Tag: Polônia

12 de agosto de 2021

New Holland é a marca de tratores mais vendida na Polônia em 2021


New Holland é a marca

Os dados são da Câmara de Comércio Polonesa para Máquinas Agrícolas referentes ao período de janeiro a julho deste ano

New Holland é a marca

New Holland é a marca preferida dos agricultores poloneses

A New Holland é a marca de tratores mais vendida na Polônia, com 1506 registros nos primeiros sete meses de 2021. O valor supera em 357 unidades o ano anterior. Parece que a pandemia não afetou o setor de máquinas agrícolas em terras polonesas, segundo os dados da Câmara de Comércio para Máquinas Agrícolas.

Em segundo lugar ficou a Kubota, com 863 tratores (181 a mais que o ano anterior). Em terceiro, a John Deere, com 821 tratores (146 a mais) e a Deutz Fahr ficou em quarto, com 790 (190 a mais).

Outras marcas foram a Zetor (575/89), Case IH (573/141), Massey Ferguson (419), Claas (350), Farmtrac (289) e Valtra (287).

A Arbos está crescendo muito no mercado europeu e apareceu na lista com 277 tratores vendidos, 226% a mais que no ano anterior. A Landini também vendeu 247% a mais, com 52/15.

No país, foram vendidos no geral 7902 tratores entre janeiro e julho de 2021, sendo 2044 a mais que o período anterior (34,9% de aumento).

 


18 de janeiro de 2020

Agricultor foi comido por porcos na Polônia


agricultor foi comido

Vizinho encontrou o corpo do idoso desaparecido desde a véspera do Ano Novo, vítima da criação que mantinha na propriedade

Os restos mortais de um agricultor de 70 anos foram encontrados por um vizinho na cidade de Lubin, na Polônia. O homem morava sozinho e tinha problemas com álcool, segundo amigos.

Do homem, apenas fragmentos do crânio e alguns ossos foram encontrados perto de um poço que era compartilhado pelo vizinho. Na propriedade, os porcos eram criados soltos.

A polícia acredita que o homem sofreu um ataque cardíaco e desmaiou na propriedade. Com o tempo, os animais sem o devido trato acabaram por devorar o corpo do idoso. Segundo o site Irish Post, repercutindo a reportagem original do polonês Gazeta Wroclawska, outro caso semelhante aconteceu recentemente com uma mulher na Rússia. A vítima caiu no chiqueiro depois de sofrer um ataque epilético, sendo descoberta apenas no outro dia pelo marido.

Veja também

Vaca revoltada foge de casa e vai morar com bisões na Polônia.


12 de julho de 2019

Vaca revoltada foge de casa e vai morar com bisões na Polônia


vaca revoltada

Bovina da raça limousin foi encontrada por observadores de pássaros pastando em reserva natural entre a Polônia e a Bielorrússia

Uma vaca da raça limousin foi flagrada em pelo menos dois momentos integrando uma manada de bisões na floresta Bialowieza, uma área de preservação ambiental com cerca de 150 hectares, situada entra a Polônia e a Bielorrússia.

No final de 2017, um observador de pássaros conseguiu fotografar a rebelde. Um especialista em bisões conseguiu encontrar novamente o animal em 2018, reportando para as autoridades ambientais da Polônia que ela está bem, aparenta ser nova e bem resistente ao inverno da época.

Partiu fazer novos amigos.

A alegria da fujona está com os dias contados: quando for encontrada novamente pelo pessoal da patrulha ambiental, será capturada. Se ficar e acabar cruzando com os novos amigos, corre sério risco de morrer durante a gestação ou no parto, dada as complicações do estranho cruzamento. Mesmo que tudo desse certo, ainda seria contaminação biológica do quase extinto rebanho de 600 bisões europeus.

Saiba mais: TVN 24 e aqui.


21 de agosto de 2018

Tratores Pronar chegam aos 30 anos


Tratores Pronar

A Tratores Pronar iniciou as atividades em 1988 na Polônia, revendendo a marca Belarus no país.

 

A Pronar começou as atividades em 1988 e hoje é um grande grupo na Polônia, fabricando máquinas agrícolas, equipamentos para a indústria florestal, municipalidades (aqueles tratores mais para a lida nas prefeituras), Acessórios para caminhões, combustíveis e peças de aço.

