modelos 8 e 9).

Tanques graneleiros de 12500 e 17100 litros (já é o maior do mundo), com descarregamento de 140 e 210 litros por minuto.

Ajuste automático da colheitadeira por vídeo e sensores acústicos (MADS).

Largura de 3,3 metros da colheitadeira.

Versões com esteiras e pneus.

Os modelos estão programados para entrar no mercado de forma limitada em 2018, com toda a linha sendo fornecida apenas em 2019.

Uma lista completa (em inglês) das features encontradas na Ideal pode ser vista neste comunicado para a imprensa, em inglês.


13 de novembro de 2017

Massey Ferguson Ideal na Agritechnica 2017


Massey Ferguson

A empresa fez uma fantástica transmissão ao vivo pelo YouTube, logo nos primeiros momentos da feira.

 

 

A Massey Ferguson está de parabéns. Deslocou para suas instalações na Agritechnica 2017 uma apresentadora de TV e fez uma transmissão ao vivo pelo Youtube. Entre as máquinas, entrevistas com os principais executivos da empresa e comentários sobre as linhas em destaque e a jóia da coroa no momento: a colheitadeira Ideal.

 

 

O vídeo é inglês, mas podemos resumir a apresentação: toda a linha exposta na feira é de lançamentos. A AGCO aposta todas as fichas na linha Ideal de colheitadeiras e os executivos entrevistados contam um pouco sobre o desenvolvimento da máquina, sobre ela ter sido desenvolvida à partir do zero, com a colaboração de diversos clientes e descrevem as melhores features da Ideal (destaque para a cabine, capacidade do tanque graneleiro, descarga e demais características).

Em 19 horas, a transmissão ao vivo chegou na marca de 67 mil visualizações.

Você pode acompanhar esta transmissão (depois de transmitidas ao vivo, as entrevistas ficam gravadas) no canal da Massey Ferguson no Youtube.


24 de outubro de 2017

Trator Valtra 365 Snowhow


Valtra 365

O trator-conceito para trabalhos na cidade, especialmente na neve.

 

O Valtra 365 Snowhow é uma versão especial voltada para o mercado de “municipalidades”, ou seja, para prefeituras e empresas que prestam serviços urbanos como remoção de neve nas estradas, varrição de ruas, corte de gramas e matos e também içamento de pequenas cargas.

O 365 Snowhow tem diversos itens especiais, desde pintura até conforto diferenciado na cabine. Na realidade, a versão que hoje é um conceito será vendida lá no mercado europeu nas plataformas dos modelos N174, T234 ou T254.

Acesse o site do Valtra 365 Snowhow.


17 de junho de 2017

A história dos tratores Massey Ferguson que foram para a Antártida


tratores Massey Ferguson

Em 1958, uma frota de tratores Massey foi pioneira em uma missão para a Antártida. Em 2014, mandaram um MF5600 para comemorar o feito

Em 1958, uma expedição denominada The Commonwealth Trans-Antarctic Expedition 1955-58 desbravou a Antártida “de ponta a ponta”, comandada pelo explorador inglês Sir Vivian Fuchs. Além da aventura, uma farta coleta de dados sobre o continente gelado e o Pólo Sul.

Uma equipe com técnicos da Inglaterra, Nova Zelândia, Austrália e África do Sul atravessou a Antártida do Mar de Weddel até o Mar de Ross. A turma da Nova Zelândia ia na frente, com uma frota de 5 tratores Massey Ferguson TE-20, adaptados com esteiras em conjunto com as rodas e uma “pintura especial”. Originalmente cinzas, os tratores foram pintados de vermelho para aparecerem em meio à neve.

 

Os tratores do time de Hillary levavam suprimentos diversos e abriam caminho para os demais. Os tratores da marca foram escolhidos justamente pelo bom desempenho obtido em 1954, quando um TE20s trabalhou no continente durante 565 horas sem qualquer defeito, levando cargas dos navios para os acampamentos, em uma temperatura de -10ºC.

Ao todo, a missão fez 2000 km e foi reconhecida como a primeira frota de veículos a chegar no Pólo Sul.

Em 2014, uma homenagem

 

 

50 anos depois, o encontro inusitado entre uma atriz de teatro com o sonho de chegar “até o fim do mundo com um trator” e a Massey, proporcionou uma nova aventura. Se em 1958 os tratores foram até a Antártida pela ciência, agora iriam pelo marketing e pela celebração do feito original.

Manon Ossevoort, a atriz conhecida como “A garota do Trator” já tinha usado um Deutz-Fahr em suas performances, viajando com o verdinho por diversos países do mundo. Para chegar no Pólo Sul, precisou de ajuda e aí entrou a Massey Ferguson.

 

 

Para a missão, a empresa forneceu juntamente com parceiros, suporte e logística. O trator escolhido foi um MF5600 com adaptações nos pneus, sistemas elétricos (incluindo uma bateria sem líquidos pois as normais são proibidas por questões ambientais por lá), cabine “polar” em policarbonato para suportar o frio de -23ºC, sistema de entrada de ar diferenciado para evitar a formação de gelo e um óleo especial desenvolvido pela Castrol.

 

 

A missão “Antártica 2” começou em 15 de setembro e chegou ao Pólo Sul em 9 de dezembro de 2014, percorrendo 4600 km.

 

 

Para saber mais sobre a missão com os tratores Massey Ferguson, visite o site (em inglês) em http://www.antarcticatwo.com/.

 



Publicidade

  • 1
  • 2