Tag: Pulverização

23 de junho de 2020

Ultra Air Blast, a arma secreta da Coréia contra os gafanhotos


Ultra Air Blast

O super pulverizador em forma de canhão é montado em um caminhão e manda o produto até 150 metros de distância

Os agricultores da Coréia do Sul precisam lidar de tempos em tempos com nuvens de gafanhotos que destroem lavouras por onde passam, com registro de até 10 hectares de área devastada em menos de uma semana.

Uma arma secreta tem sido usada com sucesso por lá: o Ultra Air Blast Sprayer, da empresa Hansung T&I. O monstro vai montado em um caminhão, pesa 1,5 tonelada, leva até 4000 litros de produto e pode mandar um super jato até 150 metros de distância. É o terror da nuvem de gafanhotos.

O canhão em reportagem da TV Coreana na grande praga de gafanhotos de 2014. Confira o vídeo aqui.

O equipamento tem outras aplicações para o meio urbano e tem sido usado até mesmo no combate ao coronavírus e ao COVID-19, higienizando ambientes urbanos e instalações de aviários. Este canhão pode ser chamado de o Rambo dos Fumacês.

Ultra Air Blast

A HSU tem outros pulverizadores menores e equipamentos bem interessantes, diferentes da nossa realidade. Confira no canal oficial do Youtube.


28 de abril de 2020

Pulverizador robô autônomo: mais uma novidade no Agro


pulverizador robô

Escola agrícola canadense será a primeira do mundo a testar a tecnologia de pulverização da Plataforma DOT

A Olds College de Alberta, no Canadá, será a primeira escola agrícola no mundo a adquirir o módulo pulverizador da DOT, sistema já apresentado aqui no blog em 2017, quando o robô ainda era “apenas” plantadeira.

O equipamento ficará à disposição dos estudantes para pesquisa, possibilitando uma experiência real com a tecnologia, que também é do Canadá, desenvolvida em Saskatchewan. Totalmente autônomo, o pulverizador faz todo o trabalho de aplicação guiado por GPS (com todas as features de um pulverizador moderno) e volta para a base, onde faz o processo de auto-limpeza.

O pulverizador montado no robô…
… e o mesmo chassi robô com o módulo para plantio.

O robô será usado durante três anos no projeto de Fazenda Inteligente já existente na instituição, juntamente com o módulo de plantio e aplicador de nutrientes.

https://www.youtube.com/watch?v=0mLSyYIIsNA

Pulverizador Robô

Confira o equipamento em ação em vídeo da Pattison Liquid Systems, operando em terreno irregular e demonstrando o nivelamento automático das barras:

O robô apenas com o seu módulo básico (chassi) custa US$260.000,00, enquanto o módulo pulverizador sai por US$140.000,00. Na Olds College, os equipamentos foram adquiridos em parte com a colaboração de diversas empresas do ramo de tecnologia agrícola.

Confira também o site da DOT – Autonomous Farm Technology.


14 de fevereiro de 2020

Delvano Euro-trac 6000, um pulverizador com 55 metros de barra


Delvano

A Delvano é uma empresa belga que alega ter a maior barra instalada de fábrica em um pulverizador autopropelido

Nem no site da Delvano (até o momento) estão as especificações do seu maior pulverizador autopropelido, o Euro-trac 6000. As informações estão espalhadas na internet, no Facebook da empresa e em vídeos no Youtube.

O Euro-trac 6000 foi apresentado na sua versão com as “super barras” em janeiro de 2019 e conta com tanque de 6000 litros, mais um segundo de 700 litros em aço inox e um terceiro de 400 litros para água.

Veja também: Lite Trac é o maior pulverizador da Inglaterra.

O motor é Deutz de 6.1l tier 4, tem cabine pressurizada da Lochman e ajuste das rodas entre 2,05m e 2,65m. Os pneus são 580/85R42 da Mitas.

Delvano Euro-trac 6000

O fabricante fala no Facebook em 55 metros de barras, mas na Holanda, segundo vídeo do canal Tractorspotter, existe uma versão com um “chorinho” a mais: 57 metros:

Saiba mais no site da empresa (em inglês).


2 de fevereiro de 2020

Pyka, o drone pulverizador autônomo


pyka

O protótipo Pyka tem três motores podendo levantar voo com até 200 kg de carga e provavelmente trocará o nome se for vendido no Brasil

A startup americana Pyka está desenvolvendo um novo tipo de drone para pulverização, fugindo do modelo com multimotores já conhecido no mercado, como o Agras da DJI.