 

Os tratores Pronar são vendidos em modelos que vão de 36 até 265 hp na linha 8140, imagem que ilustra a capa deste post. Os tratores menores contam com motores Mitsubishi e a linha mais potente é vendida com motorização Deutz.

 

 

Tratores Pronar

Pronar 320 AMK: modelo para municípios e seus serviços urbanos.

 

Visite o site da PRONAR (em inglês) neste link.

 

Todos os textos sobre tratores no Blog do Farmfor, neste link.

 

 

 


15 de maio de 2017

Um concurso de tratores antigos na Polônia


Concurso de tratores

A região polonesa de Lubecko tem raridades interessantes para mostrar.

O canal Retro Traktor no Youtube mostra raridades em tratores pertencentes a colecionadores da Polônia e outros países da Europa.

Neste vídeo, um concurso de tratores antigos ocorrido em Lubecko, no dia 6 de maio de 2017.

 

Outro interessante vídeo do mesmo concurso:

 

Acesse também o site do canal, aqui.

25 de março de 2017

Conheça os tratores poloneses da Ursus


Desde 1893, a fábrica é parte da história da Polônia e já foi estatizada, destruída, passou por guerras e hoje resiste, produzindo máquinas e implementos agrícolas.

A Ursus foi fundada em 1893 por 3 engenheiros na Polônia, com a ajuda de alguns sócios capitalistas. Produzindo escapamentos, caminhões e acessórios, nos tempos do czar russo.

Estatizada em 1930, produziu equipamentos militares até o final da Segunda Guerra, quando as plantas se dedicaram ao mercado agrícola, produzindo uma cópia do trator alemão Lanz Bulldog, batizada de Ursus C-45.

Hoje, em tratores, a empresa, sem o brilho e número de vendas do passado, conta com duas linhas bem diferentes, uma para a União Européia, com visual bem moderno e outra para exportação, com um visual bem mais conservador e maior potência.

Na linha doméstica, o maior trator é o 3150-V Power, com motor Deutz EU IV de 150 hp. Na linha exportação, o Ursus 18414 é o maior, com motor DEUTZ BF6M1013FC.

Curiosidade: os trabalhadores da Ursus tiveram grande participação nos movimentos políticos do sindicato Solidariedade, nos anos 70/80.

Créditos da imagem do trator C-45: Ursus C-451 By Konflikty.pl, Attribution, aqui.


21 de fevereiro de 2016

PZL M-15 Belphegor, o avião agrícola mais esquisito do mundo


Belphegor

O Belphegor foi desenvolvido na antiga União Soviética, para pulverizar as fazendas coletivas do regime comunista.

 

Um jato com dois pares de asas, dois tanques de 1500 litros cada entre elas e cauda dupla. Três rodas no trem de pouso e espaço para tripulação composta por três pessoas. Assim era o PZL M-15, apelidado pelos desenvolvedores de “Belphegor”, nome de um demônio mitológico que enganava as pessoas com falsos inventos. Belo batismo.

Desenvolvido na Polônia, o projeto foi encomendado para substituir o avião em uso naquela época, o An-2 “Annushka”, um biplano monomotor que foi considerado obsoleto nos anos 60 e incapaz de atender a quantidade de fazendas do governo e a crescente demanda por alimentos que deveriam ser, de preferência, todos produzidos dentro das fronteiras da União Soviética. O Belphegor deveria ser o destaque tecnológico da aviação agrícola e da agricultura comunista.

 

 

O primeiro avião em produção saiu da fábrica em 1976 e provou ser um fracasso operacional, além de caro demais para produzir e incapaz de substituir a frota de milhares de AN-2s em uso no campo. 175 unidades do PZL M-15 foram produzidas até o final do projeto, em 1981, fechando uma história com alguns recordes, como o jato mais lento produzido, o único jato para aviação agrícola e também o único biplano.

Alguns números do jato: velocidade de estol de 67mph, velocidade máxima de 124mph e alcance de 250 milhas. Em comparação, o NEIVA EMB-202A (Ipanema) tem estol de 55mph, velocidade de cruzeiro de 138mph e alcance de 379 milhas.

Curiosamente, o AN-2, motivo do nascimento do Belphegor, é produzido até hoje, provou ser um avião com engenharia invejável e tem mais de 18000 unidades fabricadas.



Publicidade