Tag: Análise de Solo

24 de março de 2022

Entidade britânica recomenda: análise de solo enterrando a calcinha


enterrando a calcinha

Experimento da LEAF mostra a ligação entre calcinhas de algodão e a saúde do solo e não é nada do que você está pensando

enterrando a calcinhaPare de pensar bobagem. Apesar do título chamativo, o experimento é sério.

A ONG britânica LEAF (Linking Environment And Farming) preparou uma campanha incentivando agricultores a enterrar uma calcinha no solo de suas propriedades. A experiência visa revelar a qualidade do solo do local e os resultados encontrados pelos participantes serão exibidos em um evento nacional em junho, o LEAF Open Farm Sunday. Nesta ocasião, várias propriedades participantes recebem a visita do público.

 

A campanha tem até uma hashtag nas redes sociais – #LOFS22 – e os agricultores são convidados a escrever na calcinha e postar fotos no Instagram e Twitter. Deve ser ainda cedo, já que não encontramos uma única postagem.

Os participantes deverão enterrar uma calcinha feita 100% de algodão na profundidade de 20 cm e deixar a peça íntima assim por pelo menos 60 dias. As formas de vida presentes no solo deverão comer o açúcar da celulose, decompondo o material. Ao final do teste, se a calcinha estiver intacta, má notícia! O solo está pobre em biota. A atividade educacional não é nova e outros países já adotaram a iniciativa, mas não deixa de ser interessante.

Leia também

Veja como é feita a coleta de leite em uma propriedade da Inglaterra

 


5 de setembro de 2018

Agropad: análise de solo usando um pedaço de papel e um celular


agropad

Agropad é o sistema da IBM que faz análise de solo de forma rápida e fácil, usando um aplicativo de celular e um pedaço de papel do tamanho de um cartão de visitas

 

Imaginem as possibilidades: análises de solo rápidas e realizadas quase em tempo real no local da amostra, facilitando a tomada de decisão dos agricultores. Esta é uma das propostas do Agropad, sistema em desenvolvimento da IBM que combina um chip que é capaz de analisar a composição química do solo e apontar a quantidade de cada um dos elementos presentes, modificando as cores de círculos em um cartão conforme o resultado. Tudo é interpretado usando a câmera do celular e um aplicativo de inteligência artificial capaz de “entender” o que significam as variações no papel.

 

 

A coisa toda funciona mais ou menos assim: é feita a mistura do solo com um líquido. Uma gota do composto é colocada no verso do papel (que contém um chip de análise) e a parte frontal muda a cor de pequenos círculos que são fotografados e interpretados pelo aplicativo. Tudo isso em apenas 10 segundos. Todos os dados vão para a nuvem após a coleta.

Além de solo, o Agropad também analisa água.

O sistema mede pH, dióxido de nitrogênio, alumínio, magnésio e cloro. Não há informação sobre preço final ao consumidor nem data em que estará disponível.

 

Veja também:

SCiO, o analisador de alimentos portátil da Consumer Physics

 

 

 



Publicidade