Tag: Genética

19 de outubro de 2019

A maioria das vacas leiteiras nos EUA descendem de apenas 2 touros


vacas leiteiras

Falta de diversidade genética é vista por especialistas como ameaça ao rebanho leiteiro nos Estados Unidos

A National Public Radio destaca reportagem sobre o rebanho leiteiro americano e uma curiosidade: a maioria das vacas nas propriedades do país descendem de apenas dois touros.

Como os produtores tendem a comprar sêmen quase sempre dos animais que mais se destacam no catálogo dos poucos fornecedores (geralmente pelo índice da produção das filhas deste touro, registrado ao longo do tempo) , a diversidade genética foi empobrecendo no país.

vacas leiteiras
Vacacs leiteiras: duas grandes famílias nos Estados Unidos.

Os dois touros que são considerados os ancestrais quase únicos nos Estados Unidos nasceram entre os anos 50 e 60. São eles o Round Oak Rag Apple Elevation e o Pawnee Farm Arlinda Chief.

Pesquisadores da Pennsylvania State University estão tentando reverter este quadro, criando novas linhagens com sêmens que estão guardados há muito tempo pelo “Ministério da Agricultura” americano. Estas amostras estão em uma instalação do governo em Fort Collins, no Colorado.

Os resultados e a comparação genética destas “bovinas perdidas no passado” ainda serão objeto de estudo por muito tempo. Até lá, o rebanho americano seguirá com suas duas grandes famílias.

Leia também: Holanda inaugura primeira fazenda flutuante para gado leiteiro do mundo.


27 de janeiro de 2018

Bill Gates vai investir 40 milhões de dólares para criar uma super vaca


Bill Gates

O criador do Windows agora quer vacas leiteiras de alta produção e resistência

 

O bilionário Bill Gates, através da Bill and Melinda Gates Foundation – entidade filantrópica que mantém junto com a mulher e que doará grande parte de sua fortuna para projetos que aliviem a pobreza do mundo – quer criar um novo tipo de vaca.

O bilionário vai investir 40 milhões de dólares em parceria com a Universidade de Edimburgo, na Escócia, para desenvolver cruzamentos de raças de alta produção leiteira com raças africanas, de baixíssimo rendimento, mas com muita resistência física, comendo menos.

Além dos cruzamentos, sistemas de software deverão auxiliar no desenvolvimento de vacinas para rebanhos de países tropicais.

Bill Gates tem uma fortuna avaliada em 92,5 bilhões de dólares. Dinheiro é o que não falta. E nem mesmo leite, já que o volume do produto ofertado em diversos países, é suficiente para aplacar a fome de muitas populações sem vocação para manter uma vaquinha. E o preço, baixíssimo.


14 de outubro de 2017

Vaca holandesa geneticamente editada e sem chifres


vaca holandesa

Mochar a vaca pode virar coisa do passado com ajuda da engenharia genética

 

Não é exclusividade da empresa, mas os cientistas da Recombinetics, uma empresa da cidade de Saint Paul, no estado do Minnesota (EUA) estão editando os genes de vacas holandesas para criar uma versão sem chifres da raça leiteira.

O processo de retirada dos chifres é um procedimento que causa um certo nível de dor e stress ao animal. Uma “versão” sem chifres elimina esta etapa e isto representa uma queda nos custos da produção, além de deixar a atividade mais amigável.

 

A empresa ainda tem outros produtos, como a castração genética de suínos e versões de animais com resistências a diversas doenças. Notem que edição genética não se trata de Modificação (GMO) pois a tecnologia só altera os genes já presentes no animal, sem inserir genes de outras espécies.

Você pode entrar em contato com os canais oficiais da empresa através deste link (em inglês).

 

 

 



Publicidade