Coronavírus: Avicultores chineses estão descartando aves e ovos

Publicado por farmfor em

Coronavírus

Falta de ração e impossibilidade de transporte da produção faz com que avicultores chineses sacrifiquem aves e descartem a produção de ovos em aterros

Os avicultores chineses – entre outros produtores – também estão sofrendo com a crise imposta pelo surto de coronavírus no país, especialmente na província de Hubei e na região da capital Wuhan.

O governo proibiu o transporte de aves por considerar um risco em potencial para a disseminação do vírus, impossibilitando o abastecimento dos mercados e frigoríficos. O mesmo se dá também com os ovos.

Para se ter uma ideia, somente na província de Hubei são abatidos 500 milhões de frangos por ano.

Veja também: Sang Qingjun, o chinês que cria 70 mil frangos para vender na internet.

Sem poder vender ou comprar ração, alguns produtores estão enterrando a produção em aterros. Em propriedades sem muitos recursos para operações como esta, estão enterrando os animais vivos. Há também o problema da impossibilidade de compra de novos animais para o retorno da atividade em um novo ciclo.

Estima-se que se a crise do coronavírus continuar, a avicultura na província de Hubei e regiões vizinhas terminará em dois meses.

Visto no European Supermarket Magazine.

Facebook Comments