Tribine, a maior colheitadeira do mundo em 2021 - Blog do Farmfor Blog do Farmfor

tribine a maior

Tribine, a maior colheitadeira do mundo em 2021

As novidades sobre a Tribine são poucas: os desenvolvedores agora investem em sequestro de carbono como argumento de venda

tribine a maior

O principal diferencial da Tribine, para quem ainda não foi apresentado: graneleiro de 1000 bushel (27 toneladas) que vai de arrasto com a colheitadeira.

A Tribine – a maior colheitadeira do mundo – já foi mencionada em nosso blog algumas vezes. Em 2021, as notícias sobre a máquina ainda são poucas.

O site da Tribine destaca hoje um folder em PDF com a questão do sequestro de carbono como argumento de venda. O documento em inglês pode ser acessado neste link.

Apontado pela empresa como a reposta da agricultura para as mudanças climáticas, o carbon farming seria capaz de armazenar 450 milhões de toneladas de carbono nos solos americanos.

Segundo a Wikipedia:

O cultivo de carbono (ou carbon farming) é o nome de uma variedade de métodos agrícolas destinados a sequestrar o carbono atmosférico no solo e nas raízes, madeira e folhas das colheitas. Aumentar o teor de matéria orgânica do solo pode ajudar no crescimento das plantas, aumentar o teor de carbono total, melhorar a capacidade de retenção de água no solo e reduzir o uso de fertilizantes. Em 2016, as variantes do cultivo de carbono alcançaram centenas de milhões de hectares globalmente, dos quase 5 bilhões de hectares (1,2 × 1010 acres) de terras agrícolas mundiais. Os solos podem conter até cinco por cento de carbono por peso, incluindo a decomposição de matéria vegetal e animal e biochar. 

Mas onde entra a Tribine?

 

Tribine: visão interna do monstro.

O fabricante argumenta que a colheitadeira prejudica menos o solo, facilitar o uso de plantas de cobertura e promover o plantio direto.

Tribine colhendo trigo em 2020 nos EUA.

O folder é na realidade um atrativo para investidores interessados em financiar a máquina, que ainda está no estágio inicial de desenvolvimento. A empresa deixa vem claro que está precisando de cash para “cruzar a linha de chegada” e colocar o produto nas lavouras americanas até as colheitas do outono de 2021 (dos Estados Unidos).

 


Publicidade

Receba nosso conteúdo também no Telegram! Clique na imagem e acesse o nosso canal!!!

telegram farmfor