O modelo Pyka Egret adota o formato de avião convencional para levar uma carga de até 200kg de produto, pulverizando 40 hectares por hora. A empresa alega que é a única no mundo com um drone comercial elétrico de grande porte aprovado.


Mais dados: O drone precisa de apenas 45 metros de pista para decolar com carga total, tem três motores elétricos de 20 mil Watts e velocidade máxima de 144 km/h. O voo é totalmente autônomo, conforme planejamento do operador.

Todos os principais itens do drone – computador de voo, baterias, sistemas de pulverização e controle dos motores – foram desenvolvidos pela própria empresa, que tem em seus quadros ex-funcionários do Google X, Waymo, Joby Aviation, Kittyhawk e Cora.

A empresa já recebeu mais de US$ 11 milhões de investidores através do Prime Movers Lab. Entre eles, Y Combinator, Greycroft, Data Collective e Bold Capital Partners. Detalhes como preço do aparelho ou modelo de negócio ainda não foram revelados.

Visto primeiro no TechCrunch.


21 de junho de 2018

Um drone em formato de cobra voadora


O Dragon Drone é capaz de “desenrolar” em pleno voo e fazer movimentos precisos para ultrapassar obstáculos.

 

Imaginem um drone inspirado em uma espécie de cobra voadora. Este é o Dragon Drone, um protótipo desenvolvido na Universidade de Tóquio pela equipe dos cientistas Moju Zhao, Tomoki Anzai, Fan Shi, Xiangyu Chen, Kei Okada, e Masayuki Inaba. Confira no vídeo abaixo:

 

O drone tem um conjunto de quatro “nós” com duplas de hélices em dutos, controlados por um complexo algoritmo para dar equilíbrio ao sistema. Oficialmente, o DRAGON do nome significa “Dual-rotor embedded multilink Robot with the Ability of multi-deGree-of-freedom aerial transformatiON”.

 

Dragon Drone

 

O projeto é muito interessante e gera alguns questionamentos interessantes: será que um modelo destes com função de pulverizador seria viável? Daqui a pouco os chineses lançam algo parecido. É só aguardar.

 

Visto no site do IEEE.

 

Acompanhe tudo sobre este assunto no Blog do Farmfor através da tag Drones, clique aqui.


29 de abril de 2018

John Deere vai abrir centro de pesquisas em pulverização


Parque da ISU receberá investimento da John Deere.

A John Deere vai abrir um centro de pesquisas no ISU Research Park, uma área da Iowa State University dedicada a receber unidades de empresas de diversos setores de tecnologia em prédios compartilhados ou cedendo lotes de terra, para que os associados construam as próprias estruturas. A lista de empresas que já estão no parque você confere neste link.
A John Deere pretende construir um espaço de 3000 metros quadrados, dedicado ao desenvolvimento e testes de novas tecnologias para pulverização. É a segunda vez que a empresa investe na ISU. Em 2017, foi criado um núcleo de pesquisa em inovação no mesmo local. Com a conclusão do novo centro prevista para 2019, os funcionários serão realocados para a estrutura.

Acesse o setor de pulverizadores no site da John Deere.

Acesse o site da Iowa State University.


23 de fevereiro de 2018

É verdade: avião agrícola atingiu veículo em rasante


O vídeo ganhou as redes sociais e muita gente pensava ser boato.

 

A página do Farmfor no facebook recebeu por WhatsApp e publicou um vídeo onde pessoas mostravam danos em um veículo, supostamente causados pelo rasante de um avião agrícola. A postagem rendeu espanto, algum descrédito e até piadas.

Acontece que o caso é verdadeiro e deu BO. A TV TEM (afiliada Rede Globo na região de Marília e Bauru) deu detalhes do ocorrido em sua página no G1. O fato realmente aconteceu na zona rural da cidade de Assis, no interior de São Paulo.

 

https://www.facebook.com/farmfor/videos/1557608354338374/

 

Foi registrado boletim de ocorrência e a empresa já afastou o piloto. As autoridades da aeronáutica também estão investigando o caso.


22 de dezembro de 2017

Chem-Blade Caddy – dosador de precisão para defensivos


Chem-Blade

Chem-Blade, um equipamento que mede volumes com precisão e aumenta a segurança para o operador

 

 

A empresa americana Eck Fabrication LLC desenvolveu um interessante sistema para dosagem de agroquímicos. Um tubo com adaptadores para os galões de produtos que recebe o líquido, fecha a conexão e já faz a lavagem. Vejam no vídeo:

 

 

Além deste dosador, a Eck tem outros produtos é especializada em acessórios para pulverização. O preço não foi informado pelo fabricante.


