Tag: NH3

12 de junho de 2022

Trator movido a amônia está em testes nos Estados Unidos


trator movido a amônia

O protótipo da empresa Amogy foi montado em um trator John Deere e promete um sistema com zero emissões de carbono

trator movido a amônia

 

Trator movido a amônia

A empresa americana Amogy tem sede em Nova Iorque e é especializada no que chama de “descarbonização”. Para tanto, desenvolve sistemas que substituem motores diesel usando amônia como combustível. A agricultura está na mira, principalmente pela prática já consolidada do uso de amônia nas propriedades americanas. A infraestrutura já está lá, basta adaptar.

No final de maio, a Amogy testou com sucesso o protótipo de um trator movido a amônia em seus galpões no Brooklyn, em Nova Iorque. Tendo como base um trator John Deere 6195M, o sistema ammonia to power transforma a amônia em hidrogênio, que então alimenta uma célula de hidrogênio de 100 kW.

 

amogy

 

trator

 

trator john deere amônia

 

Ainda vai demorar um pouco para os sistemas da Amogy chegarem nas propriedades rurais americanas. Ainda em 2022, a empresa planeja desenvolver uma versão de 1 MW do seu conversor, com testes em caminhões e embarcações. Ainda sobre o trator: colocar vários protótipos funcionando em ambiente controlado é uma coisa, fazer um produto final onde seja seguro lidar e operar com a amônia no dia a dia, é um longo caminho.

Saiba mais sobre os sistemas da Amogy no site da empresa.


17 de junho de 2017

Aplicação de amônia anidra com a Genesis TRX


Aplicação de amônia

Parece uma plantadeira, mas não é. O equipamento tem uma esteira para cada linha, cortando o solo e injetando a amônia

 

Em outros países, o uso de amônia anidra como fertilizante é muito comum. A lida consiste em aplicar o produto que vem diretamente de tubos pressurizados, liberando o vapor de forma controlada no solo, misturando com a umidade.

A amônia anidra tem ponto de ebulição em – 33 ºC e é transportada em tanques pressurizados. Sua operação requer bons equipamentos e treinamento, visto que uma mangueira, em caso de vazamento, pode jogar o produto na pele e causar queimadura imediata.

Entre vários fabricantes e modelos para o uso da amônia anidra, vamos dar aqui o exemplo do Genesis TRX, da americana AgSynergy. Cada linha de aplicação tem um par de esteiras de borracha, com um disco de corte e o tubo aplicador bem no meio do arranjo. Quem olha de longe o trabalho, pode até se enganar e pensar que a lida é de plantio. Na sequência, fotos e vídeo:

 

 

 

 



Publicidade