Fendt é a marca campeã no DLG-ImageBarometer 2020 - Blog do Farmfor Blog do Farmfor

DLG-ImageBarometer

Fendt é a marca campeã no DLG-ImageBarometer 2020

Pesquisa da Sociedade Agrícola da Alemanha - DLG-ImageBarometer - colocou a Fendt à frente da John Deere e Claas na edição 2020

DLG-ImageBarometer

DLG-ImageBarometer

Todo ano, os agricultores da Alemanha avaliam a a “imagem” das empresas de maquinário agrícola de sete áreas diferentes, através da DLG-ImageBarometer, pesquisa organizada pela DLG (Sociedade Agrícola da Alemanha). A edição 2020 começou a ser realizada em agosto e ouviu por telefone 712 agricultores e gerentes de propriedades, sobre como estes avaliam a força das marcas.

O resultado

DLG-ImageBarometer

 

A Fendt ficou na frente, com 59 pontos (mesma pontuação de 2019), seguida por John Deere com 51 (59 em 2019) e Claas com 51 (56 em 2019). Na sequência, aparecem as marcas Amazone, Lemken, Horsch, Deutz-Fahr, Kverneland, Krone e Pöttinger.

 

marcas de tratores - fendt

“Estamos satisfeitos que os agricultores mais uma vez votaram na marca Fendt para o primeiro lugar na pesquisa DLG independente ”, disse Christoph Gröblinghoff, Presidente do Conselho de Administração da AGCO / Fendt. “Mesmo na avaliação das quatro regiões, desta vez conseguimos levar a primeira posição. Em nossa região natal, o sul, bem como no norte e no oeste, fomos novamente eleitos o número um. No ano passado, no entanto, gerentes de fazendas e agricultores no leste também deram à marca Fendt a pontuação mais alta.”. 

Segundo a Fendt, os participantes da pesquisa avaliam as empresas em quatro categorias: Conscientização, Lealdade, Satisfação e Imagem, podendo atribuir no máximo 25 pontos por categoria. Portanto, a pontuação máxima na avaliação é de 100 pontos no total.

Em comparação com outros anos, a pesquisa foi realizada bem no final do ano. O período anterior da pesquisa, começou em agosto e foi no meio da safra, então o novo período da pesquisa desonra os agricultores. A idade média dos entrevistados este ano foi de 51 anos. Em média, os participantes tinham um diploma de mestrado ou diploma universitário e cultivavam 268 hectares de terras agrícolas convencionais.

Veja também

As melhores e piores marcas de tratores segundo os distribuidores da Europa


Receba nosso conteúdo no e-mail!

Nosso canal no Telegram é gratuito. Participe!

Telegram do Farmfor

Publicidade