Tag: Romênia

20 de janeiro de 2021

Conheçam a incrível Agricost, a maior fazenda da Europa


agricost




agricost

A Agricost é a maior fazenda da Europa e está situada na ilha de Braila, na Romênia. Seus 57 mil hectares produzem com o que há de melhor em maquinário no mundo, além de potentes sistemas de irrigação.

A ilha tem em média 60 km de comprimento por 11 km de largura e é subdividida em 29 unidades de produção. Essa gigante pertence a um fundo de investimento dos Emirados Árabes Unidos, o Al Dahra, desde 2018. A ilha foi comprada por 200 milhões de euros do empresário Constantin Dulute.

 

O pátio movimentado na Agricost.

A mega fazenda tem todo um sistema de armazenagem de grãos com capacidade para 50 mil toneladas e um porto próprio. E o movimento é grande na época de safra, já que a fazenda produziu (por exemplo) ainda em 2016 a marca de 416 mil toneladas de grãos, principalmente milho e soja.

Setenta por cento da propriedade é irrigada e no galpão estão 200 tratores Case IH Steiger e 100 colheitadeiras, a maioria da Claas, trocadas a cada oito anos. Entre maquinário e irrigação (eles possuem 400 pivots), a Agricost consome por ano cinco milhões de litros de diesel.

 

Agricost no Google Earth.

A Agricost recebe subsídios

Apesar de toda esta estrutura milionária, a fazenda ainda recebe subsídios da União Européia, cerca de US$15 milhões por ano. O custo de produção por hectare é de 1428 euros (eles recebem em média 175 euros por hectare em subsídios) e lucram no final 725 euros por hectare. Os dados são do Site GrainNews.

Segundo o jornal romeno Ziarul Financiar, a Agricost lucra cerca de 19 milhões de euros por ano (e crescendo). Nada mal!

 

 


16 de julho de 2020

Trator romeno Irum Tagro 102 é o maior da marca


irum tagro

A marca fabricante do trator romeno começou a funcionar em 2019 com um investimento de 4 milhões de euros, quebrando o jejum de 10 anos do setor

A Romênia também tem trator. O fabricante Irum começou a desenvolver tratores no país, com a linha Tagro. São três modelos: o pequeno 86, o 95 médio e o top de linha Irum Tagro 102.

Tagro 102

O Tagro 102 tem motor FTP (Fiat Power Train) de 4 cilindros em linha de 102 hp, transmissão de 12 velocidades e pesa 4000 kg (sem contrapeso). O tanque de diesel tem 110 litros de capacidade e o adblue leva 20 litros. Você acessa os detalhes completos (em inglês) neste link.

Irum Tagro

A Irum também fabrica tratores para a área florestal e diversos implementos agrícolas. a empresa era uma estatal romena fundada em 1953 e que foi privatizada em 1999. Os tratores agrícolas entraram em produção em 2010, em um acordo com a vizinha Bielorrússia.

Trator e futebol

Em 2019, a empresa lançou uma edição especial de trator. O Tagro U100 “Black Edition” tractor foi dedicado ao time de futebol FC Universitatea Cluj, pelo centenário da agremiação.


27 de julho de 2018

Ministro da Agricultura da Romênia compara sacrifício de suínos a assassinatos de judeus


Ministro da Agricultura da Romênia

Comparação infeliz foi realizada durante entrevista a um programa de televisão e já tem gente pedindo o cargo do ministro.

 

Petre Daea, ministro da agricultura da Romênia, cometeu uma gafe (na falta de outra definição) durante um programa de TV, quando relatava o sofrimento dos suinocultores do país ao serem obrigados a mandar toda a produção para o sacrifício, por conta de um surto de peste suína africana. Ao descrever a eficiência do sistema incinerador, declarou que “tudo era um trabalho extraordinário, é como Auschwitz“.

Cerca de 45 mil suínos foram enviados para o abate.

 

 

O ministro pediu desculpas na última quinta e declarou que viu o sofrimento na face dos agricultores e usou estas palavras para expressar o sentimento que testemunhou

A Embaixada de Israel na Romênia divulgou nota sobre o ocorrido, dizendo que o ministro deu esta declaração por falta de um maior entendimento sobre o que foram na realidade o holocausto e Auschwitz, sem o propósito de desonrar a memória de milhões de vítimas.

Já os adversários do ministro pegaram mais pesado: querem a cabeça do homem e que o mesmo libere imediatamente o cargo.

 

Com dados do News Front e do Haaretz.

 

Veja também: África do Sul enfrenta surto de Peste Suína Africana.

 

 

 

 


7 de janeiro de 2018

Previsão do tempo pelo baço do porco


Baço do porco: uma sabedoria dos antigos, muito comum no leste europeu.

 

Uma prática dos antigos e ainda em uso nos círculos tradicionalistas das comunidades rurais, lá no leste europeu: a previsão do tempo através da “leitura” do baço do porco, durante o abate.

O procedimento tem regras. O animal deve ser abatido no outono ou no início do inverno. Um “baço de primavera” não é capaz de fornecer os dados com precisão.

Com o baço na mão, o leitor divide mentalmente em seis pedaços a peça – cada parte representa um mês do ano – começando a investigação pela extremidade mais próxima da cabeça do animal.

 

Baço do porco na mão de homem

 

Onde o baço fica mais grosso, está a indicação de um clima mais severo (mais frio). Uma protuberância, tempestades mais sérias. Outras diferenças no órgão podem indicar muito vento ou chuvas.

É claro que hoje em dia, a comunidade científica ri de certas crendices populares como a previsão do tempo pela leitura do baço. Ironicamente, estas tradições são criadas muitas vezes por várias leituras que dão certo, com precisão aceitável para os padrões da época.

 

Homem com carcaça de porco

 

A tradição na Romênia

 

O canal do Youtube Turism Bucovina, da Romênia, tem um vídeo fantástico onde é exibido o abate de um suíno em uma pequena comunidade rural daquele país (eles comentam sobre a leitura aos 4:30 do vídeo). Nós recomendamos a visualização pois muitos dos seguidores do Farmfor vão lembrar de alguns procedimentos, comuns em todo o mundo rural.



Publicidade