Tá faltando frango nos Estados Unidos e a culpa é do Fast-food Blog do Farmfor

tá faltando frango

Tá faltando frango nos Estados Unidos e a culpa é do Fast-food

tá faltando frango

Tá faltando frango no mercado americano e diversos sites de notícias culpam a venda de sanduíches e a pandemia do Coronavírus

O frango está escasso no mercado americano desde que as grandes cadeias de fast-food no país lançaram novos sanduíches “crocantes” que caíram no gosto dos consumidores, em uma américa que já é apaixonada por galinha, em todas as formas de preparo e cortes. O sucesso dos sanduíches começou com a Popeyes e as outras grandes como Chick-fil-A, KFC e McDonalds seguiram no mesmo ritmo.

A proteína barata dos lanches, alta procura e a pandemia (afetando trabalhadores nas plantas frigoríficas e aumentando o consumo em casa por delivery) formaram uma tempestade perfeita. Frango (de todas as formas) foi a fast-food preferida dos americanos durante a pandemia.

frango

O Restaurant Business, site especializado do setor de alimentação, avisou em fevereiro que os EUA teriam uma importante queda – a maior da década – nos estoques de frango. No início do ano de 2020, cerca de meio kilo de “coxinha da asa” por lá era vendido por US$ 1,81 e entrou 2021 custando US$ 2,27.

No final das contas, os frigoríficos vão aumentar os benefícios para os trabalhadores das unidades (retornar a normalidade no abate) e o pessoal da “carne que não é carne” tenta um lugar ao sol, oferecendo suas fórmulas vegetais, como a Beyond Meat.

Veja também

 

Yes, the chicken wing shortage is real in Upstate New York. And check out those prices

 


Receba nosso conteúdo no e-mail!

Nosso canal no Telegram é gratuito. Participe!

Telegram do Farmfor

Publicidade