Tag: Silagem

19 de abril de 2019

Aeroporto da Irlanda libera o corte da grama para fabricação de silagem


aeroporto da irlanda

A grama no entorno das pistas do aeroporto de Dublin é retirada com ensiladeiras e transportada por diversas equipes de trabalho

Recentemente, a Irlanda passou por uma grande crise nos estoques de silagem por questões climáticas. Na época, o aeroporto de Dublin liberou, de forma emergencial, que produtores cortassem a grama em volta das pistas para que fosse fornecida aos animais.

Agora, a atividade deu certo e o aeroporto continua liberando o corte. Uma mão lava a outra: a grama é aparada e os produtores contam com uma fonte de matéria-prima para silagem.

O trabalho é feito em um ambiente de segurança máxima: todos os tratoristas são revistados na entrada e na saída, passam por máquinas de raios-x e diversas etapas para verificação. Também é exigido muito cuidado com a velocidade da ensiladeira para que a grama não levante e invada a pista.

https://www.youtube.com/watch?v=V1_Pz3l9bl0

O vídeo acima, do site Agriland, mostra um pouco do trabalho das equipes que cortam a grama entre terminais de carga e aviões. Não deixa de ser uma atividade curiosa, as vaquinhas vão comer um pouco de “comida de aeroporto”.


6 de setembro de 2018

Forrageira 9900 da John Deere tem motor V12 de quase 1000 hp


Forrageira 9900

Forrageira 9900 usa motor Liebherr V12 de 24 litros e 956 hp e foi lançada recentemente pela John Deere

 

A linha de forrageiras John Deere, chamadas lá fora de SPFH (Self-Propelled Forage Harvester) ganhou um reforço gigante em 2018: o modelo 9900 conta com um motor V12 de quase 1000 hp da Liebherr e é capaz de processar até 400 toneladas de produto por hora.

 

John Deere 9900

 

No vídeo abaixo, produzido pelo canal 7810 Diaries – John Deere do Youtube,  uma amostra da monstruosidade do motor (ative o som):

 

 

A forrageira 9900 é agora o topo de linha da John Deere no setor, acompanhada por outros modelos de menor capacidade. São eles:

 

9600 616 hp (460 kw) (625 ps) – motor John Deere 6 cyl. 13.5L PowerTech

9700 759 hp (566 kw) (770 ps) – motor Liebherr V12 24L

9800 858 hp (640 kw) (870 ps) – motor Liebherr V12 24L

9900 957 hp (713 kw) (970 ps) – motor Liebherr V12 24L

 

Forrageira 9900 (e família) – Vídeo oficial da John Deere

 

 

Tudo sobre John Deere no Blog do Farmfor.

 

 


15 de abril de 2018

A terrível crise da silagem na Irlanda


crise da silagem

Faltam forrageiras no país e até grama de aeroporto vira alimentação para o gado.

 

Os pecuaristas da Irlanda estão passando dificuldades. Diversos problemas climáticos prejudicaram a produção de forrageiras e silagens no último ano, além da permanência maior dos animais em confinamento. Esta combinação criou uma crise que deve repetir outra já ocorrida no ano de 2013, onde foram registrados prejuízos de cerca de 1 bilhão de euros.

Alguns aeroportos do país ofereceram na crise anterior os gramados ao redor das pistas para que grupos de produtores realizassem o corte. A iniciativa rendeu, só no Aeroporto de Shannon, 1600 rolos de silagem. O procedimento já foi oferecido novamente para os agricultores e deverá começar no verão.

Os grandes produtores estão com os estoques de silagem zerados e importando o produto da Inglaterra. Enquanto isso, os pequenos precisam encarar (quando disponíveis) o preço de 40 euros por um único rolo de silagem, 4 vezes acima do preço em épocas normais. Iniciativas do governo estão cadastrando vendedores e compradores de silagem, uma ajuda “burocrática”.

As empresas que coletam animais mortos nas propriedades rurais estão trabalhando como nunca, recolhendo até 200 carcaças por dia nos campos. É o rebanho morrendo de fome, enquanto aproveitadores tentam emplacar discursos sobre “excesso de animais”, exploração e mudanças climáticas.

Vale lembrar que os agricultores irlandeses não contam com uma ajuda oficial do governo em termos financeiros nesta crise em especial, mas muitos recebem compensação ambiental, como já falamos aqui no blog.

A média no gasto com silagem em propriedades com 100 animais está em 2500 euros por semana (R$ 10 mil), durante esta crise.


14 de março de 2018

SCiO, o analisador de alimentos portátil da Consumer Physics


Do tamanho de um isqueiro, equipamento é capaz de analisar a qualidade e o conteúdo nutricional dos alimentos.

 

Consumer Physics nasceu em 2011, com um projeto que mirava no mercado consumidor de alimentos. Seu invento, o SCiO – um pequeno aparelho capaz de testar alimentos (qualidade, teor de açúcar e gordura) – foi lançado na plataforma Kickstarter, o tradicional site que reúne pessoas para o financiamento coletivo de projetos inovadores. Diversos problemas acabaram atrasando o lançamento, irritando investidores e forçando a empresa a adaptar o negócio para outros mercados.

Foi então que os inventores decidiram ampliar o mercado, atuando também no agro. Em parceria com a Cargill, lançaram aplicativos específicos para a atividade leiteira. O dispositivo usado em conjunto com smartphones agora é capaz de analisar silagem e também a qualidade do leite.

O SCiO custa US$ 499,00 (mais US$ 65,00 para o acessório que testa o leite) e é cobrada uma mensalidade de US$ 180,00 para o uso do serviço de análise, via internet. Na realidade, o dispositivo faz a medição dos sinais e os computadores da empresa dão o resultado em tempo real, daí vem a necessidade da assinatura.

Não é magia, é tecnologia

O SCiO é uma versão em miniatura de um sensor para espectroscopia de infravermelho, velho conhecido da turma dos laboratórios. A parte da obtenção de dados é feita pelo conjunto SCiO/smartphone e a inteligência para distinguir as leituras dos diferentes tipos de alimentos é feita toda na “nuvem”, nos computadores da empresa.

O SCiO em imagens

 

 

 

Onde comprar

É possível comprar o dispositivo no site, para versões de consumidor (você sai por aí medindo todo tipo de comida) ou na versão profissional.

Saiba mais

What Happened When We Took the SCiO Food Analyzer Grocery Shopping.

The SCiO Food Analyzer is On the Job—In the Barn.

Top 10 Dairy Industry Innovators Recognized at World Dairy Expo.


19 de julho de 2017

Kemper e a plataforma de 20 linhas para ensiladeiras


A Kemper desenvolveu o conceito em 2013 e promete colocar no mercado até 2020 esta plataforma de 15 metros.

 

A alemã Kemper tem mais de 100 anos de história e é especialista em ensiladeiras. Fabricam também plataformas de corte e hoje em dia seu maior modelo tem 7,5 metros de largura. Mas eles prometem o dobro.

 

 

A empresa quer colocar no mercado, até 2020, uma plataforma para cortar 20 linhas de milho. A promessa foi feita através de um vídeo:

 

 

Estamos no aguardo!

Veja também: As Maiores Ensiladeiras do Mundo.



Publicidade