Arquivos Australia - Blog do Farmfor Blog do Farmfor

Tag: Australia

3 de junho de 2020

Chaff Deck e o manejo das plantas daninhas pós-colheita


Chaff Deck

Implemento desenvolvido na Austrália alinha a palha da colheitadeira para concentrar as sementes das plantas daninhas em duas trilhas, facilitando o manejo

Por diversas razões, nem todo mundo usa plantio direto. Da Austrália, vem o exemplo do Chaff Deck, um implemento que dá um destino diferente para a palha na saída da colheitadeira.

O Chaff Deck é um dispositivo colocado na saída de palha da colheitadeira que direciona a mesma para duas trilhas que serão administradas pelo manejo pós-colheita escolhido na propriedade.

Chaff Deck em imagens

A trilha após colheita.
Chaff Deck
O implemento instalado.
Chaff Deck
Instalado em uma CASE IH.
Chaff Deck
Instalado em uma John Deere.
Chaff Deck
Instalado em uma Claas Lexion
Aspecto futuro das trilhas em uma lavoura

As trilhas dificultam a germinação das plantas daninhas, diminuindo ou zerando a necessidade de herbicidas, queimadas e também facilitando o manejo com sistemas de tráfego controlado. O espaço entre as trilhas é configurável.

O kit completo custa cerca de 12 mil dólares australianos (R$ 42 mil na cotação de hoje) e é fabricado pela empresa EMAR. No site, é possível conferir uma série de postagens (em inglês) com exemplos de uso do implemento e as vantagens encontradas, sempre levando em conta que é a realidade australiana.


21 de maio de 2020

International Harvester Acremaster, o gigante australiano


acremaster

A empresa australiana Acremaster fabricou tratores para a International Harvester em meados dos anos 80

A Acremaster foi uma fabricante de tratores australiana que passou por “várias mãos” e construiu entre os anos de 1983 e 1985 modelos para a International Harvester.

Fundada em 1975 na cidade de Merredin por Laurie Philips, a empresa construiu e vendeu modelos próprios com a marca Philips-Merredin ou apenas Philips. Em 1984, foi vendida para Don Zanetic e mais tarde para a Horwood Bagshaw. No final, o fundador foi trabalhar com o fabricante de tratores articulados Phoenix. Os dados são do Tractor Fandom.

A empresa encerrou as operações em 1985.

International Harvester Acremaster

Um Acremaster A210 puxando uma plantadeira DBS

Os tratores da Acremaster usavam principalmente motores da Mercedes-Benz V6, V10 e V12, com alguns modelos usando Cummins. A linha International Harvester tinha entre 210 e 520 hp. Para a época, alguns itens eram destaque como a cabine confortável e silenciosa, compressor de ar e a robustez típica das máquinas australianas, feitas para durar.

Veja também

Uma colheitadeira elétrica feita na Austrália.


22 de abril de 2020

Direito de consertar: australianos na briga entre agricultores e fabricantes


direito de consertar

O movimento right to repair (direito de consertar) ganhou o auxílio de uma entidade australiana de proteção do consumidor, na briga pelo acesso ao software dos tratores

A briga entre agricultores e grandes fabricantes de tratores pelo direito de consertar o próprio maquinário já foi tema de texto no Blog do Farmfor aqui e aqui (leiam clicando nos links). Agora, a celeuma ganhou mais um capítulo.

A Australian competition and consumer watchdog, ou ACCC, uma espécie de Procon misturado com Cade lá da Austrália (exagerando) quer saber mais sobre o relacionamento entre os agricultores que compram tratores e os fabricantes, se estes possuem acesso a ferramentas de software (programas de computador) e peças para reparar os próprios tratores.

Na realidade os agricultores – alguns vivendo em áreas bem isoladas do país – ficam dias sem acesso aos próprios tratores no caso de defeito, esperando a assistência técnica do fabricante aparecer no local e consertar o equipamento. Se fizerem algo por conta, correm o risco de perder a garantia.

A ACCC começou ouvindo os fabricantes. Segundo reportagem da ABC australiana, cinco representantes de grandes marcas agrícolas já foram ouvidos, agora é a vez dos agricultores.

A investigação da ACCC não tem caráter judicial, é apenas uma pesquisa com os dois lados do conflito.

Direito de Consertar – leia também

Em fevereiro, a ACCC publicou um documento sobre o pós-venda de máquinas agrícolas na Austrália. Leia (em inglês) neste link.

Nossa opinião

Se por um lado tratores já não são mais as máquinas humildes do passado, quando os próprios agricultores muitas vezes dominavam 100% da manutenção, hoje são máquinas complexas que envolvem também partes eletrônicas e computadores, mas também fazem o serviço com mais qualidade (ou deveriam).

As empresas de máquinas agrícolas investiram muito dinheiro ao longo dos anos em desenvolvimento, é aceitável que protejam certas partes, desde que isso fique bem claro no momento da compra, sem dúvidas entre as partes. É desejável também que os fabricantes de todos os portes tenham liberdade para criar, vender e dar manutenção em sistemas mais abertos (pode surgir aí uma nova oportunidade).

Por fim, se ainda não chegou ao agro, é questão de tempo: tecnologias abertas um dia farão parte da rotina dos agricultores, da lida com as máquinas até a forma como usam GPS. As grandes marcas vão em um primeiro momento sentir o impacto desta concorrência. Depois, aderir. Aguardem.

Foto da capa: John Deere under Australian skies: Bahnfrend (CC BY-SA 4.0)

Informações extras

RIGHT TO REPAIR: TRACTOR MANUFACTURERS MIGHT HAVE MET THEIR MATCH IN AUSTRALIA.

JOHN DEERE AND NEBRASKA’S RIGHT TO REPAIR, THE AFTERMATH OF A FAILED PIECE OF LEGISLATION.

As farmers fight for the right to repair their tractors, an antitrust movement gains steam.



Publicidade