54 98122-8944
blogdofarmfor@gmail.com

Blindagem deixa tratores resistentes a explosões no campo

Empresa da Alemanha fabrica blindagem que protege a vida do operador em locais perigosos. Confira o teste em vídeo

Em algumas áreas agrícolas que fazem parte ou já pertenceram a unidades de treinamento ou bases militares, muitas vezes é impossível sabe com certeza se o solo ainda contém explosivos não detonados. Para equipar os tratores que vão trabalhar nestes locais (e proteger a vida dos operadores), entra em ação a empresa Rheinmetall Defense company, da Alemanha.

A Rheinmetall é especialista em equipamentos para defesa e lançou uma nova linha de blindagens para diversas marcas de tratores. Além do John Deere mostrado neste texto, existem versões para Fendt, New Holland, Claas, Massey Ferguson, Case, Deutz Fahr, Valtra, Ford, Styer e  JCB.

O canal AgrarBlick, do Youtube, fez um excelente trabalho em vídeo mostrando as capacidades da blindagem em um campo de testes na Alemanha. Confira:

Para a nossa realidade, pode parecer estranho existir mercado para uma blindagem de tratores (talvez para dar uma esticada até o banco). Na Europa, a coisa é muito diferente: até hoje algumas áreas, mesmo não pertencendo a bases militares, possuem restos de bombas não detonadas. Em localidades como a fronteira da Rússia com a Ucrânia, os restos de batalhas são de conflitos bem mais recentes.

O preço é assustador. A blindagem instalada fica entre 300 e 350 mil euros. O equipamento é fabricado de acordo com as normas da OTAN para resistir a disparos de calibres militares e fragmentos de explosões.

Veja também: Um trator de guerra, feito pela John Deere.

Facebook Comments

Tags:, , , , , ,