10 de outubro de 2017

50 mortos e 800 hospitalizados na Índia após intoxicação com defensivos


Diversos fatores combinados causaram a morte de dezenas de agricultores, no centro da Índia

 

A Índia, pais devastado pela alta taxa de suicídio de agricultores por ingestão voluntária de pesticidas, tem mais uma tragédia.

De julho até agora, a Índia contabilizou mais de 50 mortes e 800 internações de vítimas de envenenamento por agrotóxicos, através de diversas marcas vendidas no mercado local, em uma combinação principalmente de organoclorados e organofosforados.

 

Os intoxicados que sobreviveram reportaram quase que uma instantânea perda parcial ou total da visão, náuseas e vômitos. Para aumentar o cenário infernal nos hospitais indianos, os pacientes são tratados imediatamente com uma droga que provoca alucinações (atropina), tornando obrigatório que as vítimas sejam amarradas aos leitos.

Na Índia, as coisas são um pouco diferentes. Primeiro, EPI é uma raridade. A relação de muitos trabalhadores rurais com agrotóxicos sempre foi descuidada na maioria, mas agora uma combinação de fatores provocou esta onda de mortes e internações.

Primeiro, houve o abandono de culturas tradicionais na região, como leguminosas, para o plantio de algodão de forma ainda mais densa que o normal, com espaçamento reduzido. A combinação de altas temperaturas e tempo seco, lavouras mais fechadas e uma infestação de lagartas, intensificou o contato dos trabalhadores com os produtos.

Segundo, a resistência de uma das cultivares de algodão mais usadas no país (Bollgard II Bt hybrid ) a certos tipos de lagartas, simplesmente sumiu. Todos estes fatores resultaram em trabalhadores literalmente inundados em veneno na lida com a lavoura.

Existe ainda a suspeita de adulteração dos produtos, todos investigados pelas autoridades.

Para saber mais:

Reportagem no jornal The Guardian.

Reportagem no The Indian Express.


10 de janeiro de 2017

Pulverizador Italiano Maschio Gaspardo URAGANO


Pulverizador Italiano Maschio Gaspardo

Modelo se destaca pela posição dos tanques laterais e pela altura de trabalho, até 3 metros

 

Vem da italiana Maschio Gaspardo este pulverizador com um desenho bem interessante; os tanques dispostos nas laterais, a cabine com elevação e a altura de operação são alguns dos diferenciais do Uragano.

 

 

Os modelos possuem de 2200 a 4000 litros de tanque, até 28 metros de barra e motor John Deere de 170hp.

 

 

Visite o site oficial do pulverizador (em italiano ou inglês), aqui.

21 de março de 2016

DJI Agras Mg-1, um drone para uso na agricultura


Os drones estão ficando populares na agricultura. Conheça o modelo lançado pela fabricante mais popular do mercado.

 

Se você já viu um drone na TV, em imagens na internet ou mesmo ao vivo, existem grandes chances deste equipamento ser fabricado pela DJI. A empresa popularizou o uso recreativo dos drones (sim, era um brinquedo caro) que no início tinham câmeras como opcionais, em um casamento perfeito com as Gopros, também famosas câmeras miniatura para cenas de ação. Os modelos foram evoluindo em capacidade e preço e hoje a DJI também está no mercado de drones para pulverização agrícola.

 

 

 

DJI Agras MG-1 é um equipamento robusto, com materiais diferenciados e desenvolvido para a pulverização agrícola, com tanque que pode levar 10 litros de produto. A solução, combinada com dados gerados por outros drones e tudo mais que estiver disponível em matéria de agricultura de precisão na propriedade, pode pulverizar pontos específicos na lavoura ou pomar, com os pontos e rotas determinados previamente no programa de computador que controla o drone.

Não basta só voar levando um tanquinho

DJI Agras MG-1 tem 8 motores, o dobro dos drones comuns e construído com materiais à prova d’água. Também tem um sistema diferenciado para o resfriamento dos motores com filtros e canalização de ar. Conta ainda com sistema de radar por microondas, capaz de manter uma distância uniforme entre os bicos de pulverização e as plantas. Com todos estes diferenciais, o preço inicial no mercado americano fica em US$ 15,000.00.

Calma, não abandone seu pulverizador!

Vai demorar muito para os drones trocarem de lugar com os nossos pulverizadores. Além do preço, da baixíssima capacidade de carga, autonomia das baterias e falta de espaço para colocar uma dançarina nas campanhas de marketing (ok, esta parte é brincadeira), novos materiais e tecnologias devem melhorar muito nossos equipamentos tradicionais em um futuro próximo, dando um bom fôlego para os nossos velhos conhecidos.



Publicidade