Tag: Portugal

29 de dezembro de 2020

Mancozebe é cancelado em Portugal, seguindo regulamentação da UE


Mancozebe




Mancozebe

Para desespero de diversos agricultores em Portugal – especialmente para os produtores de batata – o mancozebe será banido do país e sua venda será proibida à partir do dia 4 de janeiro, seguindo regulamentação da União Européia. A aplicação poderá ser feita até janeiro de 2022.

O Ofício Circular 25/2020 da DGAV do dia 21 de dezembro foi publicado com a seguinte informação:

Assunto: Publicação do Regulamento de execução (UE) 2020/2087 da Comissão de 14 de dezembro de 2020 relativo à não renovação da aprovação da substância ativa mancozebe, em conformidade com o regulamento (CE) 1107/2009 do Parlamento Europeu e do Conselho relativo a colocação dos produtos fitofarmacêuticos no mercado, e que altera o anexo do Regulamento de Execução (UE) 540/2011 da Comissão.

A DGAV informa que foi publicado o Regulamento (UE) 2020/2087 da Comissão de 14 de Dezembro de 2020 relativo à não renovação da aprovação da substância ativa mancozebe.

Na base da decisão comunitária foram identificados vários motivos de preocupação específicos. Em particular, o mancozebe encontra-se com uma classificação harmonizada como tóxico para a reprodução da categoria 1B e não foi possível determinar se o mancozebe preenche os novos critérios para identificação das propriedades desreguladoras do sistema endócrino no que se refere aos seres humanos e, muito provavelmente, aos organismos não visados. Além disso, as estimativas de exposição dos operadores, trabalhadores e pessoas estranhas aos tratamentos excedem os valores de referência para as utilizações representativas avaliadas não podendo ser excluída a exposição ao mancozebe no decurso da aplicação de produtos fitofarmacêuticos contendo a substância ativa.

O Regulamento agora publicado entra em vigor no dia 04 de janeiro de 2021, sendo que o DGAV irá proceder ao cancelamento das autorizações de venda de produtos fitofarmacêuticos contendo mancozebe, não podendo os mesmos serem usados após 04 de janeiro de 2022.

Lisboa, 21 de dezembro de 2020.

Assina o Ofício a Subdiretora Geral Ana Paula de Almeida Cruz de Carvalho.

Medida gera protestos

porbatata

Na página do Facebook da Porbatata, a Associação da Batata de Portugal, alguns produtores reagiram contra o ofício, colocando em dúvida se o produto será proibido também nos países que exportam para Portugal, como o Marrocos e outros fora da União Européia. Em grupos diversos que unem agricultores, o relato é de tristeza, ameaças de fim da agricultura e igualmente preocupação com a entrada de produtos concorrentes sem as mesmas exigências sanitárias. Um membro do grupo “Agricultura em Portugal” resume a situação: Como dizia o meu avô, não morres da doença, mas vais morrer da cura.

Sobre o Mancozebe (via Adama).

O mancozebe pertence ao grupo dos ditiocarbamatos e, mais especificamente, à classe dos compostos conhecidos como etilenobisditiocarbamatos.

O Mancozebe, complexo com sal de zinco, é um fungicida de atividade multissítio que impacta em muitos sítios vitais do metabolismo celular dos fungos, nele estão contidos 20% de manganês e 2,55% de Zinco.

Cada partícula do Mancozebe é composta por uma camada externa rica em zinco, envolvendo um núcleo central de EBDC polimericamente estruturado. Essa é uma estrutura extremamente estável e a baixa solubilidade da camada externa de zinco significa que o EBDC pode passar através dessa camada e ser depositada na superfície foliar em uma taxa controlada.

Esse período de proteção das folhas passa por uma liberação controlada que auxilia na regulação da duração na eficiência do fungicida e aumenta o período de proteção. Logicamente, para resultar em melhor controle, uma camada contínua, ou barreira de mancozebe, deve estar presente na superfície foliar.

Tenacidade, é a capacidade de um fungicida (i.a) permanecer aderido à superfície da planta. Pode ser definida como a capacidade do fungicida a resistir a fotólise, hidrólise, remoção ou lixívia pela chuva, sublimação e volatização.

Além de ser fungicida, matador de fungos, alguns compostos podem apresentar alguns efeitos na fisiologia das plantas, outros ainda mostram um efeito nutricional adicional ou estimulante, e ainda de redução do crescimento da planta tratada.

No entanto, o mancozebe também apresenta esse efeito benéfico ao fornecer às plantas os micronutrientes Mn e Zn, desses apenas o Mn é aplicado em quantidade suficiente para satisfazer à demanda das plantas evidenciando no maior crescimento vegetativo.

