Tag: Aeroporto

28 de janeiro de 2021

Chafer Deicer é o pulverizador de aeroporto


chafer deicer




Fabricado pela Chafer, tradicional empresa britânica de máquinas agrícolas, o Chafer Deicer é um pulverizador que é muito parecido com os seus irmãos agrícolas, mas desenvolvido para pulverizar um produto especial nas pistas dos aeroportos das regiões frias, para retirar o gelo do asfalto.

Puxados pelo trator (ou autopropelidos montados em chassis de caminhão) os modelos do Chafer Deicer (o nome vem da palavra “de-icer”, ou descongelador em inglês) possuem capacidades de 2000 até 16000 litros no tanque e 30 metros de barra. A aplicação é feita com GPS, para controlar as passadas onde o produto já foi aplicado e documentar o processo, com os mapas do trabalho realizado enviado para os supervisores dos aeroportos.

O Deicer ainda possui um sistema que muda o bico de aplicação conforme a velocidade.

Chafer Deicer em fotos

chafer deicer

 

 

chafer deicer

 

chafer deicer

 

O produto usado no Chafer Deicer

Entre os produtos mais usados para a remoção de gelo das pistas dos aeroportos estão ureia, etileno/propilenoglicol, acetato de sódio, acetato de potássio (KAc), formato de sódio e formato de potássio.

A Chafer

A Chafer projeta e fabrica os seus pulverizadores no Reino Unido, desde 1901. É forte no mercado de pulverizadores agrícolas, distribuidores de fertilizantes sólidos e também nos equipamentos para aeroportos.


19 de maio de 2019

Valtra lança trator autônomo para retirar neve das pistas nos aeroportos


Valtra lança

Conceito de trator robô foi criado em cooperação com diversas empresas e está em teste na Finlândia.

A Valtra está lançando um projeto para tirar a neve das pistas nos aeroportos mais distantes da Finlândia, mantendo a operação segura até em situações onde as instalações estão sem funcionários ou com operação limitada.

O projeto The Runway Snowbot é uma parceria com as empresas Neste, Nokian Tyres, Vammas e Finavia, responsável pela administração dos aeroportos no país.

O sistema é bem interessante: ao detectar o acúmulo de neve na pista, o operador aciona os robôs e dois tratores Valtra vão fazer a limpeza do asfalto, não sem antes abastecer com biodiesel em uma bomba de posto totalmente “robotizada”. Com tudo limpo, os tratores voltam para o galpão.

Braço robótico abastece o trator antes do serviço.

O vídeo abaixo (em inglês) mostra o conceito do sistema em operação.

Quase todas as marcas de tratores estão avançando em projetos de máquinas autônomas, cada uma com o seu perfil. A Valtra não fica para trás e embora esta não seja uma aplicação agrícola, as descobertas aqui poderão abrir novos caminhos no campo, em um futuro bem próximo.

Leia mais sobre tratores Valtra no Blog do Farmfor.


19 de abril de 2019

Aeroporto da Irlanda libera o corte da grama para fabricação de silagem


aeroporto da irlanda

A grama no entorno das pistas do aeroporto de Dublin é retirada com ensiladeiras e transportada por diversas equipes de trabalho

Recentemente, a Irlanda passou por uma grande crise nos estoques de silagem por questões climáticas. Na época, o aeroporto de Dublin liberou, de forma emergencial, que produtores cortassem a grama em volta das pistas para que fosse fornecida aos animais.

Agora, a atividade deu certo e o aeroporto continua liberando o corte. Uma mão lava a outra: a grama é aparada e os produtores contam com uma fonte de matéria-prima para silagem.

O trabalho é feito em um ambiente de segurança máxima: todos os tratoristas são revistados na entrada e na saída, passam por máquinas de raios-x e diversas etapas para verificação. Também é exigido muito cuidado com a velocidade da ensiladeira para que a grama não levante e invada a pista.

https://www.youtube.com/watch?v=V1_Pz3l9bl0

O vídeo acima, do site Agriland, mostra um pouco do trabalho das equipes que cortam a grama entre terminais de carga e aviões. Não deixa de ser uma atividade curiosa, as vaquinhas vão comer um pouco de “comida de aeroporto”.



Publicidade