Governo americano tem 600 mil toneladas de queijo na geladeira

Posted by on 7 de julho de 2018

O queijo vem da compra do excedente de leite dos produtores e é estocado para diversos fins, de caridade até atendimento de desabrigados em tragédias. Mas o produto vem sobrando, ano a ano.

 

O government cheese ou “queijo do governo” praticamente integra a cultura americana, visto com humor ou desdém por parte da população como um produto destinado a pessoas de baixa renda. Popular, aparece até mesmo em programas de TV, especialmente onde o governo é alvo de sátira.

 

government cheese

O tijolão de queijo doado pelo governo: tão presente na cultura ao ponto de virar meme.

 

Esta quantidade enorme de queijo aumenta cerca de 6% ao ano, sendo distribuída para depósitos refrigerados em pontos estratégicos do país, permanecendo estocada até que as autoridades decidam um destino para o alimento. Esta política é antiga, em ação desde o final da Segunda Guerra Mundial. Nos anos 60, o queijo começou a ser usado nas escolas públicas como merenda.

Mesmo com toda esta ajuda aos produtores, o mercado de laticínios vive uma situação complicada nos Estados Unidos. Entre 2008 e 2017 a produção de leite subiu 13% no país, enquanto o consumo per capita diminuiu 14%.

O “queijo do governo” está entre os produtos agrícolas subsidiados (junto com milho, soja, trigo, algodão, arroz e outros produtos), ao custo anual de 20 bilhões de dólares. Uma política muito discutida por conta da efetividade e da falta de alcance e proteção) aos produtores médios e pequenos.

 

Para saber mais:

 

Government cheese, na Wikipedia (em inglês).

Facebook Comments

Simple Business by Nimbus Themes
Powered by WordPress