fbpx

Propriedade rural não é lixão do povo da cidade. Criem vergonha!

Publicado por farmfor em

propriedade rural

Quem está muito próximo das cidades sofre com a porcagem alheia e descarte ilegal de lixo. É preciso dar um basta!

O Manoel Pedro Silveira Castanheira tem uma pequena propriedade rural no interior de Soledade, no Rio Grande do Sul e encontrou um “presentinho” na sua porteira: lixo acumulado jogado por algum porco da cidade. Desta vez, o responsável deixou rastros.

Junto com o lixo, um recibo de compra em posto de gasolina, capaz de identificar o responsável por despejar lixo na entrada da propriedade rural. O Manoel tem tudo para ir atrás de quem jogou o material por lá ou melhor: devolver na porta da sua casa.

A prova do crime que ficou no lixão.

O fato foi motivo de desabafo no Facebook:

Senhor “Filho da Puta” que colocou os lixos na frente da entrada da minha chácara!! Quero lhe parabenizar pela falta de vergonha na cara e pelo alto nível de chinelagem!!
Seu crime não foi perfeito!! Ficaram as imagens das câmeras que tenho no portão e também um bilhete do seu cartão banricompras, da última vez que gastou num posto de combustíveis no centro de Soledade!
Ainda não vou postar a tua cara de estrume!! Mas já recolhi tua porquice e vou colocar na frente da tua casa!! Se achar ruim… salta pra fora na hora que eu chegar!!

Senhor “Filho da Puta” que colocou os lixos na frente da entrada da minha chácara!! Quero lhe parabenizar pela falta de…

Posted by Manoel Pedro Silveira Castanheira on Saturday, June 13, 2020

Propriedade rural não é lixão

E você? também sofre com o despejo de lixo ilegal na propriedade? Entre em contato com a nossa página no Facebook e conte a sua história.

Veja também

Restos de poda levam bovinos à morte na Inglaterra.