Tag: Nutella Wars

1 de fevereiro de 2019

França vai aumentar preço da Nutella para proteger agricultores


Nutella

Intervencionismo francês quer modificar a forma como as redes de supermercados distribuem a margem de lucro entre os produtos vendidos

Segundo os burocratas franceses, o aumento obrigatório do preço de determinados produtos pode significar uma margem de lucro garantida para os agricultores.

A mão pesada do governo por lá já proíbe as redes de venderem itens abaixo do preço de custo em promoções e agora quer aumentar o valor de venda de produtos como Nutella, Nescafé e Coca-cola, com um argumento questionável: os estabelecimentos estariam baixando o preço destes produtos para atrair mais clientes e descontando o prejuízo pagando menos aos agricultores nos setores de hortifrutigranjeiros e laticínios, por exemplo.

Para o bem de todos, a ordem é aumentar o preço da Nutella!

A medida obviamente desagrada os supermercados e é vista com desconfiança até mesmo pelas entidades que defendem os agricultores no país. A posição oficial do SRP, o sindicato que representa os produtores franceses é a de que a entidade faz parte de um sistema que defende uma melhor distribuição do valor e não a elevação de preços, melhores preços para os agricultores sem tirar proveito dos consumidores.

Este é o governo francês: fazendo algo que os supermercados, agricultores e consumidores não querem, pelo bem de todos.

Via Euronews.


31 de janeiro de 2018

Governo da França quer que os agricultores controlem os preços nos supermercados


Governo da França

Projeto do Ministério da Agricultura quer modificar totalmente a relação entre produtores e supermercadistas

 

Os supermercados na França são proibidos de jogar comida no lixo. Uma legislação já definiu que os gerentes que desobedecerem a regra estarão sujeitos a multa e até cadeia. As redes precisam doar os alimentos ou enviar para compostagem, fabricação de ração animal ou bioenergia.

Mais um passo para o controle governamental no segmento está para acontecer: um conjunto de medidas proposto pelo ministro da agricultura Stéphane Travert determina que produtores rurais terão controle nos preços praticados nos supermercados. Vejam alguns itens do “pacotaço” francês:

Promoções “compre um, leve dois” estão proibidas. Vendas do tipo “compre dois, leve três” estão liberadas.
Desconto máximo de 25% no preço de venda das mercadorias.
Obrigação da venda de produtos pelo menos 10% acima do preço de compra. Outras leis na França já proíbem a venda a preço de custo ou abaixo deste.
Criação de um sistema de preços mínimos baseados no custo de produção + margem de lucro para os agricultores. Na prática, os agricultores passam a determinar os preços.
Uso de pelo menos 20% de produtos orgânicos nos restaurantes.

Os supermercados franceses estão nas manchetes dos jornais deste o final de janeiro de 2018, quando centenas de pessoas entraram em guerra para comprar potes de Nutella com descontos de até 70% em algumas redes.

Saiba mais sobre Nutella Wars e o controle de preços francês.



Publicidade