Trabalho feito na Embrapa Trigo (Reis e Floss, 1980), demonstrou que o manebe e o mancozebe, pulverizados na folhagem, fornecem elementos minerais que promovem um maior desenvolvimento das plântulas de trigo.

Em relação à toxicologia, o mancozebe tem sido alvo de inúmeras pesquisas exaustivas envolvendo sua toxicologia desde 1970, em extensivas revisões regulatórias em muitos países, e em vários locais concluiu-se que, quando aplicado de acordo com as recomendações da bula, é aceitável para o uso na agricultura moderna.

Os dados completos podem ser acessados no site da Adama Brasil.

Veja também

Resolução do Parlamento Europeu, de 18 de dezembro de 2019, sobre o projeto de regulamento de execução da Comissão que altera o Regulamento de Execução (UE) n.º 540/2011 no que se refere à prorrogação dos períodos de aprovação das substâncias ativas benfluralina, dimoxistrobina, fluaziname, flutolanil, mancozebe, mecoprope-P, metirame, oxamil e piraclostrobina (D064213/02 – 2019/2925(RSP)).

 


23 de julho de 2020

Conheça a tradição da secagem de milho em paredões na França


secagem de milho

 

Espigas de milho são colocadas em gaiolas de tela que formam enormes paredões nos campos franceses, para a secagem da produção

Na França, alguns agricultores ainda adotam uma técnica bem antiga para a secagem de milho em espiga. O produto é colocado em gaiolas ou paredões de tela feitos com madeira e o arranjo chega a ter dezenas de metros de comprimento.

secagem de milho
Paredão de milho: Via Cartes France.
Foto: Henk Binnendijk.
secagem de milho
Foto: Henk Binnendijk.
Foto: Cartes France.

Tudo é instalado ali mesmo na lavoura. O efeito visual lembra uma enorme cerca dividindo os campos. Ao que parece, o roubo de milho não é um problema nestes locais.

Para quem está curioso, o volume médio de chuva anual na região das fotos (La Tour Saint Gelin) é de 696mm (em 112 dias).

É claro que em diversos países do mundo onde o milho é cultivado, alternativas de secagem em pequenas propriedades incluem a armazenagem ao ar livre em estruturas similares. Na França, pelo tamanho dos secadores e o aspecto visual nos campos, torna-se algo único.

Veja também

Os espigueiros (também conhecidos como canastro ou caniceiro) armazenam milho em Portugal e são uma obra de arte. Confira no Blogue do Minho.


12 de abril de 2020

Supermercado e laticínio unidos para doação de leite em Portugal


leite para hospitais

Ação conjunta doará 25 mil litros de leite para hospitais , ajudando também a escoar a produção das propriedades

O laticínio português Montiqueijo fez uma parceria com a rede de supermercados Recheio Cash & Carry para doar 25 mil litros de leite para os hospitais do país.

O leite da marca Amanhecer será embalado e distribuído pelo supermercado em 125 mil unidades de 200 ml cada.

O leite será consumido pelos pacientes internados e também pelos profissionais de saúde destes estabelecimentos.

A notícia vem em boa hora. Já divulgamos aqui no blog a triste situação dos produtores de leite em Portugal (de ovelha), no Reino Unido e nos Estados Unidos. Ações assim são um alento nesta época obscura de pandemia e quarentenas.

Que mais empresas sigam o exemplo, no mundo todo.

Visto primeiro no Agroportal.


19 de março de 2020

Coronavírus provoca descarte de leite em Portugal


coronavírus provoca

Impossibilitado de escoar a produção, agricultor de Portugal joga fora milhares de litros de leite de ovelha e lamenta em vídeo nas redes sociais

Um agricultor da região de Cabeço de Vide, cerca de 200 km de Lisboa, amargou um enorme prejuízo com a sua produção de leite de ovelha por culpa do coronavírus. Seu comprador, um laticínio produtor de queijo, parou a fabricação e simplesmente não recebe mais o insumo.

Veja também: Coronavírus: agricultores estão ajudando a desinfetar ruas na Espanha.

Outros laticínios da região vão no mesmo caminho. Sem alternativas, só restou ao produtor jogar fora tudo o que estava armazenado nos resfriadores.

https://www.facebook.com/100003299659321/videos/3039710109482281/
O lamento, em vídeo.

Portugal já está em estado de emergência e tem (em 19/3/2020) 785 casos de infecção e três mortes.

Saiba mais

Covid-19. A situação ao minuto em Portugal e no mundo.


26 de novembro de 2019

Colheitadeira tomba em área urbana em Portugal


colheitadeira tomba

O pequeno acidente aconteceu na cidade de Beja, em Portugal. Ninguém ficou ferido, foi só o susto

Uma colheitadeira de olivas, provavelmente da marca Braud / New Holland tombou em área urbana da cidade de Beja, em Portugal.

