Tag: Crise do Leite

10 de abril de 2020

Um milhão de litros de leite descartados por dia no Reino Unido


um milhão de litros

Propriedades leiteiras são orientadas a descartar a produção do dia e já não recebem a visita do caminhão de coleta. O leite já falta nos supermercados

Uma reportagem do site Daily Mail destacou a crise na pecuária leiteira do Reino Unido, causada pela pandemia do coronavírus. Os efeitos em cadeia refletem a falta de venda e escoamento de produtos lácteos nas indústrias. Um milhão de litros de leite são descartados todos os dias pelos produtores britânicos.

Os laticínios estão mandando mensagens para os produtores avisando que o caminhão da coleta não mais passará e que toda a produção deve ser descartada. É a primeira vez em décadas para muitos. Na família destacada pela reportagem, o fato nunca aconteceu em quatro gerações.

Veja também: Veja como é feita a coleta de leite em uma propriedade da Inglaterra.

Os bares, restaurantes e cafés do Reino Unido são responsáveis pelo consumo de metade de todo o leite produzido por lá. Com todos fechados por conta do coronavírus, o mercado sentiu e entrou em colapso.

Ainda que só uma parte dos 10000 produtores britânicos responsáveis por um rebanho de 1,8 milhão de animais esteja descartando o produto neste momento, a tendência é que o número aumente, caso as restrições para a população continuem.

Enquanto isso, nos supermercados, faltam (ou são fornecidos de forma racionada por cliente) leite, manteiga, requeijão e queijos diversos.

Um milhão de litros por dia jogados no lixo: pior que a guerra.

Uma última e irônica consideração: a avó de Robert Mallet, um dos produtores entrevistados pelo Daily Mail, disse que a situação de agora está pior do que na época da segunda guerra mundial. Naquele tempos, os produtos eram entregues pelos próprios produtores tanto para o esforço de guerra quanto para os consumidores locais. Agora, os produtores de leite perderam o controle da situação.


14 de novembro de 2019

Maior laticínio dos Estados Unidos entra em processo de falência


Dean Foods

Baixa demanda por leite, novos hábitos de consumo e competição com novos produtos quebraram a quase centenária Dean Foods

A Dean Foods, maior empresa de laticínios dos Estados Unidos e fundada em 1925, entrou em processo de falência nesta semana. Entre as causas ventiladas no mercado estão o cada vez mais baixo consumo de leite no país e a competição com produtos alternativos, orgânicos e vegetais.

Funcionários da empresa comemorando o Dia do Leite em 2017.

As gigantes do ramo também estão sofrendo com a concorrência das marcas próprias criadas pelas redes de supermercados, em uma população que consome 37% menos leite em relação aos anos 70.

Oficialmente, a falência foi pedida com base nas dívidas e obrigações com fundos de pensão. O documento também cita a possibilidade de venda total dos ativos.

A Dairy Farmers of America é apontada como possível compradora da empresa.

Saiba mais

Dean Foods goes bankrupt; to sell assets.

A Milk Giant Goes Broke as Americans Reject Old Staples.

Supermercado começa a produzir o próprio leite e laticínios cancelam contratos com produtores nos EUA.


15 de fevereiro de 2019

Pecuaristas italianos jogam leite de viaduto em protesto pelos preços baixos


Pecuaristas italianos

Grupo deu um banho de leite nos veículos que passavam por rodovia movimentada na Sardenha

Produtores de leite da Sardenha, ilha italiana de 1,6 milhão de habitantes no mar Mediterrâneo, foram para a rua protestar contra o preço do leite e as práticas do mercado no país.

O preço pago ao produtor por lá é o mais baixo desde 1970, cerca de 56 centavos de euro por litro.

Além de jogar milhares de litros no chão da rodovia, parte do grupo subiu em um viaduto e promoveu uma pequena chuva de leite, dando um banho nos carros e caminhões que passavam pelo local. Outro grupo fez um protesto parecido em um bairro de Roma, mas incluindo farta distribuição de queijo para a população.

Via NBC News.



Publicidade