Tecnologia promete até 20 vezes menos gastos com herbicidas nas lavouras.   Um robô (ou vários deles) trabalhando por horas sem parar na caça de plantas indesejadas nas lavouras, arrancando ou aplicando herbicida de forma cirúrgica, onde necessário. Esta é a proposta em estudo por diversas startups que já estão recebendo muito dinheiro de investidores, para avançar no mercado e colocar em prática estas tecnologias. Aplicar produtos “só onde precisa” não é novidade para os agricultores por conta das já quase velhas tecnologias de GPS…Continue a ler “Robôs darão prejuízo para as empresas de herbicidas”

Monsanto

Programa devolverá dinheiro em 2018 para os usuários que aplicarem produtos na soja.   A Monsanto está passando um trabalho no mercado americano, com a polêmica sobre plantas danificadas após a aplicação de herbicidas com dicamba na fórmula. O problema estaria na deriva durante a aplicação, para propriedades vizinhas com lavouras que não usam a semente resistente ao produto. A briga já está na justiça com alguns estados americanos que resolveram banir os colocar regras e condições para o uso da linha XtendiMax / VaporGrip, como Missouri e…Continue a ler “Monsanto dará dinheiro para quem usar Dicamba nos EUA”

iHSD

A invenção vai rebocada, moendo as sementes na saída da colheitadeira   O conceito é simples: moer as sementes indesejadas das plantas daninhas que acabam colhidas juntamente com o produto “oficial” do trabalho. De arrasto com a colheitadeira, o “Integrated Harrington Seed Destructor” entrega apenas uma farinha para o solo.       Criado pela DeBruin Engineering na Austrália, o moedor está em testes nos EUA e no Canadá.