Um defeito no sistema hidráulico fez a roda traseira erguer a máquina, até o tombo ser inevitável. O sinistro foi flagrado em vídeo.

Colheitadeira tomba em Portugal

A façanha foi duvulgada pelo site O Digital de Portugal e o crédito do vídeo é do usuário Leinad Seuqram. Ninguém ficou ferido.


22 de fevereiro de 2019

Açores quer abater 10 mil vacas para aumentar o preço do leite


Açores

Arquipélago no Atlântico pensa em tomar medidas drásticas para melhorar a situação dos produtores de leite, um uma queda de braço com laticínios

O Arquipélago de Açores fica no Atlântico, distante cerca de 1600 km de Portugal. As 9 ilhas que fazem parte do arquipélago possuem 2322 km2 , com uma população de 247 mil habitantes. Em 2015, o rebanho leiteiro de Açores era de 89 mil cabeças que produziram 250 milhões de litros, resultando em 58,6 milhões de litros de leite UHT e 12 mil toneladas de queijo. Para saber mais dados sobre a agricultura do Açores, acesse este documento em PDF.

Agora, enfrentando uma crise de preço e conflitos com os laticínios, a associação dos produtores do arquipélago pensa em adotar uma solução radical para o preço baixo recebido pelo leite na região: abater 10 mil cabeças, já agora no mês de maio.

O valor pago ao produtor pelo litro de leite no Açores é o mais baixo da Europa, ficando em cerca de 27,49 centavos de euro, sendo que é considerado um dos melhores em qualidade, em toda a União Européia.


21 de fevereiro de 2019

Operador de Trator em Portugal precisará de curso obrigatório


operador de trator

Condutores terão dois anos para regularizar a situação, conforme nova lei vigente no país para a profissão de operador de trator

Para pilotar trator em Portugal, os operadores precisarão fazer um curso de formação obrigatório, tudo de acordo com um novo decreto-lei do final de 2017. A medida visa diminuir os acidentes com tratores e máquinas agrícolas.

Além da carteira de motorista, o operador de trator deverá possuir cursos de nome “Conduzir e operar com o trator em segurança” ou “Condução e operação com o trator em segurança”, com duração entre 35 e 50 horas.

Segundo reportagem do site Observador, Portugal teve uma média de 5 acidentes fatais por mês em 2017 (em um país com 2,3 milhões de hectares dedicados a agricultura, metade da área plantada com soja no Rio Grande do Sul). É o terceiro país da Europa com mais acidentes com tratores, atrás apenas da Grécia de da Polônia.

Leia mais sobre Tratores no Blog do Farmfor.


9 de novembro de 2017

Trabalhadores rurais na Europa: onde estão e média de idade


Trabalhadores Rurais

Dados do Eurostat mostram uma Europa com poucos jovens no campo

 

O site do Eurostat publicou um gráfico mostrando os dados sobre a quantidade de trabalhadores rurais no continente europeu, distribuição entre os países, faixa etária e sexo.

No ano de 2015, cerca de 10 milhões de pessoas trabalhavam com agricultura na Europa, o que corresponde a 4,4% da força de trabalho no continente. Em 2016, um terço desta força de trabalho era composta por mulheres, com 45% na Áustria, contra 12% de trabalhadoras na Irlanda.

O envelhecimento é notável: 60% dos trabalhadores na agricultura estão com idades entre 40 e 64 anos, 32% com menos de 40 e 9% acima dos 64. Os mais velhos estão em Portugal (42% dos trabalhadores acima de 64 anos) contra 22% da Irlanda e 19% no Reino Unido.

 

 

Romênia e Bulgária estão no topo a força de trabalho rural, distantes do terceiro lugar, ocupado pela Grécia.

Saiba mais (em inglês), no site do Eurostat.


13 de abril de 2017

Multa de até R$ 120 mil para quem plantar eucalipto em Portugal


plantar eucalipto

Proposta de lei do governo quer travar o plantio de eucalipto no país

 

Plantar eucalipto em Portugal sem uma série de regras impostas pelo governo, poderá resultar em multas pesadas. Um projeto de lei quer barrar o plantio no país.

O projeto de lei do executivo proíbe arborização com espécies do gênero eucaliptus, prevendo-se que a rearborização com esta espécie “só é permitida quando a ocupação anterior constitua um povoamento puro ou misto dominante”.

O projeto determina ainda que para uma nova plantação de eucalipto surgir, outra deve ser eliminada.

Além da multas, quem plantar poderá perder o registro profissional e as máquinas e implementos encontradas no “local do crime” serão confiscados pelo governo. A ação mira nas produtoras de celulose e papel, em atividade no país.

O PL foi enviado ao parlamento.

Via Jornal de Negócios e Agroportal.



Publicidade