Tag: Tradição

23 de julho de 2020

Conheça a tradição da secagem de milho em paredões na França


secagem de milho

 

Espigas de milho são colocadas em gaiolas de tela que formam enormes paredões nos campos franceses, para a secagem da produção

Na França, alguns agricultores ainda adotam uma técnica bem antiga para a secagem de milho em espiga. O produto é colocado em gaiolas ou paredões de tela feitos com madeira e o arranjo chega a ter dezenas de metros de comprimento.

secagem de milho
Paredão de milho: Via Cartes France.
Foto: Henk Binnendijk.
secagem de milho
Foto: Henk Binnendijk.
Foto: Cartes France.

Tudo é instalado ali mesmo na lavoura. O efeito visual lembra uma enorme cerca dividindo os campos. Ao que parece, o roubo de milho não é um problema nestes locais.

Para quem está curioso, o volume médio de chuva anual na região das fotos (La Tour Saint Gelin) é de 696mm (em 112 dias).

É claro que em diversos países do mundo onde o milho é cultivado, alternativas de secagem em pequenas propriedades incluem a armazenagem ao ar livre em estruturas similares. Na França, pelo tamanho dos secadores e o aspecto visual nos campos, torna-se algo único.

Veja também

Os espigueiros (também conhecidos como canastro ou caniceiro) armazenam milho em Portugal e são uma obra de arte. Confira no Blogue do Minho.


1 de novembro de 2017

Vídeo de neto levando o avô para a colheita faz sucesso na internet


vídeo de neto

O americano encontrou uma forma inusitada para levar o avô – de 93 anos – até a cabine da colheitadeira.

 

Taylor Johnson é um jovem agricultor da cidade de Le Grand, no estado de Iowa. Sua família está na atividade desde os anos 20, sendo ele a quarta geração dedicada ao cultivo na pequena propriedade com cerca de 48 hectares.

O avô de Taylor, o patriarca Norman Johnson, hoje tem 93 anos e sofre com diversos problemas de saúde, incluindo a famigerada demência. Com dificuldades de locomoção, o Sr. Norman recebeu a ajuda criativa do neto para subir na colheitadeira e curtir as últimas voltas da colheita deste ano: uma empilhadeira com uma pequena plataforma fez o serviço.

 

 

Taylor postou o vídeo da “gambiarra” em seu facebook pessoal, fechado para os amigos. Com o pedido de um parente para abrir a publicação para compartilhamentos, a cena foi curtida e compartilhada por milhares de pessoas, ganhando páginas de destaque nos jornais locais.

Até o momento desta postagem, o post no facebook conta com 3200 curtidas e 2714 compartilhamentos. Deixe a sua também, acessando o post completo (do vídeo acompanhado de foto) através deste link.

 

 



Publicidade